terça-feira, 9 de abril de 2019

Rafael Peçanha investiga novo caso de bebê morto no Hospital da Mulher.

Nesta terça (9), o Vereador Rafael Peçanha, Presidente da Comissão de Direitos Humanos na Câmara de Cabo Frio, anunciou que colherá depoimentos de familiares do bebê morto no Hospital da Mulher e enterrado como indigente.

O parlamentar defende que uma intervenção urgente na unidade; a humanização do atendimento (que neste caso durou inacreditáveis 8 horas de espera) e a humanidade no cumprimento do que denomina "sombrio protocolo" de 42 semanas.

- É impactante e revoltante o desabafo do pai do bebê que se tornou a décima-sétima vítima do Hospital da Mulher em 5 meses, publicado hoje, na Folha dos Lagos. O servidor que atua no local, pais e mães de famílias da cidade sofrem, física e psicologicamente, pelos erros que são frutos da falta de coragem, gestão e pulso do Prefeito e do Secretário de Saúde. Essa covardia precisa acabar e vamos seguir lutando por isso - afirmou Rafael.

Nenhum comentário: