sábado, 27 de março de 2021

Secretaria-Adjunta de Ciência e Tecnologia promove palestra sobre cidades inteligentes e sustentáveis.

 


Uma cidade que está preocupada com a qualidade de vida de seus habitantes e com a proteção das parcelas mais vulneráveis da população, e que para isso correlaciona a transformação digital ao desenvolvimento urbano sustentável, são conceitos que formam uma das bases do que se define como cidade inteligente (smart city), que procura otimizar a utilização dos recursos instalados e projetados para servir melhor os cidadãos. Segurança, saúde, qualidade ambiental, conexão social, participação social, empregos e custo de vida são pautas prioritárias para se alcançar uma cidade inteligente, que prioriza a colaboração como a mentalidade básica a ser cultivada para se constituir a cidade inteligente. 

“Alguns urbanistas têm chamado a atenção para a noção de que mais do que um projeto de tecnologia urbana, a cidade inteligente deve ser considerada como política pública”, observa Rafael Peçanha, secretário adjunto de Ciência e Tecnologia de Cabo Frio. 

Nese sentido é que a Secretaria-Adjunta de Ciência e Tecnologia de Cabo Frio está convidando todos os Secretários (as), Secretários (as)-Adjuntos (as), Presidentes de autarquias, Superintendentes e demais chefias do Poder Executivo Municipal para a palestra "Cidades Inteligentes e Sustentáveis no Brasil - Programa de Aceleração de Cidades Inteligentes e Sustentáveis", que será ministrada pelo Instituto Smart Citizen, tendo como objetivo a apresentação do conceito de cidade inteligente e sustentável e de informações estratégicas para atualização ou adequação do PPA, LOA e LDO de 2021, a fim de majorar as chances do município na área de captação de recursos.

O encontro será realizado em formato virtual no dia 15 de abril, quinta-feira, às 15h, e terá a duração estimada entre 40 e 60 minutos. O link para acesso a sala no Google Meet é https://meet.google.com/dna-zntr-zyq

Nenhum comentário: