quinta-feira, 7 de maio de 2020

Vereador dá detalhes sobre licitação de cestas básicas e exige entrega imediata.



O vereador Rafael Peçanha utilizou hoje as redes sociais para novamente declarar que está marcando em cima a licitação de compra de cestas básicas para a população mais carente da cidade eme tempos de pandemia.O parlamentar deu detalhes sobre o pregão, como datas e valores, e exigiu resultados imediatos. 

É UM ABSURDO SABER QUE HOJE, 55 DIAS DEPOIS DO INÍCIO DAS RESTRIÇÕES, AS CESTAS BÁSICAS AINDA NÃO CHEGARAM À MESA DE QUEM MAIS PRECISA! No dia 11 de março, a OMS decretou a epidemia; no dia 13, sugeri ao prefeito a criação do Gabinete de Crise e a prefeitura o instituiu; no dia 14 de abril, a Câmara Municipal oficializou a devolução de 200 mil reais mensais para a compra de cestas básicas. No dia 16 de abril, a prefeitura divulgou o Pregão 09/2020 para a aquisição (Processo 14047/2020). A licitação foi marcada para o dia 30 de abril. O valor máximo a ser pago é de R$ 1.996.000,00 por 25 mil cestas, valor unitário de até R$ 79,84. É um absurdo demorar 48 dias para licitar comida para quem necessita! A fome destrói a vida, a dignidade e o respeito das pessoas mais pobres. Não são elas que estão penduradas nos cabides de emprego da prefeitura, mas sim as famílias tradicionais da classe média local, que sugam as contas públicas, há décadas, de geração em geração, como uma herança podre e hipócrita, mantida sob discursos falsos nas redes e instituições sociais deste município, às custas dos mais miseráveis, que agora não tem o que comer. Estarei de olho em todos os trâmites e valores pagos nesse processo e lutarei para que ele gere resultados o mais rápido possível, porque já passou e muito da hora. Quem tem fome tem pressa! - declarou Rafael.

O vereador está notificando hoje o setor de licitações da prefeitura para que informe o resultado do pregão e data das entregas.

Nenhum comentário: