quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

As MIGALHAS de hoje...


#Atraso
Carnaval rolando e, enquanto isso, servidores de Cabo Frio com as contas e os salários atrasados. É o caso do povo da Educação e da Fiscalização de modo geral. Isso sem falar nos aposentados que ainda não receberam a segunda parcela do décimo-terceiro, que foi paga aos demais funcionários no final do mês passado. Digno, não?

#Pergunta
Agora vem a pergunta que não quer calar: o prefeito enviou à Câmara dois projetos de lei para usar os recursos do Fundo Previdenciário do Ibascaf, e, por pressão popular, os dois foram derrubados. Agora ele não paga o décimo-terceiro dos aposentados. Coincidência?

#Pergunta II
Talvez sim. Mas se eu vivesse num país e numa cidade sem leis, eu acharia que o prefeito já torrou os 9 milhões do Fundo e agora anda desesperado paras “legalizar” essa “operação”, ao ponto de não ter de onde tirar o pagamento dos aposentados. Mas é claro que isso não está acontecendo, são coisas que passam pela nossa cabeça.

#Acordo
Acho que não passou pelo acordo feito entre a Guarda e a Prefeitura o que anda acontecendo com as ruas e os blocos da cidade. A prefeitura, simplesmente, não está disponibilizando efetivo suficiente para coibir estacionamentos irregulares e fechar ruas para agremiações no centro da cidade. Pode isso, Arnaldo?

#Acordo II
Também acho que não passou pelo acordo com a Comsercaf (o prefeito escreve com “n”) esquecer de mandar coletores para a praia após os Blocos. Está uma sujeira só.

#Detalhe
Só para reforçar, a crítica é ao governo mesmo. Guardas e Coletores trabalham e muito. Mas sem comando, pulso e vontade de quem gere, não dá.

#Rabo
Hoje tem o Bloco Rabo de Foguete, no bairro Foguete, a partir das 14h. Amanhã tem Bloco da Educação, na Praça das Águas, a partir das 17h. Os dois saem às ruas com canções e posturas críticas ao governo de Cabo Frio. Claro que eu vou.

#Apuração
Tem gente nervosa contando as horas para a apuração. O deputado Janio Mendes é um. No Parókia, ontem, dava o título da Portela como certo. Embora eu seja portelense, como ele, não acho que será tão fácil assim. Mas as chances são grandes.

#Prêmio
Por falar em Portela, a agremiação venceu ontem o prêmio SRZD do carnaval 2016 como melhor escola e melhor samba-enredo. O portal Sidney Rezende é um dos mais respeitados do mundo em matéria de carnaval. E cá entre nós, acredito mais nele do que no Estandarte do Globo.

#Articulando

Meu amigo Ueliton Ramos (PDT) anda trabalhando muito em Quissamã para ser um jovem e bem votado vereador nas eleições deste ano. No mês passado, o rapaz participou de um encontro estratégico do PSB local, cujo principal nome, o ex-prefeito Armando Carneiro, tentará retomar a cadeira na cidade. Para Ueliton, Armando foi “uma figura exemplar, grande liderança”. Tá certo.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Confira nossa análise dos desfiles no Carnaval carioca/2016 e nossas apostas sobre a campeã, a rebaixada e outras colocações.

Em minha opinião, a Portela fez o melhor desfile do ano. Entretanto, as inovações de Paulo Barros podem ser encaradas por jurados tradicionais como problemas que gerem perdas de ponto. Só por isso, a opção pelo campeonato da Beija-Flor é mais segura, por ter exercido, novamente, um desfile luxuoso, tradicional e sem falhas técnicas, ainda que a opção pela vitória da Portela seja também bastante possível. O Salgueiro brigaria pelo título se não tivesse problemas em carros alegóricos que lhe gerarão perdas importantes de pontos, por isso aposto em sua chegada atrás da Portela. Daí para frente é que surgem os problemas.

União da Ilha, Unidos da Tijuca e Imperatriz, para mim, desfilaram em pé de igualdade.  Aposto na Ilha como surpresa, porque manteve o estilo dos últimos anos, mas evoluiu no luxo e no acabamento, além de não ter cometido erros. Já a disputa entre Mangueira e Vila Isabel é uma roleta: a Vila, em minha opinião, fez um desfile muito mais bonito do que a Mangueira, que ainda teve problemas com carros alegóricos, o que a fará perder pontos. Mas, como se diz no futebol, Mangueira é Mangueira, e seu desfile foi mais empolgante. Mesmo assim, aposto na técnica e coloco a Vila acima.  A Grande Rio ameaçou empolgar, mas cometeu muitos erros técnicos e deve amargar colocação ruim. Ainda assim, aposto que fica à frente da Mocidade, que errou menos, mas empolgou menos também, não sabendo explorar, o excelente enredo e samba que colocou na Avenida. Além disso, acredito que, ao contrário do passado, o enredo politizado tende a receber mais descontos do que pontos dos jurados.

A Estácio conseguiu o que veio fazer: vai ficar no Especial e a São Clemente fez o que já se imaginava: vai cair para o Acesso.

Será que iremos acertar? A resposta só amanhã após a apuração. Enquanto isso, bom carnaval!

   1.     Beija-Flor
   2.     Portela
   3.     Salgueiro
   4.     Vila Isabel
   5.     Mangueira
   6.     União da Ilha
   7.     Tijuca
   8.     Imperatriz
   9.     Grande Rio
   10.  Mocidade
   11. Estácio
   12.   São Clemente


Estandarte de Ouro 2016 - Mangueira é a melhor escola.

O Prêmio Estandarte de Ouro do Jornal O Globo saiu há poucos minutos. A tradicional premiação, em geral, não tem acertado as melhores escolas do carnaval, mas vale como análise. Acompanhe os premiados:

MELHOR ESCOLA: Mangueira
MELHOR ENREDO: Salgueiro
MELHOR COMISSÃO DE FRENTE: Salgueiro
MELHOR PORTA-BANDEIRA: Salgueiro
MELHOR MESTRE-SALA: Vila Isabel
MELHOR SAMBA-ENREDO: Portela
MELHOR INTÉRPRETE: União da Ilha (Ito Melodia)
MELHOR ALA: União da Ilha (Tipos Cariocas)
MELHOR BATERIA: Beija-Flor
MELHOR PASSISTA FEMININA : Mangueira (Amanda Mattos)
MELHOR PASSISTA MASCULINO: São Clemente (Jonatan)
MELHOR ALA DE PASSISTAS: Vila Isabel

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

As MIGALHAS de hoje...


#Nervoso
Teve figurão do governo dando uma de valentão e querendo arrumar confusão no Parókia ontem.

#Nervoso II
Calma rapaz. Vai dar certo...

#Cheio
Lotação em Cabo Frio neste carnaval apenas no Peró, com direito a nó no trânsito. Nos outros bairros da cidade, movimento bem mais fraco que o esperado, para desespero dos comerciantes.

#Folia
O deputado Janio Mendes deu uma pequena pausa na frenética agenda política para curtir um pouco o carnaval. À tarde participou de evento familiar e à noite curtiu o Parókia.

#Baile
Já o empresário Fernando Pinto trouxe o carnaval para dentro de casa, promovendo um concorrido baile à fantasia na região do Alto Tangará.

#Sucesso
Anda fazendo grande sucesso o samba deste ano do Bloco Rabo de Foguete, que sai do bairro Foguete quarta à tarde. O enredo fala de um tal Lalá e seus vacilos. Interessante não?




Desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro: apostas e opiniões.

Mocidade, Salgueiro, Unidos da Tijuca, Imperatriz, Beija-Flor e Portela, em nossa opinião, formam o time dos mais belos sambas deste carnaval. O da Imperatriz caiu nas graças do povo e deve levar o estandarte de ouro. A composição é obra do lendário Zé Katimba, com quem já tive a honra de dividir um café num longo papo sobre samba e muito mais. Nos desfiles de ontem, destaco as apresentações praticamente perfeitas de beija-Flor e Grande Rio. Mas acredito que a campeã e a rebaixada saiam do desfile de hoje - e só a escola de Nilópolis pode atrapalhar a realização dessa previsão por ser forte candidata ao título.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Assembleia do Sindicaf deflagra estado de greve em Cabo Frio.

A assembleia do Sindicaf realizada hoje de manhã na Praça Porto Rocha encerrou a greve geral mas declarou a entrada em estado de greve, no qual a categoria pode entrar em greve a qualquer momento. Muitos setores não receberam ou receberam de forma errada o pagamento de janeiro (ver postagem abaixo). Nova assembleia foi marcada para o proximo dia 15, às 17h30min.

GREVE GERAL - Governo divide categoria com pagamentos errados e greve geral já está deflagrada.

Confusão. Novela. Esses foram alguns dos adjetivos utilizados durante todo o dia de ontem para definir o que a cidade viveu em relação ao pagamento dos servidores. Com aprovação em assembleia geral de que todas as categorias entrariam em greve na hipótese de não pagamento de todos na data de ontem (quinto dia útil) a cidade de Cabo Frio pode passar por sérios problemas em pleno carnaval, mais uma vez, por culpa da péssima gestão do prefeito Alair Corrêa.

Vamos acompanhar a situação de cada categoria após o fechamento do dia de ontem:

GUARDA MUNICIPAL - A categoria não participou da Assembleia Geral que deflagrou o estado de greve na segunda-feira, mas ameaçou parar ontem porque, embora de modo geral tenha ocorrido o pagamento dos salários de dezembro, muitos vencimentos vieram errados e com descontos indevidos. Ao final do dia, a categoria teria entrado em acordo com o governo para resolver a situação após o carnaval e manter os serviços.

SAÚDE - Fez um acordo com o governo um dia antes, retomando os serviços, mas muitos servidores não receberam o combinado na data de ontem.

COMSERCAF - Os servidores da Comsercaf receberam seus direitos em dia.

APOSENTADOS - Os aposentados e pensionistas ainda aguardam - pasmem - a segunda parcela do décimo-terceiro salário, que todos os demais servidores da ativa já receberam.

FISCALIZAÇÃO DE POSTURAS - Não receberam o pagamento de janeiro até hoje.

EDUCAÇÃO - Não receberam o pagamento de janeiro até hoje.

Hoje, à partir das 8h, na Praça Porto Rocha, acontecerá assembleia do Sindicaf já como primeiro ato da greve geral.

As MIGALHAS de hoje...


#Justiça
Justiça seja feita: a Secretaria de Saúde tem muitos e muitos erros e problemas, mas o secretário Carlos Dornellas anda sendo elogiado por estar sempre solícito a atender cidadãos que precisam de ajuda, especialmente, com a burocracia que emperra, diversas vezes, o acesso ao setor em todo o Brasil. Quem tem precisado do moço tem sido atendido e ficado feliz. Então vamos elogiar.

#Bicicleta
O bicicletário na Praça Porto Rocha foi uma iniciativa privada, que, aliás, aplaudi e gostei bastante. Mas tem gente reclamando que o artefato atrapalha a passagem de pedestres. Está certo. De repente pode-se pensar em alterar um pouco o local para facilitar a vida de todo mundo. Fica a sugestão.

#Luz
Só para lembrar: o prefeito disse que cortaria o pagamento da luz dos quiosques pela prefeitura. Cortou mesmo? Cartas para a redação.

#Agenda
Para quem gosta de levar a criançada para a folia, a dica é o tradicional Bloco Praia e Bola, que concentra nas proximidades da escola Alexis Novellino, no bairro São Bento, por volta das 15h.

#Agenda II
E quem já quiser emendar, mais tarde tem o famoso Bloco Que M. é Essa, bem pertinho dali, na Rua Major Belegard mesmo.

#Agenda III
A parte da tarde também promete com a concentração do União do Arrastão, na Gamboa.

#Arca
A diretoria do Bloco da Arca está de parabéns. A noite de ontem foi extremamente agradável, ao som das tradicionais marchinhas e com a presença das famílias da Gamboa e de toda a cidade. Destaque para o mais novo boneco da agremiação, homenageando Seu Nogueira, pai do nosso amigo Kleber. Muito bom.

#Partido
E a guerra dos partidos - aliás, pelos partidos - continua em Cabo Frio. Mais uma reviravolta vem aí. Assim como aconteceu com o PSL, outra legenda está para mudar de mãos tendo a ver com o deputado Janio Mendes e lideranças de Tamoios. 

#Respeito
Questionado pela Folha dos Lagos sobre o processo de cassação do prefeito Alair Corrêa, que abrimos na Câmara Municipal na última terça-feira, o Secretário Paulo Henrique Corrêa disse que tem carinho por mim e que me respeita.

#Respeito II
É verdade. Paulo Henrique sempre foi cortês comigo, desde quando nos conhecemos, em seu primeiro mandato como vereador, quando eu era servidor concursado da Câmara Municipal. De lá para cá sempre me tratou de maneira simpática e respeitosa, e, quando precisa, para e conversa, sem cerimônias. É meu adversário político. Tem meu respeito como pessoa, assim como todos do governo. Mas tem mais do que muitos outros, digamos.


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Manifestação carnavalesca da Educação ganha as ruas de Cabo Frio e é sucesso total.

Ao som da paródia sucesso "Explode Meu Cartão", a manifestação do Sepe ontem na Praia do Forte arrastou centenas de pessoas em protesto pelo descaso do governo Alair Corrê com a Educação. Faixas, máscaras e abadás deram o tom crítico do ato que, entretanto, foi lotado de descontração e diversão. A concentração e a conclusão do trajeto aconteceram na Praça das Águas, já que o bloco percorreu a Avenida do Contorno na Praia do Forte. Na próxima quinta-feira o bloco si de novo, no mesmo local e horário (concentração a partir das 17h). 

Greve Geral? Hoje é o dia decisivo em Cabo Frio.

?

O SINDICAF, sindicato que reúne todas as categorias de servidores de Cabo Frio, protocolou ontem na justiça a resposta da classe para a proposta de calendário de pagamento feita pelo governo ao judiciário,segundo a qual a Educação e outros setores receberiam apenas na terceira semana de cada mês, contrariando legislações como a CLT, que determina isso desde que foi aprovada, em 1943 - aliás, a lei maior dos trabalhadores deste país tem a idade do prefeito - 73 anos. Que coincidência interessante, não?

A resposta da categoria, fruto de convocação de Assembleia Geral Extraordinária, realizada na última segunda-feira, foi de não apenas negar veementemente essa proposta indecente do governo, mas também entrar em estado de greve e em greve geral a partir de amanhã, caso o pagamento de todos os setores não seja depositado conforme manda a lei - isto é, hoje, quinto dia útil de fevereiro.

Vamos aguardar. Caso o governo não honre seu compromisso legal e a greve seja declarada, haverá assembleia geral amanhã às 8h na Praça Porto Rocha. A cidade pode parar em pleno carnaval, caso o governo atue com indignidade como tem feito nos últimos meses.

Augusto Ariston anuncia bomba sobre o Riala para sexta-feira.

Augusto Ariston, patriarca da família Litoral, e carinhosamente chamado por todos de Dr. Augusto, participou ontem ao vivo do Programa Bom Dia Litoral para anunciar ter recebido de um emissário uma carta reveladora, com riqueza de detalhes, sobre o parque aquático Rial, localizado em Cabo Frio. Segundo ele, as informações são estarrecedoras. Foi agendada uma entrevista com ele para esta sexta-feira após o carnaval, na qual, segundo ele, os dados serão revelados. O Riala tem como sócios o prefeito de Cabo Frio, Alair Francisco Corrêa, e seu genro, Antônio Martins Filho, o Toninho Corrêa (clique aqui e confirme a informação). Estaremos bem atentos ao radinho.

Saúde segue em greve e viverá dia decisivo hoje em Cabo Frio.

Servidores da Saúde seguem em greve há dias. Eles reivindicam vários direitos negados pelo governo Alair Corrêa, como o pagamento de insalubridade e adicional noturno, conforme determina a lei. Pagamentos em datas diferentes dentro da categoria - com o óbvio objetivo de dividir a classe - também têm sido realizados, como ocorre com a enfermagem, o que o Sindsaúde também não acedita. Ontem, grande parte dos profissionais do setor cruzou os braços, mantendo os 30% exigidos por lei para atendimento em toda a rede. O dia de hoje, quinto útil de fevereiro, é decisivo: se o pagamento de janeiro não foi depositado como manda a lei, a greve segue irrestrita em pleno carnaval. Vai dar certo?

OUVIDORIA - Carta desabafo de cidadão mostra descaso com a saúde.



Pois é, Rafael, não bastasse o pagamento dos exames médicos que o Ibascaf não autorizou por estar em débito com os laboratórios, agora não consegui marcar consulta para mostrá-los, conforme abaixo:

Venho denunciar mais um desrespeito e abuso na Saúde de Cabo Frio.

Na 4ª. Feira, 27/01, levantei-me às 5 horas da manhã e me dirigi ao posto de saúde do Itajuru  para marcar uma consulta com a endocrinologista Dra. Kristiane, para mostrar os exames solicitados com urgência, os mesmos pelos quais tive que pagar R$ 285,30 do meu bolso porque o Ibascaf não tem mais condições financeiras de pagar os laboratórios, mas essa é uma  estória cujos detalhes eu já contei aqui, conforme publicado em 30/01.

Agora, a estória de descaso é outra, porém baseada no mesmo enredo de irresponsabilidade e desídia com quem está do outro lado do balcão e infelizmente tem que se submeter a essas coisas para cuidar de sua saúde.

Ao chegar no posto médico  fui informado de que o sistema estava fora do ar e que não havia como agendar a consulta com essa médica, Dra. Kristiane. Ponderei sobre a possibilidade de se partir então para um processo manual a fim de que o usuário não fosse prejudicado por um problema que não lhe competia porém a única solução encontra foi: VOLTAR NA PRÓXIMA QUARTA-FEIRA.

Não é a primeira vez que me deparo com essa situação, o que prova que essa maneira desleixada de trabalhar dos responsáveis por esse serviço é uma constante, o que só  prejudica. Um pouco mais de respeito e consideração pelo menos aliviaria as penas de quem como eu depende do serviço público de saúde.

No meu caso, além de ter de pagar pelos exames, vou ter que voltar ao posto para tentar marcar a consulta que, em caso de êxito, seria para o dia 09 de fevereiro, terça-feira de carnaval e dessa forma, vai ficar para a próxima terça, 16/02.

Quanta covardia e sofrimento, Dr. Carlos Ernesto, secretário de saúde! Será que o Senhor não pode fazer alguma coisa para acabar com esse sofrimento, já que esse sistema está sempre fora do ar? A propósito, aproveito da oportunidade para sugerir o retorno ao sistema manual anterior, que a meu ver é melhor que o atual, inaugurado com pompa e circunstância, mas que não funciona a contento, deixando muito a desejar em termos de funcionalidade.

Entendo que simplesmente por ser um serviço público, necessariamente não precisa ser ruim e é urgente retirar da cabeça dos gestores públicos esses paradigmas para que se estabeleça e se mostre para a população que é possível sim se implantar um serviço público de qualidade, sobretudo na área da saúde municipal, já tão desgastada também por outras mazelas como falta de médicos e de medicamentos, falta de funcionários e por isso mesmo o que puder ser minimizado para diminuir o sacrifício do cidadão será muito bem recebido. E o setor de marcação de consultas seria um bom exercício, em excelente dever de casa nesse sentido.

 Afinal de contas, não é um serviço gratuito, um favor;  é, antes de mais nada, um direito do cidadão que paga seus impostos e uma obrigação do Ente Público que deve retribuir em serviços de excelência e qualidade. Simples assim. Portanto, mãos à obra, Sr.Secretário!


[o cidadão preferiu não ser identificado.] 

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Começa em instantes manifestação da Educação com a cara do carnaval.

A concentração começa às 17h na Praça das Águas.

EDITORIAL – O jogo sujo começou.




Temos percebido, nos últimos dias, o acirrar de enfrentamentos que, a bem dizer, não eram inesperados, mas que se imaginavam para mais tarde. O jogo sujo, utilizado largamente por grupos políticos que ocupam o poder desta cidade há duas décadas pelo menos, reflete bastante o velho jeito de fazer política que habita Cabo Frio, mostrando que, se não prestarmos atenção, um “mais do mesmo” seguirá a se beneficiar do poder por estas bandas.

A "gestão" Alair Corrêa, claramente, tem investido numa guerra virtual, nas redes sociais, contra o Sepe, especialmente a partir do acampamento e ocupação da prefeitura. São bloqueios de comentários e perfis reais de servidores nas páginas ligadas ao governo; incentivo a fakes para que tentem lotar as postagens de comentários estapafúrdios, além dos boatos, mitos e mentiras, desde a prisão de professores até informações sobre pagamentos que jamais foram pagos. Tudo para desestabilizar o movimento e provocar um enfrentamento baseado em inverdades.

Noutra disputa, esta também política, mas, aqui eleitoral, o deputado Janio Mendes tem sido alvo de um jogo sujo de pré-campanha em estilo provinciano: agressões e ofensas coladas em postes que, para a burrice do “colador”, são próximos a câmeras de segurança, o que leva a facilmente se descobrir a face do autor que se achava secreto e a qual grupo político pertence. A atitude, jogo baixo, só confirma o que todo mundo já sabia: há grupos que se dizem rompidos com Alair, mas, além de realizar as mesmas práticas, parecem estar comendo no mesmo prato. Nunca estiveram tão próximos e tão unidos, seja no jeito de fazer “campanha”, seja na própria composição para as eleições deste ano por debaixo dos panos que escondem rejeição para tentar colher continuação.

De toda sorte, o uso do jogo sujo pelo mesmo grupo político que se reveza no poder há tantos anos, aparenta e denota a mesma coisa: o crescimento de seus oponentes. Se na luta sindical o Sepe avança largamente nos braços da população como única instituição que, oficialmente, denuncia o modelo covarde que vivemos, a pré-candidatura de Janio – numa outra luta, eleitoral, mas que também é política – avança nas pesquisas. E aí, o jogo da baixaria pode ser feitiço que vira contra o feiticeiro, cada um no seu quadrado, mas gerando a mesma conclusão e necessidade: se você não gosta de tudo isso, mude. Outubro pode ser sua chance. Ou você prefere deixar tudo como está há 20 anos?

 Bom dia.


Em nota oficial, Câmara Municipal de Cabo Frio reconhece abertura de processo de cassação contra o prefeito, mas suspende os trabalhos até dia 11.

Em duas notas, postadas no perfil oficial da Casa na rede social Facebook, a Câmara Municipal de Cabo Frio reconheceu a abertura do processo 023/2016 na última terça-feira, que visa à cassação do prefeito Alair Corrêa, mas determinou a suspensão dos trabalhos até o próximo dia 11. O motivo seria a realização de uma dedetização no prédio do Legislativo municipal.




COMENTÁRIO: a presidência da Casa acusa o recebimento do nosso pedido, dentro da legalidade, e mostra que deseja ganhar tempo, aproveitando, inclusive, o carnaval, para analisar o que fazer. Nossa sugestão, para ajudar, é simples - seguir a lei e dar prosseguimento ao ofício.

Abertura de processo de Cassação do prefeito vira notícia e repercute na mídia regional.

A noticia da nossa atitude d última terça-feira - a abertura de processo de cassação do prefeito Alair Corrêa (Processo 023/2016) na Câmara Municipal - repercutiu em vários órgãos de imprensa da nossa região. Acompanhemos:

Jornal Folha dos Lagos


G1 (Globo) 


 Jornal de Sábado



Portal RC24H (Renata Cristiane)





Jornal Terceira Via




Blog do Vinícius Peixoto





As MIGALHAS de hoje...



#Presos
Tem gente do governo que diz que os professores grevistas deveriam ser presos. Vou dar uma resposta curta e grossa a essas figuras abaixo.

#Presos II
Sabe quem deveria ser preso? Quem vende terreno duas vezes para pessoas diferentes. Quem emprega a esposa em subprefeitura de governo adversário, mas senta a lenha nesse mesmo governo em rede social. Quem nomeia a mãe como laranja em gabinete de vereador. Quem deveria ser preso, é candidato a vereador que fecha com policial miliciano para invadir terreno na periferia. É prefeito que emprega a família e tira dinheiro por fora com empreiteira fantasma. Acho que isso é que deveria dar cadeia.

#Nota
A Secretaria Municipal de Educação mente descaradamente, mais uma vez, numa nota oficial, e incita a população contra o Sepe. Enquanto ele dizia que os pagamentos estavam em dia (inclusive as parcelas do décimo-terceiro), os aposentados e  pensionistas estavam sem receber a segunda parcela...do décimo-terceiro. Pega na mentira...

#Bromélias
Pedimos atenção da prefeitura para as bromélias que ficam no jardim do estacionamento público da Gamboa, entre a Marinha e o Costa Azul. São lindas, mas, como não são cuidadas, ajudam a acumular água, trazendo focos de mosquitos da dengue e outras doenças. É urgente. Os moradores pedem ajuda.

#Sumiu
O médico Marcelo Paes está processando o prefeito Alair Corrêa e um de seus assessores/Coordenadores/Blogueiros por tê-lo acusado de desviar milhões dos cofres públicos.

#Sumiu II
A justiça foi citar os dois - um em casa, outro, o prefeito, na prefeitura.

#Sumiu III
Resultado: não foram encontrados nenhum dos dois. Isso mesmo. Sabe o que isso significa?

#Resposta
Vocês sabem...


terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

E agora, presidente? - Pedido de cassação do Prefeito Alair Corrêa é protocolado na Câmara Municipal.

E agora, presidente?

Protocolei hoje, na Câmara de Cabo Frio, um ofício no qual solicito a abertura de processo de cassação do mandato do prefeito Alair Corrêa por ter cometido 3 tipos de infrações político-administrativas, segundo os artigos 59, 63, 64 e 66 da Lei Orgânica Municipal, ao publicar o orçamento de 2016 sem as 15 emendas aprovadas pela Casa e sem obedecer o percentual máximo de pedido de créditos suplementares – a Lei Orgânica, em seu artigo 124, § 8º, define esse limite em 30% do total de despesas fixadas, enquanto o prefeito, no artigo 12 da Lei em questão, permite 50%.

Segundo a Lei Orgânica, legislação maior do nosso município e que possui 25 anos de existência, as infrações político-administrativas como as que o prefeito pode ter cometido- impedir o livre e regular funcionamento da Câmara; praticar ato contra expressa disposição de lei e proceder de modo incompatível com a dignidade e decoro do cargo (incisos II, VIII e XI do artigo 66) – são passíveis de cassação do mandato e devem ser julgadas pela Câmara (art. 59, § 2º), mediante requerimento ao presidente, que pode ser feito por qualquer cidadão comum, como afirma o artigo 60. O presidente é obrigado a analisar o pedido e colocá-lo em pauta em até 90 dias, independente da existência de matérias urgentes a serem discutidas.

Fiz questão de deixar uma cópia do ofício protocolado no gabinete de cada vereador hoje pela manhã. E agora? O que o presidente Marcello Corrêa fará? O que os vereadores de Cabo Frio farão? O pedido seguiu estritamente a Lei Orgânica do Município. Foram apresentadas provas substanciais, inclusive, a edição original do Jornal Noticiário dos Lagos, número 1347, onde foi publicado o orçamento 2016. Agirão os Edis ao arrepio da Lei, como faz o prefeito? Ou nossos vereadores a cumprirão fielmente? São as cenas do próximo capítulo. Convido você, cidadão, a acompanhar essa novela, e cobrar dos atores desse drama a postura que você espera, como telespectador-eleitor, para que os capítulos finais não acabem em pizza.



No fim da tarde realizei um segundo protocolo, no Protocolo-Geral, para que não restassem dúvidas. O Processo de Cassação do Prefeito agora possui o número 023/2016.Vamos acompanhar.



Cabo Frio: Educação continua em greve e outras categorias entram em estado de greve.

Os profissionais da educação de Cabo Frio decidiram, durante assembleia realizada [ontem] no início da noite, manter a greve da categoria, iniciada no dia 8 de dezembro de 2015.

Durante a assembleia, foi votado e aprovado o seguinte calendário de luta:

- o Bloco da educação irá realizar dois atos com concentração na Praça das Águas. Um nesta quinta-feira (04/02) e o outro na quinta-feira (11/02), pós carnaval, ambos com início às 17h;


- Ato no Fórum, dia 15/02 (segunda-feira), às 14h;

- Assembleia na E.M. Edilson Duarte, dia 16/02 (terça-feira), às 18h.

FONTE: perfil oficial Sepe-Lagos (Facebook)

ASSEMBLEIA DO SINDICAF INSTAURA ESTADO DE GREVE E NEGA PROPOSTA DO GOVERNO.

Horas antes, pela manhã, as demais categorias e também a Educação compareceram em peso à assembleia convocada pelo Sindicaf, que é o sindicato geral dos servidores municipais, para discutir proposta apresentada pelo governo à justiça, segundo a qual "serviços essenciais" (segurança, saúde, comsercaf) receberiam até o quinto dia útil e a Educação apenas na terceira semana de cada mês. Com mais de 300 presentes no auditório da Acia que comporta 100 pessoas, por unanimidade, a proposta ilegal e imoral do governo não só foi negada, como foi reafirmado à justiça o dever do cumprimento da legislação brasileira: todos recebendo até o quinto dia útil. A assembleia decidiu ainda comunicar à justiça sua entrada em estado de greve a decretação de greve geral na hipótese de todas as categorias não receberem até o próximo dia 5 - quinto dia útil. Ou seja: agora só depende do governo deixar a cidade parar ou não a partir do dia 6, sábado de carnaval.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

EDITORIAL - Sobre justiça e judiação.


Todos que conhecem minha vida e minha história sabem que sou um defensor do Poder Judiciário, até porque foi através dele que obtive muitas vitórias contra as perseguições do governo municipal. Entretanto, nos últimos meses temos percebido graves incoerências no que se refere aos posicionamentos da justiça em nossa cidade. Não se pode aceitar um Judiciário que ignora o descumprimento da decisão judicial que obriga o prefeito a pagar o servidor na data certa. Não se pode achar normal uma justiça que não faça nada contra as péssimas condições da educação municipal (desvio do Fundeb, atrasos dos repasses municipais às escolas, negação do direito à aposentadoria, roubo do vale-transporte; do consignado, dilapidação do Ibascaf) mas que determina a retomada das atividades como se nada estivesse acontecendo. Não dá para achar normal um Judiciário que permite oficialmente que a prefeitura proponha como data de pagamento um prazo ilegal, isto é, além do quinto dia útil, até porque a justiça deveria ser protetora da lei, e não a defensora de sua flexibilização, quiçá de seu esquecimento. Aos que sempre me salvaram da opressão, meu desabafo insatisfeito de repúdio e a confirmação do seguir na luta por ainda confiar desconfiando.

Bom dia.

As MIGALHAS de hoje


#Festa
Dia desses rolou uma festa de aniversário de um parente das cabeças da Córrego Rico. Um prefeito da região compareceu. E não foi o de Cano Frio.

#Hoje
Hoje tem  assembleia geral dos servidores às 10h no auditório da Acia para analisar e votar a favor ou contra uma proposta de calendário de pagamento feita pelo governo à justiça.

#Hoje II
já às 18h é a vez da Assembleia do Sepe se posicionar sobre a decisão judicial que determina o fechamento do ano letivo 2015. A assembleia acontece na Escola Edílson Duarte.

#Cabelo
O blogueiro Totonho desfilava ontem com um corte de cabelo que lembrava muito um vereador da cidade. Pode ser admiração.

#Reelegendo
Mas Totonho foi um dos criadores da campanha "Não reeleja vereadores" em Cabo Frio. Então é só coincidência.



A VIDA COMO ELA É - Capítulo 3: a festa de Dorotéia.

Dorotéia adora carnaval. Especialmente o Bloco das Damas, que ela curte mais do que a zaga da Cabofriense nos anos 90. Por causa disso, a irriquieta Dorô (como é conhecida a moçoila nas noites caiçarenses) resolveu dar uma festa na semana passada: um baile de carnaval, em sua casa mesmo, convidando amigos, amigas e ex-namorados. Na dúvida se fantasiava seu corpinho violão de odalisca ou Anitta, optou por uns mistura de Faraó com um dos 40 ladrões de Ali Babá. Mas, no fim da festa achou que não tinha espaço para os outros 39 e só topou disputar a fatia do bolo de bacalhau com o outro genro do sogrão. Dorotéia é assim mesmo: ela dá um lanche para não entrar numa briga e dois para não sair do operário.

sábado, 30 de janeiro de 2016

Justiça determina fechamento do ano letivo e audiência de conciliação com o governo. Sepe aguarda notificação oficial e decidirá rumos do movimento em assembléia na segunda-feira.


Em decisão monocrática assinada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, o Poder Judiciário determinou o fechamento do ano letivo entre os dias 1 e 16 de fevereiro, agendando audiência de conciliação entre governo e Sepe para o dia 23.

Em nota oficial, o Sepe se posicionou da seguinte maneira:

Sepe informa:

Ao contrário deste governo que vem descumprindo liminares e direitos básicos trabalhistas, temos por hábito respeitar as leis e lutar contra as injustiças. 


Gostaríamos de informar que até o momento não fomos notificados de nenhuma ação judicial que nos oriente a retornar às escolas.

De qualquer forma, o estatuto do Sepe, prevê como instância deliberativa a assembleia da categoria, portanto a GREVE CONTINUA!

Todos à assembleia nesta segunda, dia 01/02, às 18h, na E. M. Edilson Duarte.



COMENTÁRIO: talvez só assim, através de decisão judicial, para o governo sentar de forma séria com a categoria para negociar. Apenas após a assembleia de segunda-feira serão decididos os rumos do movimento, pois o estatuto prevê essa instância como o campo máximo de decisão e deliberação, na qual, de maneira plural e democrática, todas as propostas serão ouvidas e uma decisão coletiva será tomada – o oposto do que acontece em governos autoritários e de lideranças monocráticas. Aguardaremos a decisão, portanto, da assembleia, da qual participaremos, para definirmos um caminho.

ALGUNS ESCLARECIMENTOS CONTRA OS TERRORISTAS DE PLANTÃO:

1. A greve não foi declarada ilegal - a decisão pede apenas o fechamento do ano letivo e marca audiência de conciliação entre Sepe e governo.

2. Não haverá corte de ponto - a decisão pede apenas o fechamento do ano letivo e marca audiência de conciliação entre Sepe e governo.

3. Não haverá exonerações - a decisão pede apenas o fechamento do ano letivo e marca audiência de conciliação entre Sepe e governo.

4. Ninguém vai pagar multa individualmente - a decisão pede apenas o fechamento do ano letivo e marca audiência de conciliação entre Sepe e governo.



As MIGALHAS de hoje...


#Estreia
Muito boa a estreia da Vera Volotão Comida Caseira Express. Excelente qualidade no atendimento e no sabor. Eu recomendo. Parabéns.

#Caiu
Poucos dias depois de assumir, a ex-nova secretária de Assistência Social e Mais Um Monte de Funções pediu para sair. E já tem outra em seu lugar. Acompanhe:



#Blocos
Os blocos de Cabo Frio seguem o rumo que já vinham traçando nos últimos anos: a independência do poder público, aliada à solidariedade com as famílias de Cabo Frio. Isso é muito bom.

#Blocos II
Com a "crise", ficam apenas as agremiações que se articulam com a iniciativa privada e que trabalham o ano inteiro para ir às ruas de maneira livre e independente. Isso, porém, não significa que o abandono do poder público "é bom" ou 'vem a calhar".

#Blocos III
Isso significa que, durante anos, o poder público municipal não fez o dever de casa, isto é, não criou mecanismos de fomento para que os blocos pudessem andar com suas próprias pernas. 8 ou 80 - ou se dava muito dinheiro para bancar a agremiação, transformando-a quase numa superintendência carnavalesca; ou não se dá nada como agora.

#Blocos IV
O caminho deveria ter sido o justo meio, o equilíbrio: incentivar as agremiações a trilharem parcerias com a iniciativa privada e a captarem verbas externas mediante a participação em editais. A prefeitura entraria com a divulgação dessas informações e a formação dos produtores culturais, a fim de que alcançassem seus objetivos. O governo seria o operador desse esquema legal e do bem. Mas não quis fazer.

#Conclusão
Nosso total apoio aos blocos que só querem depender de si mesmos para fazer a alegria do povão. E nosso total apoio aos que precisam de ajuda para ir às ruas neste ano. Basta mandarem a necessidade que divulgaremos por aqui. E viva o carnaval

 

OUVIDORIA - Servidor desabafa contra descaso do Ibascaf.


Rafael, transcrevo abaixo mensagem enviada à presidência do Ibascaf que demonstra toda minha tristeza com o estado atual desse Órgão. Para que isso não fique apenas nos seus corredores internos, solicito seu costumeiro apoio para colocar no ventilador mais essa denúncia:

Fiquei triste e decepcionado quando no último dia 20, me dirigi ao Diretor Administrativo para autorizar a realização de exames e o mesmo me informou que o Ibascaf, devido à falta de pagamento aos laboratórios, suspendeu as autorizações.

Estupefato e estarrecido, não contive as lágrimas, mesmo na presença do Diretor Administrativo ao constatar a que ponto chegou o Ibascaf que já vinha dando sinais de decadência ao atrasar sistematicamente  o pagamento dos salários dos aposentados, do pessoal em auxílio-doença, ao suspender concessões de aposentadoria e até mesmo marcação de consultas médicas por e para  não pagar os médicos.

Acho inclusive esta última finalidade a razão de ser de um Instituto de Benefícios e que quando se chega a esse ponto, tal Instituição está a fechar as portas a qualquer momento.

Espero estar errado neste meu vaticínio, tanto que venho lhe solicitar o reembolso, tão logo seja possível, dos R$ 285,30 que gastei com os exames, conforme processo 93/2016, apesar de descontar na fonte, ao longo de tanto tempo, os valores relativos à essa cobertura que agora me falta. Preocupante, muito preocupante!

