terça-feira, 25 de junho de 2019

GAECC/MPRJ ajuíza ação contra empresa denunciada por Rafael.

Em 2016, o Vereador Rafael Peçanha, antes mesmo de ser eleito, denunciou ao Ministério Público a Construtora JM, cujo proprietário é o mesmo da Córrego Rico, por ter recebido num só dia, em contrato do ano de 2014, mais de 2,6 milhões para o asfaltamento de uma rua em Unamar, que ninguém conseguia localizar. 

A Representação foi registrada sob o número 2016.0053.2234. 

Hoje, mais de três anos depois, a imprensa da Região noticia que o GAECC/MPRJ acaba de ajuizar ação contra grupo ligado ao ex-prefeito Alair Corrêa por fraudes em licitações, envolvendo as duas empresas.

- Sinto-me com a certeza do dever cumprido em defesa do povo de Cabo Frio. A justiça tarda, mas muitas vezes, não falha - disse o parlamentar.







Nenhum comentário: