quinta-feira, 15 de março de 2018

NOTA DE PESAR


Choca-me profundamente o assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista, na cidade do Rio de Janeiro, que, por ironia, encontra-se sob intervenção federal. A parlamentar denunciou, há poucos dias, casos de truculência e abusos policiais em Acari. Da capital ao interior, as cidades fluminenses encontram-se tomadas pelo tráfico e pelas milícias, que, entre outros espaços, ocupam cargos nas casas políticas e nos poderes que nos governam. As jovens lideranças, que denunciam e se posicionam contra esse absurdo, são ameaçadas, tiradas de circulação, perseguidas ou mortas. Que sua história nos dê forças nas lutas perigosas que aqui seguimos a travar. Até quando? Marielle, presente!

Rafael Peçanha
Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Cabo Frio - RJ

Nenhum comentário: