sábado, 26 de janeiro de 2019

Rafael Peçanha emite nota sobre as chuvas em Cabo Frio.


Logo que assumi o mandato, em 2017, assisti a uma chuva nos primeiros meses daquele ano, nas proporções da que nos acometeu ontem, atingindo vários bairros da cidade, trazendo dor, perda, caos e desespero a toda a população. Imediatamente me dirigi à Secretaria Municipal de Planejamento e à Prolagos para saber os motivos e causas desse problema recorrente. Há uma culpabilidade comum aos seguidos governos municipais conjuntamente à empresa, pois nossas galerias de escoamento são antigas, entupidas, nosso sistema de drenagem tem pouca pressão e nossos bueiros estão entupidos há anos. São décadas de obras eleitoreiras de asfaltamento rápido, sem a devida estruturação de saneamento. A soma desses erros alia-se aos níveis de chuva elevados, mas previsíveis, do verão, gerando o doloroso resultado que temos visto em nossas ruas. A consciência desse problema me levou a propor, naquele ano, por Indicação, a adesão do município ao Programa ICMS Verde, para a realização de obras que agissem em pontos de alagamentos. Hoje, essa lei é uma realidade, cabendo ao Executivo agir em favor desse investimento na ordem de mais de 10 milhões de reais. Precisamos cobrar do poder público atitudes concretas em relação a esse problema histórico, ao mesmo tempo em que agimos com caridade e solidariedade, dispostos a ajudar o próximo que sofre as dores desse momento. Coloco-me à disposição, como cidadão, e deixo nosso mandato também disponível à nossa população, para tudo o que diz respeito a acudir quem mais sofre neste momento, manifestando minha solidariedade a cada cabo-friense que agora luta contra mais essa adversidade.

Nenhum comentário: