quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Vereador Rafael Peçanha entra com ação no Ministério Público para suspender empreendimento na Ilha do Japonês/Salinas Peroanas.

A representação acaba de ser protocolada na Primeira Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Cabo Frio do Ministério Público Estadual. São 33 páginas detalhando o caso que tem causado polêmica em toda a cidade e região:


































Um comentário:

Gody Rodrigo disse...

Nós legatários ,temos total interesse em resolver esse problema, mas eles (ROBERTA MARIA MALMMNANN CAMARINHA BRAZ E GUILHERME COIMBRA MALMMANN -enteados do CATÃO) com seu dinheiro e sua amizade com o prefeito de Cabo Frio Sr ALAIR CORREA, mantem isso em extremo sigilo. Essas terras são cadastradas no INCRA, então pegamos a cópia do processo, onde o Ministério da Fazenda cobra a divida dos impostos do nomes citados acima E ELES dizem que a terra não são de suas responsabilidade.