Nilo, Servidor Municipal

COMENTÁRIO: Nilo, é lamentável mesmo o estado em que chegou o Instituto criado para beneficiar o servidor e que hoje só o prejudica. Precisamos mais do que nunca lutar por uma reviravolta no cenário administrativo e político que ressuscite o Ibascaf e o faça cumprir a missão para o qual foi criado. Eu acredito.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

EDITORIAL – É o medo que faz os monstros.


Curtindo o período de Zika no qual me encontro em repouso, graças aos mosquitos da Praça Tiradentes que o prefeito não cuida – ou que ele torceu para que me picassem, como vingança pelo acampamento – acabei fazendo ontem o que nunca faço: parei meus dedos nervosos num controle remoto exatamente em cima de um dos mais odiosos e pouco enriquecedores programas da TV brasileira: a Sessão da Tarde, da Rede Globo de Televisão.

A vida, entretanto, ensina e prega peças em nosso desdém. O filme de ontem falava exatamente de uma garota destemida que lutava contra monstros cujo alimento era o medo alheio. Quanto mais medo, mais os monstros se fortaleciam. Perto do final, a frase derradeira emitida pela vilã da película: “é o medo que faz os monstros, não o contrário”.

O que vivemos hoje em Cabo Frio, continuação do que se implantou há algumas décadas, é exatamente isso, especialmente na área da educação, cujos profissionais, extremamente envolvidos com o sentimental e o emocional devido às suas próprias funções e formações, são presas fáceis para discursos mentirosos e ameaçadores, mesmo que desprovidos de realidade. Trabalhamos com vidas, com pessoas, com famílias. Temos a facilidade de nos compadecer e nos emocionar e isso é bom, num mundo que se esqueceu disso. Mas é bom também para os tiranos, que se aproveitam para nos intimidar.

Nesse sentido, a fim de desmontar o discurso de medo, baseado em mentiras, que o governo expele, vamos tentar desconstruir abaixo alguns boatos, mitos e ameaças que andam circulando por aí.

A GREVE É ILEGAL, POR ISSO, HAVERÁ CORTE DE PONTO.

Não é o prefeito quem determina isso, mas sim a justiça. Raramente isso acontece. Quando ocorre, os grevistas não podem ser punidos com exoneração ou descontos salariais, apenas devem repor os dias não trabalhados. O sindicato pode ser multado. Os servidores não. Se o prefeito cortar o ponto, estará incorrendo em crime. Mas ele fala isso para vocês acreditarem e ficarem com medo dele.

OS GREVISTAS SERÃO EXONERADOS.

Mentira. Exoneração ocorre apenas em casos graves, a partir de ação irregular evidente e após processo administrativo com direito a ampla defesa. Greve não é crime e se o governo abrir processo contra servidor só porque fez greve, ainda leva uma acusação de assédio moral na justiça – e perde. Cabe lembrar que, na greve de 88, o professor Babade foi “exonerado“ pelo prefeito ao vivo, na rádio. Babade dá aulas até hoje na rede. O professor Totonho também foi, mesmo sem pertencer ao município – ele era apenas professor do Estado e mesmo assim, Alair o declarou “exonerado”, atitude clara de quem, primeiramente, nem sabe quem pertence ou não à sua rede; e segundo, de quem se acha rei e senhor de tudo, de maneira alucinada. Dá para levar a sério alguém assim?

PROFESSORES GANHAM BEM E FAZEM GREVE.

A lista de alto salários que circula nas redes sociais tem tanto valor quanto a tabela de gastos que o prefeito mostrou na Inter TV. Não é oficial, não tem referência, timbre, nada. Não passa de papel de pão velho e amassado, como o governo. Por outro lado, o Plano de Cargos, que poderia gerar esses salários, foi aprovado pelo próprio Alair, no início de seu governo – quem não lembra? Então está reclamando de quê? Não é por causa dos altos salários que o governo tem dificuldades em pagar a folha, mas sim por causa dos desvios na verba do Fundeb, que o Conselho já apontou em 2014; e dos cargos que recebem salário, mas que ninguém vê nas escolas e unidades escolares. Fica a dica.

A CULPA É DO SEPE.

O governo tenta empurrar o discurso de que a culpa da confusão no retorno às aulas é do Sepe. Não. É do governo. É de um prefeito que não recebe os profissionais da educação para dialogar há um ano. Os professores exercem seu direito constitucional e legítimo de paralisar diante da ausência de condições e direitos. O governo, por sua vez, descumpre a lei, ao não pagar o que deve e não referendar direitos que são obrigatórios. Os professores também são pais de família e muitos têm filhos em escolas municipais, sofrendo na pele o drama. Além disso, o governo se aproveita da greve para atingir objetivos políticos seus, como fechar  Ensino Médio. Por que os nonos anos foram todos concluídos, com conselhos e boletins fechados, conforme decisão de assembléia, mas a prefeitura não está abrindo vagas de primeiro ano do ensino médio nem gerou lista de classificados por nota para o Rui? 

Toda essa estratégia faz parte do jogo sujo do governo contra a educação, que sempre tem sido colocada de forma diferenciada (para pior) entre os servidores, sendo perseguida, por pura pirraça. Some-se a isso a denúncia à página do Sepe que a tirou do ar no facebook, certamente, empreendida pelo grupo governista. 

O único sinal da força e do poder do grupo governista é o imenso medo que as pessoas têm de que ele tenha algum poder e força. É muito fácil perceber, portanto, quem está do lado certo. Basta não deixar que seu medo alimente e crie o monstro. Deixe que sua coragem o derrote. Não caia nessa.


Bom dia!