terça-feira, 16 de outubro de 2018

Rafael Peçanha critica ação da Postura na Feira da Praça da Cidadania e se compromete a fiscalizar recadastramento.

Na manhã desta segunda (15), o vereador Rafael Peçanha se reuniu com trabalhadores da Feira da Praça da Cidadania, após a ação da Fiscalização de Posturas no local, na noite do dia anterior. Confira o vídeo gravado após o encontro:




O parlamentar criticou a truculência da ação e alertou para o risco do uso político do recadastramento e da desocupação de boxes que, contrariando a legislação em vigor,têm sido alugados a terceiros.

- Sou totalmente contra esse aluguel, e é claro que quem está ilegal deverá perder a titularidade do box. Mas não dá para tirar dessas pessoas e dar a cabos eleitorais, ou repassá-los com critérios pessoais, como sempre foi feito. Defendo um edital público, feito pela prefeitura,ouvindo a associação de artesãos, para priorizar quem está na luta há mais tempo, de forma ampla e pública, democrática - defendeu Rafael.

O vereador criticou ainda o sistema de recadastramento imposto no espaço:

- São 18 exigências, muitas delas, documentos cuja obtenção é complexa, custosa e demorada. Mas o prazo é de cerca de 7 dias. Não é justo com quem trabalha - afirmou.



PREFEITURA RESPONDE

A Fiscalização de Posturas respondeu o posicionamento do vereador com uma nota oficial, que pode ser lida na íntegra clicando aqui.

Rafael comentou a nota:

- Quero ouvir todos os lados e acompanhar de perto todo esse procedimento. É ótimo que o órgão se pronuncie, inclusive, já estou enviando ofício para receber o relato do governo e contrapor as versões. Não vou deixar que sejam cometidas injustiças com quem realmente trabalha, nem que o esquema de apadrinhamento seja ali mantido - concluiu.

Nenhum comentário: