terça-feira, 25 de agosto de 2020

Rafael repudia calote no servidor e defende emendas para alimentação de alunos, pagamento de aposentados e reestruturação da Guarda


Rafael repudia calote no servidor e defende emendas para alimentação de alunos, pagamento de aposentados e reestruturação da Guarda.

Na Sessão de hoje, o vereador Rafael Peçanha repudiou o calote no salário do servidor e defendeu que a Câmara imponha emendas ao orçamento do ano que vem para garantir a parte da prefeitura no pagamento dos aposentados (em torno de 32,4 milhões/ano), a complementação da verba federal para alimentação dos alunos da rede (em torno de 2,4 milhões/ano) e a reestruturação da Guarda Civil Municipal.

- Dinheiro público é para ser investido em serviço público de qualidade. A receita corrente líquida do município deve chegar a 600 milhões esse ano, é 1,2% desse valor (em torno de 7,2 milhões) pode ser utilizado por emendas impositivas da Câmara para o orçamento do ano que vem. Nada mais justo do que aplicar a algumas destas demandas - argumentou.

Nenhum comentário: