sábado, 29 de agosto de 2020

Vereador Rafael Peçanha denuncia prefeito de Cabo Frio ao Ministério Público Eleitoral por exonerações e contratações irregulares. 





Nesta sexta (28) o vereador Rafael Peçanha formalizou denúncia aos Ministérios Públicos Estadual e Eleitoral, contra o prefeito de Cabo Frio, Adriano Moreno. 

A alegação é a de que, embora as exonerações antes do prazo eleitoral de 15 de agosto, bem como nomeações de cargos comissionados após essa data sejam legais, o fato de o governo alegar corte de gastos, mas contatar para os mesmos cargos demitidos, pode demonstrar manipulação da legislação eleitoral e uso da máquina pública em benefício político. 

O parlamentar explica que, nas edições do Diário Oficial do Município de 21 e 24 de agosto, há várias publicações de contratações para as vagas exoneradas antes do dia 15, apontando a manobra e fazendo cair por terra a "desculpa da economia". 

No pedido, o parlamentar requer ajuizamento de inquérito para apurar possibilidade de crime eleitoral e improbidade administrativa.

Nenhum comentário: