quinta-feira, 26 de maio de 2016

Assembleia do Sepe decide por greve de advertência de 48 horas na próxima semana e campanha contra assédio moral.

A assembleia do Sepe-Lagos realizada ontem na Escola Edilson Duarte decidiu pela realização de greve de 48 horas na terça e na quinta-feira da semana que vem, em repúdio aos abusos contra os servidores que ainda não receberam seus salários na Educação e a todos os direitos negados, presentes na extensa pauta de reivindicações. Decidiu-se também pelo início de uma campanha contra o assédio moral nas escolas municipais, especialmente, as pressões exercidas contra grevistas.

Eu apoiarei e comparecerei.


quarta-feira, 25 de maio de 2016

CHAMA A POLÍCIA | Servidores municipais e representantes de sindicatos ingressam juntos com ações para apurar irregularidades na Comsercaf e no Ibascaf.

Não basta apenas falar, tem que fazer. Não basta fazer pose de herói no final do jogo, é preciso ter coragem sempre. Quando o prefeito Alair Fantasma do Ibascaf Corrêa e seu governo pensavam que a revolta dos trabalhadores com seus abusos ficaria nas redes sociais e nas ruas, eles resolveram ir à justiça também e questionar o Poder Judiciário acerca dos absurdos pagos e cometidos pela atual gestão, enquanto o servidor amarga a retirada de quase todos os seus direitos.




A AFM - Associação de Fiscais do Municípios de Cabo Frio, representada pelos servidores Jorge Barbosa e José Renato de Almeida; eu, Rafael Peçanha; e Denise Teixeira, professores concursados do municípios de Cabo Frio e membros do Sepe-Lagos, ingressamos ontem na Segunda Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva com dois processos para investigar irregularidades no Ibascaf e na Comsercaf, autarquias que cuidam, respectivamente, das aposentadorias e da assistência médica dos servidores; e do lixo e de "eventos" em nossa cidade.

Na ação protocolada com o número  201600504053, questionamos o fato de uma das empresas prestadoras de serviço do Ibascaf ter em seu quadro societário a própria presidente da entidade. A empresa receberá, até o fim do governo, R$ 153.956,10. Além disso, levantamos também o déficit de mais de 3 milhões de repasses da prefeitura aos Fundos Previdenciários da autarquia, pedindo, devido a isso, o inteiro teor dos documentos do processo de contratação dessa empresa; o ajuizamento de ação de improbidade administrativa contra os responsáveis; intervenção do Ministério da Previdência na autarquia; auditoria das contas do Ibascaf pelo Ministério da Previdência; encaminhamento dos autos à Polícia Federal por se tratar de possível crime previdenciário:






Já a ação que recebeu o número protocolar de 201600504048 dirige-se à Comsercaf e questiona os quase 83 milhões de reais recebidos misteriosamente pela autarquia entre abril de 2015 e maio de 2016, mesmo com sua extinção anunciada pela prefeitura de Cabo Frio em março do ano passado; e mesmo tendo a Comsercaf um orçamento não superior a 500 mil reais para o exercício de 2016. O pedido é o inteiro teor desses processos de pagamento; abertura de ação de improbidade e cassação do mandato do prefeito; devolução de todo o valor gasto, caso consolidada a irregularidade, com multa pessoal e arresto dos bens pessoais do governante:










Nossa coluna na Folha dos Lagos de hoje | UM PANORAMA DO CAOS.


As MIGALHAS de hoje...


#Ato
A greve de advertência da educação em cabo Frio, marcada para durar 72h, se encerra hoje, com ato no Jardim Esperança. Será uma aula pública marcada para 9h. Às 18h, assembleia da Escola Edilson Duarte.

#Manobra
Os bastidores do governo já dizem que o prefeito Alair Corrêa poderá desistir do empréstimo sob a égide da chamada Lei Crivella (que na verdade é uma resolução) e buscar grana a partir da aprovação dada pelos vereadores no ano passado, a partir da legislação comum.

#Manobra II
Se isso acontecer será uma enxurrada de críticas da população ao Legislativo, até porque tem parlamentar se fazendo de oposição hoje que votou a favor do prefeito á época – que não faz tanto tempo assim.

#Ocupou
O Sepe ocupou a Câmara Municipal de Arraial do Cabo porque o prefeito quer fazer empréstimo por lá também. Boa.

#Pressão
Diretores de escola têm pressionado servidores a não aderirem à greve, com ameaças ligadas a possíveis punições, retaliações, demissões e não renovação de contratos. Que exemplo hein.

#Apelido
Você não entendeu porque o prefeito tem sido chamado por esse apelido? Clique aqui e relembre.
  
#Roleta

O que o prefeito tem feito com os servidores é uma verdadeira roleta russa. Ele gira o tambor da folha de pagamento e, na sorte, sai quem é pago (com erros) e quem não é. Mortal.

#Mortes
A morte da jovem Rayzza se junta a outros assassinatos frios e chocantes de mulheres em nossa cidade. A polícia precisa se esmerar nos esclarecimentos dos casos e o povo precisa se articular por justiça, cobrando das autoridades. Nossos profundos sentimentos aos familiares

#Jucá
O diálogo do agora ex-Ministro Romero Jucá, do PMDB, é escandaloso. O Senador Delcídio Amaral foi preso por algo bem semelhante. Se nada ocorrer com ele, o Brasil vira mais comédia do que já é na imprensa internacional.

Em assembleia geral extraordinária lotada, servidores fecham avenida e decretam greve geral em Cabo Frio a partir de segunda-feira.

Em assembleia geral extraordinária lotada, realizada ontem no Clube Progresso pelo Sindicaf, servidores decidiram decretar greve geral em Cabo Frio a partir de segunda-feira. Ao final do encontro, todos se dirigiram à Avenida América Central, nas proximidades do Assaí Atacadista, e fecharam a pista em protesto contra o governo que nega a todos seus direitos mais fundamentais, como férias, décimo-terceiro, salários corretos, aposentadoria, vale-transporte e muito mais.



Tive a oportunidade de ser o primeiro a falar após os informes da direção (FOTO) e fui claro com os companheiros: a briga na justiça e nas redes sociais é fundamental, mas nada supera o efeito de ir para as ruas, e é isso que deveríamos fazer. O clima de apoio ao tema era evidente e parecia claro que não havia outra saída que não fosse o que acabou acontecendo. Na fala ainda, tive espaço solicitado pela direção para falar sobre o empréstimo que o prefeito Alair Fantasma do Ibascaf Corrêa deseja contrair e da Ação Popular que ingressei, junto ao deputado Janio Mendes, para impedi-lo.


Em sessão recheada de faltas, população fiscaliza o Legislativo, mas empréstimo não vai para a pauta.

Profissionais da educação e da saúde fizeram vigília na porta da Câmara novamente para evitar qualquer golpe por parte do governo, mas, mais uma vez, o pedido de empréstimo feito pelo prefeito Alair Corrêa, o Fantasma do Ibascaf*, não foi para a pauta da sessão desta terça-feira, que, aliás, teve um dos recordes de falta da legislatura. Todos os vereadores da Mesa Diretora, simplesmente, não apareceram.

A pressão popular dos trabalhadores da cidade tem sido fundamental para levar o governo a fazer o que tem feito: ter medo de colocar o pedido em pauta para perder. É cada vez maior o temor dos vereadores em votarem favoravelmente a um projeto impopular, referente a um dinheiro que certamente não será usado para melhorar a vida da cidade, mas sim  para afundá-la cada vez mais em detrimento de poderosos que com certeza se enriquecerão.

COMENTÁRIO: é vergonhosa a quantidade de faltas individuais dos vereadores ao longo desta legislatura e a quantidade de sessões que não aconteceram por falta de quórum. O que eles querem? Ganhar sem trabalhar enquanto nós, servidores, trabalhamos sem ganhar? É incontestável a oposição entre população e Legislativo. Nunca tivemos uma Câmara tão ruim e tão distante da vontade popular.

*O prefeito Alair Corrêa pode ser chamado de "O Fantasma do Ibascaf" porque, certa vez, conseguiu se aposentar pelo instituto sem jamais lá ter trabalhado, num processo que durou apenas um dia, enquanto tantos trabalhadores hoje, com esse direito, têm seus pedidos negados por seu próprio governo. Quer ver as provas do que estamos falando? Clique aqui.

OPINIÃO | E o leilão de compras começou - ou nunca parou? | Por Juarez Volotão*


Temos acompanhado com exaustão a "desculpa" da crise e a diminuição dos repasses dos royalties como a responsável - quase que única, se não buscássemos pelo tempo, a história e a boa memória de quem lembra - pelo desequilíbrio financeiro do município, principalmente no que tange a pagamentos e cumprimentos de contratos e prestações de serviços, mas, na surdina ( ou escancarado mesmo, depende de quem olha ou deseja enxergar ), políticos em troca de nominatas, acordos e coligações abriram os cofres - ou melhor, resolveram dividir - em prol da eleição e da vitória, esquecendo-se da crise e da até então falta de dinheiro.

Todos os dias chegam informações de conversas em baixo do pano, ao pé do ouvido, cafézinhos, convites indecorosos, propostas financeiras interessantes e muita "portaria" sendo distribuída em troca do famigerado apoio.

Dizem estar um verdadeiro tiroteio em terrenos de amigos e inimigos.

O leilão está aberto. 

Mas, quando foi fechado???

Já temos vistos, com surpresa, pessoas que eram um, tornarem-se outro, com a mesma doença de outrora.

Claro, precisamos ressalvar que também tem muitos que apenas estão seguindo orientações de seu partidos, devido a coligações, ou simplesmente mudaram de lado por enxergarem perspectivas melhores, mais naturais e espaço em outros grupos e nomes políticos, nada mais justo e saudável no tabuleiro político.

Porém, parte desse povo - e uma parte considerável que você nem sabe, mas pode imaginar e ainda os que se revelarão no tempo certo ( tem também os que recebem e nunca se revelam, comem aqui e acolá ) - tais como comunicadores, Jornalistas, blogueiros, empresários da cidade que se lançarão - ou já se lançaram - prés-Candidatos a Vereadores, Ex-Secretários, cabos eleitorais, Ex- Vereadores e tantos outros que já "acertaram" seu passe, receberam e estão alinhados com X ou Y e ainda com o Z - ou com todos ao mesmo tempo, dependendo da plataforma utilizada para se extorquir, ops, ganhar dinheiro.

Até o pleito ainda ficaremos perplexos tamanha a movimentação política financeira que acontecerá em Cabo Frio, com a desculpa clássica de uma luta por uma cidade melhor e uma renovação da Câmara, vemos oportunistas e mercenários se alinharem, muitos até inimigos, em prol de "boquinhas" em comum, seja aqui, em Arraial, em São Pedro, interessa é que os deles esteja certo já para 2017, e mais uma vez o cidadão que clama por uma saúde melhor, o povo que precisa de emprego e renda, o morador que reclama dos buracos, sujeira e má conservação da cidade, ficará na mesma, será enganado por muitos deles e se não votarem direito, um novo pleito só refletirá o velho jeito sucupirano de fazer Política - ou politicagem. 

Para uma cidade afundada em crise, até que o dinheiro apareceu rapidinho, não acham??? 

Você também pode me acompanhar assistindo ao Programa "Falando Francamente", comigo, toda Quarta as 18h na Jovem TV - Canal 08, Costa do Sol ( TV a cabo ) e ainda assistir pelo meu Canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCN_NQ0navU3yWcMEfu17WbA Aguardo você!!!

*Juarez Volotão é jornalista e escreve neste Blog às quartas-feiras

terça-feira, 24 de maio de 2016

EDITORIAL - Museu querendo ser revista.


Temos observado, nas últimas semanas, vereadores que se calaram nos últimos 3 anos e meio, de uma hora para a outra, reativando o discurso que nunca se teve de forma impetuosa, denunciando o que já dizemos desde 2013, como se fossem novidades. São museus querendo ser revista.

O caso das ambulâncias é um exemplo - mas apenas um.Os contratos da prefeitura com esse serviço vêm desde 2013, período no qual nada foi dito pela Câmara que votou a favor da mudança da Lei Orgânica para reeleger o filho do prefeito como presidente da Casa.

Por que, ao longo de todo este tempo, ficaram calados sobre isso?

Será que só agora a prefeitura está celebrando contratos com empresas às quais são enviados rios de dinheiro, enquanto o trabalhador passa fome?

A população precisa estar atenta. Toda manifestação contra o atual modelo de gestão é bem vinda. Mas é preciso estar percebendo o oportunismo eleitoral por trás da fala bonita. Afinal, onde eles estavam enquanto a gente brigava esse tempo todo? Por que se calaram?

Não basta tentar virar herói 5 meses antes da eleição. É preciso ter coragem sempre.

Bom dia! 

As MIGALHAS de hoje...


#Ato
O Sepe realizou ato ontem nas ruas da cidade. Contando com a participação efetiva dos estudantes na bateria, o protesto marcou o início de mais uma greve de advertência de 72 horas.

#Ato II
Ninguém quer isso. Parar as atividades das escolas é algo que prejudica as famílias da cidade. Nós não queremos isso. Mas um governo que não paga salários e nega direitos básicos, como o de locomoção e de aposentadoria, nos deixa sem outra alternativa para lutar por dias melhores.

#Ato III
Hoje a greve continua, confira a programação logo acima.

#Vigília
Os sindicalistas estão em vigília na porta da Câmara mais uma vez, aguardando a sessão de hoje, desde ontem à noite. Os profissionais de educação têm feito isto há duas semanas, pois temem que o governo aparelhe as galerias da Câmara com portariados para impedir a participação do povo da cidade, que tem ido todas as sessões fiscalizar o Legislativo contra o empréstimo. A que ponto chegamos.

#Pauta
Mais uma vez o famigerado projeto não está em pauta. O governo parece estar com medo de perder no voto. O papo que rola é que na quinta tem sessão extraordinária. Estaremos lá fiscalizando até tudo acabar do jeito que o povo quer, e não como ele deseja.

#Muro
Aliás, alguém consegue me explicar como tem vereador que, perguntado pela Folha dos Lagos acerca de sua posição sobre o empréstimo, “preferiu não se manifestar”, apesar de seu partido ter publicado nota oficial orientando a bancada a votar contra?

#Boquinha
Falando nisso, como anda a empreiteira que presta serviço para a prefeitura no bairro Tangará? O papo que rola é que ela pertence a um vereador. Pode isso, Arnaldo?

#Assembleia
O Sindicaf realiza hoje assembleia geral extraordinária no Clube Progresso às 17h30min. Na pauta: vocês já sabem – servidores há 18 dias com pagamento atrasado (se contarmos o prazo legal do sexto dia útil), sem gratificações legais, décimo-terceiro, férias, vale-transporte e muito mais.

#Disney
Falando nisso, a família real voltou ontem da Disney. Será que o dinheiro que está faltando no seu bolso sobrou lá? Cartas para a redação.

#Cheque
O prefeito de uma cidade da região dos lagos que adora festas acabou passando um cheque sem fundo de 20 mil reais para “bancar” um evento no clube mais tradicional do seu município.

#Cheque II
Detalhe: o cheque é do Banco do Brasil, de onde o prefeito Alair Corrêa quer conseguir um empréstimo de 200 milhões de reais. O que isso quer dizer? Nada.

#Novidade
A secretária de educação de Cabo Frio está anunciando que o prefeito Alair Corrêa “liberou” o funcionamento do Mais Educação. Não sabia que funcionava assim, pois o programa é federal e o dinheiro vai direto para a unidade escolar. O governante não libera, deixa, manda ou gere nada.

#Novidade II
Pode ser que seja assim: o governo Alair é tão invertido e estranho que o prefeito gere o que não tem que gerir, e não toma conta daquilo que tem que tomar. Só se for isso.

#Visita
Hoje farei uma visita ao Ministério Público junto com alguns amigos sindicalistas. Vamos conversar sobre aposentados e lixo. Só para descontrair.

#Dúvida
Falando nisso, no que deu a articulação entre Cremerj e Ministério Público que quase gerou a condução coercitiva numa figurona da Saúde em Cabo Frio, dia desses?

#Janio
O deputado Janio Mendes anda causando furor nas redes sociais depois de ter lançado um vídeo sobre os últimos 20 anos em Cabo Frio. Teve gente até inventando falsas acusações, mas não teve jeito – o material bombou. Reflexo de um povo insatisfeito com duas décadas de estagnação.

#Janio II
Falar nisso, depois de ontem ter reunido seu grupo político no Clube Costa Azul, Janio vai hoje a Tamoios à noite prestar contas de seu mandato. Ele não para mesmo.

#Loteando
A decisão mais recente do caso dos loteamentos em Tamoios é bem interessante: multa pessoal ao prefeito por cada notícia de descaso do poder público com serviços fundamentais naquelas localidades. Convido cada servidor a dar um passeio pela área e fotografar o que estiver errado por lá. Que tal tirar do bolso do governante o que ele está tirando do nosso?

#Loteando II

Alguém quer carona?

OPINIÃO | Apenas comentários | por Fábio Emecê*

Diante do acontece no País e o que acontece na cidade, ficar atônito não adianta. Temer, Jucá, Correia... O que pensar de nomes que representam justamente uma falência da democracia representativa? Se pensarmos em Dornelles, Pezão e Cabral, a falência não é só de um sistema, mas também das finanças estatais.

Discutimos corrupção e seus vetores de maneira, as vezes ingênua e a operação Lava Jato mostra toda massa política envolvida numa bandalheira sem fim. Uma operação que não poupa os 3 partidões da terra brasilis: PT, PSDB e PMDB e as manobras dessa tríade, não importa como são, é pra tentar travar a operação.

O que podemos esperar? Reis desnudados, mitos destruídos e lógicas reinventadas. Os barões politiqueiros estão sendo expostos, políticos que se julgam mitos se mostram caquéticos e anacrônicos e maneira como eles são escolhidos para exercer os cargos que exercem, merece uma atenção especial.

Um ministro recém empossado expõe toda uma prática mesquinha e tacanha de se fazer política e aqui na cidade a cada publicação oficial é exposta a discrepância entre o discurso oficial de falta de recursos e para onde o dinheiro está sendo direcionado.

Dizer que precisamos de mudança vira clichê, mas precisamos de qualificação discursiva. E no sentido de se expor realmente como funciona a gestão dos políticos e todos os seus esquemas que servem apenas para enriquecimento pessoal. Apenas isso.

A representatividade está caduca? Talvez, porém a ingenuidade tem que nos abandonar. Os feudos têm que ser arrebentados, as pessoas têm que ser desmitificadas e o enfrentamento tem que se real.

O País tá um caos, nosso Estado falido e na nossa cidade carcomida. E aí, como faremos e o que faremos? Apenas comentários não adianta mais...

* Fábio é professor, ativista anti-racista e escreve neste Blog às terça-feiras.


segunda-feira, 23 de maio de 2016

Sepe realiza ato e inicia nova greve de 72h hoje. Sindicaf e Sindsaúde têm assembleia amanhã. Servidores municipais estão com salários atrasados há pelo menos 17 dias.

O Sepe inicia hoje nova greve de 72h e realiza ato nas ruas em protesto pelo não pagamento de todos os profissionais da Educação. Apenas parte da Saúde recebeu também. As demais categorias, excluídas Guarda Municipal e Comsercaf, estão totalmente a ver navios: ninguém viu a cor do dinheiro ainda. Vamos juntos para as ruas?


O Sindcaf e o Sindsaúde convocam para assembleia amanhã, 17h30min no Clube Progresso e a pauta é a retirada de tantos direitos dos trabalhadores, incluindo o salário, mas não apenas isso. Faltam adicionais; parcelas do décimo-terceiro; vale-transporte; aposentadoria e muito mais. Aliás, o que tem? Fica mais fácil listar. Vamos à luta?

A novela não para: "Cadê o dinheiro que estava aqui?" - CAPÍTULO 4 - Comsercaf recebeu de créditos suplementares quase 83 milhões de reais, 18.000% do seu próprio orçamento. Nossa grana foi para o lixo?

Se você achava que o capítulo mais tenebroso havia sido o anterior, sobre o Ibascaf, prepare-se para as próximas cenas. Tire as crianças da frente da tela.


A Lei Complementar Municipal 2.660 de 2015 ( LOA 2016, imagem abaixo) definiu o valor de R$ 456.563,20 como receita para a Companhia de Serviço de Cabo Frio – Comsercaf (CNPJ 17.572.121/0001-00) para o exercício de 2016. A autarquia, além da coleta de lixo,  gerencia outros serviços públicos e promoção de eventos na cidade:

Criada através da Lei Municipal 2.471 de 2013, a autarquia teve sua extinção anunciada em 31 de março de 2015, conforme anunciado na reportagem abaixo, por isso  o orçamento para o exercício de 2016 foi num valor baixo, apenas para cumprir as formalidades de encerramento da Companhia:
            

Ocorre que, entre os dias 30 de março de 2015 e 18 de abril de 2016, isto é, pouco mais de um ano (384 dias) foram publicados seis decretos de abertura de crédito suplementar para a autarquia, totalizando R$ 82.726.391,93 (oitenta e dois milhões, setecentos e vinte e seis mil, trezentos e noventa e um reais e noventa e três centavos), conforme discriminado abaixo. É uma média impressionante: R$ 215.433,31 reais por dia. Isto é: a cada 24 horas, a Comsercaf recebe da prefeitura o que um professor concursado do município demoraria cerca de 7 anos para economizar, se não gastasse nem um real de seu bolso e já contando triênios, mudança de nível e reajustes.

Faça as contas e não se perca:

Decreto 5339 de 30 de março de 2015 – R$ 16.200.000,00 



Decreto 5359 de 24 de abril de 2015 – R$ 12.000.000,00



Decreto 5493 de 22 de janeiro de 2016 – R$17.055.959,39 ¹


¹ Este decreto não cita a Comsercaf, mas algumas dotações (conforme destacado no anexo) que receberam crédito nele são dotações que aparecem recebendo nos demais decretos que citam nominalmente a autarquia (5.339, 5.359, 5.512), de onde concluímos que parte do valor total da publicação (17.916.961,12 reais) é destinado a ela.

Decreto 5494 de 22 de janeiro de 2016 – R$ 6.560.000,00 ²


 ² Este decreto não cita a Comsercaf, mas as dotações que receberam crédito são as dotações que aparecem recebendo nos demais decretos que citam nominalmente a autarquia (5.339, 5.359, 5.512), de onde concluímos que todo este valor é destinado a ela.

Decreto 5497 de 1 de março de 2016- R$ 950.432,54 ³ 


 ³ Este decreto não cita a Comsercaf, mas algumas dotações (conforme destacado no anexo) que receberam crédito nele são dotações que aparecem recebendo nos demais decretos que citam nominalmente a autarquia (5.339, 5.359, 5.512), de onde concluímos que parte do valor total da publicação (969.541,54 reais) é destinado a ela.

Decreto 5512 de 18 de abril de 2016 – R$ 29.960.000,00 4 


4 A partir da análise dos decretos especificamente destinados a Comsercaf, que citam a autarquia no corpo deste pedido, identificamos como dotações referentes à mesma: 33.90.30.00; 33.90.39.00; 33.90.49.00; 99.99.99.99; 33.90.35.00; 33.90.36.00; 31.90.04.00; 33.90.36.00; 33.90.04.00; 33.90.11.00; 33.90.13.00; 33.91.13.00


A  Lei Orgânica  obriga a passagem dos pedidos de crédito suplementar pela Câmara (art.18, inciso II; art. 126, inciso V), logo, sendo vedada a modalidade de decreto para a aquisição de tal valor. 

Lembramos que ao elaborar o orçamento de 2016 (meados de 2015), o governo já havia decidido extinguir a autarquia (março de 2015, como mostramos acima), portanto não se compreende o exorbitante valor do montante de créditos suplementares, 18.000% maior do que o valor orçado para a Comsercaf neste ano e sem a  menor transparência no que se refere aos motivos dos pedidos de créditos; destinação dos valores; resultados obtidos com tais repasses.

Os quase 83 milhões de reais repassados à Comsercaf dariam para pagar:

- Toda a folha dos servidores municipais durante 3 meses;
- Duas orlas da Praia do Forte;
- 16 Moradas do Samba;
- 3 Centros de Convenção;
- O salário de 60 professores municipais durante 50 anos.

Será que é para cobrir esse buraco sem fim que o governo quer tanto o empréstimo?

Convidamos a Comsercaf e o governo municipal a esclarecerem esse assunto, se for possível, antes de irmos ao Ministério Público, ainda esta semana . Para onde foi esse dinheiro?

COMENTÁRIO: desde o primeiro dia de mandato do prefeito Alair Corrêa, fazemos oposição a ele e seu sistema de poder de 20 anos. Denunciamos às redes sociais e à justiça suas atrocidades há 3 anos e meio, mesmo tempo em que muitos vereadores se calaram covardemente sobre tudo o que acontece em nossa cidade. Agora, aos 45 minutos do segundo tempo, alguns desejam sentar na janela com pose de oposicionistas. Aqui não - vai ter que pagar pedágio e passagem na classe oportunista, porque cara nova com jeito velho de fazer política não tem direito a gratuidade. Demagogia na reta final é mole. Quero ver é ter #CoragemSempre. 


OPINIÃO | O herói grego | Por Adriano Chagas*


Ao que tudo indica os heróis mais poderosos eram os gregos...

O que se deseja dos heróis é que estes sejam revestidos de uma áurea de candura, aos moldes salvadores do povo, e por conta disso ficamos a esperançar, ou seja, a espera.

Evidentemente que não quero falar dos heróis gregos, estes estão demasiado distantes, além-mar. Quero falar dos heróis de Cabo Frio, aqueles que por vários anos se mantiveram calados e aguardando o melhor momento para atuar, em defesa do povo, como em uma profecia. Então o silêncio se justificaria!?

Na política, palavra de origem grega, e vejam eles aí de novo, tudo gira em torno do discurso, do Areópago, e assim o político que detém melhor oratória, ou que possui estratégia mais eficaz, acaba por sair-se vencedor, mesmo não tendo feito nada para ajudar o povo; e pelo contrário apenas em benefício próprio.

Em nossa Câmara Municipal é assim, os vereadores falam demais e agem de menos, um verdadeiro palco de oratória sem sentido algum, mentes escurecidas e olhos cegos pelo brilho sedutor dos metais, um desatino completo.


Mas é claro, como já nos ensinou Cícero, para garantir o voto vale tudo, e aqui não explicarei o que é esse vale tudo, pois seria entregar pérolas aos porcos, e meu tempo é precioso. E se vale tudo, o que esperar dos políticos que deveriam nos representar e ao invés disso, aparentemente, estão atrelados ao governante como se devessem algum tipo de obediência, ou pior, como se fizessem parte de um acordo maquiavélico. Mas quando a coisa aperta e o povo vai para as ruas em uníssono, estes heróis surgem como a cigarra a cantar, até que se explodam em apoteose. Agitam-se aqui e acolá, correm, fazem protesto, abrem CPI e entregam, antes companheiros, os adversários. Tudo por conta de não cumprirem, provavelmente, algum acordo, e, pela mágoa de não dividirem mais nada, começam a delatar... Essas cenas de bons moços não colam mais, os políticos de Cabo Frio deixaram de serem os salvadores do povo há muito tempo, e a única coisa que alguns deles ainda conseguem carregar a título de herói grego é somente o nome. O herói morto na batalha da Ilíada, como havia professado sua mãe, pelo seu frágil calcanhar.

* Adriano Chagas é historiador, professor e escreve no Blog às segundas-feiras.

sábado, 21 de maio de 2016

Educação de Cabo Frio para novamente por 72 horas em protesto contra os desmandos do prefeito Alair Corrêa.

Em assembleia realizada na última quinta-feira na Escola Edilson Duarte, os profissionais de educação decidiram novamente realizar paralisação de 72 horas na próxima semana, em protesto contra uma série de retirada de direitos pelo prefeito da cidade: aposentadorias, vale-transporte, décimo-terceiro salário e outros.

Muitos servidores da pasta ainda não viram a cor do dinheiro do salário referente ao mês de abril, que deveria ter sido pago até o dia 6 deste mês, conforme determina a CLT, legislação nacional.

O décimo-terceiro foi parcelado em 5 vezes e os educadores não vêem a cor do dinheiro de parcela alguma desde o final de março.

Confira a programação:



OPINIÃO | O Cerco Está se Fechando | Por Luiz Cláudio Júnior*


A Educação de Cabo Frio fará uma paralisação de 72h a partir de segunda-feira (23\05\2016), contudo, contará com os seguintes atos: na segunda (23), passeata com saída às 09:00 da manhã em frente ao Largo Santo Antônio até à Prefeitura, e às 18:00 vigília em frente à Câmara Municipal, na terça-feira (24), ato na sessão da Câmara contra o empréstimo de  R$ 200 milhões, na quarta (25), ato no Jardim Esperança às 09:00 com aula pública, assembleia às 18:00 no Colégio Edilson Duarte, além da campanha da arrecadação de alimentos para os professores, que estão passando necessidade em virtude da falta de pagamento. Como diria o poeta dos bares: “A Educação pede socorro.” Com tudo isso acontecendo, o prefeito Alair Corrêa ainda foi condenado pelo Ministério Público (MP) a pagar R$ 10 mil por representação ou notícia comprovada recebida pelo MP  ou Poder Judiciário, que demonstre falha na prestação dos serviços públicos de coleta domiciliar de resíduos sólidos, varrição de vias, limpeza de praias, conservação de áreas públicas, manutenção e conservação de iluminação pública nas áreas dos seguintes loteamentos no Segundo Distrito, em Tamoios: Orla 500, Florestinha, Viva Mar, Terra Mar, Verão Vermelho, Long Beach e Santa Margarida. Em caso de descumprimento, será efetuado o bloqueio de bens do governante no valor correspondente à multa estipulada. É bom o cidadão tamoiense ficar de olho e ajudar os órgãos competentes a fiscalizar essa situação. Você acha que acabou? Se sim, se enganou. Pois, a Justiça ainda emitiu um mandado de busca e apreensão na Prefeitura para investigar os documentos correspondentes à empresa Córrego Rico, que presta serviço de locação de veículos ao município. Parece ter coisa podre por aí, porém vamos esperar para ver. É, o cerco está se fechando e às coisas estão começando a aparecer na política da cidade.
Enquanto isso, na Câmara Municipal... alguns vereadores se sentem incomodados com à pressão que a população e os sindicatos estão fazendo por causa do empréstimo de R$ 200 milhões. Há quem diga, mas não tenho nenhuma informação que comprove isso, que o prefeito Alair Corrêa já está com o dinheiro em mãos, e pasmem, os nossos legisladores sabem disso. Porque a grana foi pedida ao banco em dezembro de 2015.  Todavia, o prefeito precisa apenas legitimar esse empréstimo com a permissão da Casa Legislativa cabo-friense. Só que nunca se viu nesses últimos anos, um povo tão fiscalizador, politizado e bem informado dos seus direitos como agora. Na próxima semana, a novela dos R$ 200 milhões continua. Mas, o que deixa à população mais chateada, é os vereadores não se posicionarem como se posicionaram na época do impeachment da Dilma: com segurança nas palavras e revolta no semblante, por causa dos problemas do país. Quer dizer, pimenta nos olhos dos outros é refresco. Nobres Edis, essa é a hora de se posicionar e dizer: quem é contra e quem é a favor. De uns 5, sabemos à resposta. E os outros 12? Dou um doce pra quem descobrir e me contar. 

Até à próxima, minha cara amiga leitora!!! Até breve, meu caro amigo leitor!!!


* Luiz Cláudio é jornalista e escreve no Blog aos sábados.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Nota do Blog

Devido a problemas técnicos não atualizaremos o Blog na data de hoje. Voltaremos amanhã normalmente.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

PERDEU | Prefeito de Cabo Frio é condenado na justiça por não cumprir sentença que garante direitos a moradores de loteamentos.

O prefeito Alair Corrêa foi condenado a multa diária de dez mil reais por se negar a cumprir sentença que determina a prestação de serviços públicos em loteamentos de Tamoios. Os presidentes de Associações serão igualmente multados nos casos de novas notícias de descumprimento. Há ainda previsão de confisco de bens até o valor de 400 mil reais.

O drama dos loteamentos aos quais são negadas políticas públicas  essenciais é histórico e longo. Urge tratar o assunto com a coragem e a seriedade necessárias. Sou totalmente a favor dos moradores de loteamentos que buscam seus direitos e contra qualquer entidade ou indivíduo que se coloque contrário a essa luta justa


A orla de Tamoios: uma saga de desatenção.


O descaso com a orla de Tamoios é histórico e vem de décadas em nossa cidade. Uma praia selvagem, com forte apelo histórico, precisa de um projeto permanente e amplo de investimento turístico e de lazer para a população. Fechar para que o povo vá aos fins de semana é bom, mas cuidar, para que todo o povo da cidade e de fora dela conheçam a grandiosidade cultural e histórica de Tamoios é o que precisa ser feito para de fato avançarmos.

Comissão Estadual da Verdade apresenta relatório parcial, hoje, na OAB-Cabo Frio.

A 20ª subseção da OAB/RJ, localizada em Cabo Frio, através da COMISSÃO DE IGUALDADE RACIAL, presidida pela Dra. Margareth Ferreira, trás de volta a cidade, hoje, Quinta- Feira, a partir das 17 horas, a COMISSÃO ESTADUAL DA VERDADE SOBRE A ESCRAVIDÃO NEGRA NO BRASIL, sob a presidência do Dr. Marcelo Dias e a Relatoria do Dr. Wilson Prudente, para realização de AUDIÊNCIA PÚBLICA. 



O evento acontecerá no auditório da subseção, localizado na Rua Ministro Gama Filho, 23 – Braga, onde será apresentado o RELATÓRIO PARCIAL da COMISSÃO CEVENB, e serão são tratados temas de interesse não somente aos advogados, mas também a Historiadores, Professores, comunidade acadêmica, Movimentos Negros, Culturais, Quilombolas e sociedade em Geral uma vez que versam sobre os crimes praticados durante a escravidão no Brasil, tornada ilegal a partir de 1888, mas ainda e apresentadas propostas de REPARAÇÕES AO POVO DESCENDENTE DOS ESCRAVIZADOS e marcará a atividade pelo DIA DE DENÚNCIA CONTRA O RACISMO transcorrido no último no dia 13 de maio. 

Em nossa região a Proposta de Reparações inclui a transformação da FAZENDA CAMPOS NOVOS em um CENTRO DE REFERÊNCIA DA HERANÇA AFRICANA com Museu, Centro de Documentação e Núcleo de Pesquisa. Também será lançado na ocasião o Livro de autoria do relator da Comissão, Dr. Wilson Prudente JUSTIÇA GLOBAL. A PARTICIPAÇÃO É GRATUITA e para os estudantes de direito valerá como horas de estágio conferido pela OAB/RJ. 

As MIGALHAS de hoje...

#Pagando
Na saúde, somente os contratados receberam o salário referente a abril.

#Pagando II
Já na Educação, professores do ensino médio, permutados e outros não receberam. Deve ter sido sorteio.

#Empenho
A prefeitura anda empenhando muitos gastos para serem pagos com o empréstimo. Se não sair, só cancelar.

#Empenho II
Isso significa que o objetivo do empréstimo é pagar dívida de empresa amiga.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Nossa coluna de hoje no Jornal Folha dos Lagos | Um ensaio sobre a confiança.


OPINIÃO | Uma cidade "falida". E de quem é a culpa? | Por Juarez Volotão*

A onda de lorotas e falácias está no ar. 

Ouvimos por todos os lados - rádios e Tvs -, "não prepararam a cidade para este momento de crise", "não prepararam a cidade para a perda ou diminuição dos royalties", e bla, bla, bla, bla, bla, bla. 

Mas, quem não preparou?

E as obras faraônicas voltadas apenas e tão somente para "turistas" que aqui nunca chegaram? 

Não seria o turismo - discurso do Prefeito há 2 anos atrás - a chave do sucesso para Cabo Frio e a bandeira de libertação dos royalties? 

Ou era apenas mais uma lorota?

Onde está o turismo?

Onde esteve?

O que vemos é a mesma capacidade de terceirização de culpa e a falta de humildade em reconhecer erros, desmandos, equívocos, desvios e muito dinheiro gasto a toa, o que agora faz falta. 

Hoje, falar frases bonitas não surtem mais o efeito de antes.
Seu discurso já não comove meio mundo como em outrora.
Seu grupo se desfarelou com as promessas não cumpridas e com o caos imposto a uma cidade que não precisava amargar cenas de abandono, jogada a própria sorte - ou ao seu próprio azar.

As desculpas são as mesmas desde o início fatídico deste governo. 

Se Cabo Frio está falida, quem faliu nossa cidade?

O povo que está com seus salários atrasados?

Os prestadores de serviços que não recebem?

A não ser que sejam puxas sacos dos parentes da família real?

Então pergunto mais uma vez...

Uma cidade "falida", e de quem é a culpa?

Como não terei respostas humildes ou sensatas por parte do rei, conjecturamos. 

Não seria do acordão com o diabo para ganhar as eleições?

Não seria da enxurrada de dinheiro abastecendo a "Córrego Rico"?

Não seria das mamatas, portarias e funcionários fantasmas que nunca foram demitidos ou retirados da folha inchada de pagamento?

Não seria das obras superfaturadas?

Não seria dos shows e dos muitos dias de fogos?

Não seria da vaidade de um rei em manter um reinado apenas comprando súditos?

Enfim, não seria mais fácil assumir sua própria culpa? 

Você também pode me acompanhar assistindo ao Programa "Falando Francamente", comigo, toda Quarta as 18h na Jovem TV - Canal 08, Costa do Sol ( TV a cabo ) e ainda assistir pelo meu Canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCN_NQ0navU3yWcMEfu17WbA Aguardo você!!!


*Juarez Volotão é jornalista e escreve neste Blog às quartas-feiras.