quarta-feira, 21 de março de 2018

Rafael Peçanha denuncia misoginia histórica e prega combate ao feminicídio.



Na sessão de 20 de março de 2018, usei a tribuna para denunciar a existência de um histórico de opressão às mulheres em nossa cidade, que permanece até hoje. Citando casos recentes, apresentei meu projeto de lei que combate o feminicídio e a violência contra a mulher. Não poderia deixar de citar a execução brutal da vereadora Marielle Franco, reafirmando que esta e outras tragédias não me calarão, mas, ao contrário, trarão mais força para nossa luta. #RafaelPeçanha #LugarDeMulherÉondeElaQuiser

Nenhum comentário: