sábado, 27 de janeiro de 2018

Rafael Peçanha: "O problema não é dinheiro, é gestão" | Cabo Frio recebeu 109 milhões de royalties em 2017.

É lamentável que uma cidade que já arrecadou 5 milhões de IPTU em 23 dias e quase R$ 10,9 milhões com royalties em 25 dias (precisamente R$ 10.835.013,20) siga deixando o trabalhador sem parcelas do 13° de 2015, sem o 13° de 2017, sem um terço de férias, enquadramento, mudanças de nível, isonomia salarial, e, no caso dos aposentados, sem o 13° de 2016 e sem os vencimentos de dezembro daquele mesmo ano. Cabe ressaltar que a previsão de arrecadação do IPTU é de 25 milhões até março e mais de 50 milhões até o fim do ano, lembrando ainda que o município recebeu quase 110 milhões de reais de royalties em 2017 (precisamente R$ 109.120.265,76). O problema não é dinheiro, é gestão. #RafaelPeçanha #DiretoAoPonto





OBS: os dados sobre o IPTU foram fornecidos pela própria Secretaria de Fazenda ao Jornal Folha dos Lagos (matéria publicada em 24 de janeiro) e os dados sobre royalties estão disponíveis no site do Banco do Brasil, sendo que, neste caso, os números que apresentamos reúnem três repasses: royalties da ANP (quase R$ 91,5 milhões em 2017 e R$ 10.835.013,20 em 2018), Fundo Especial do Petróleo (praticamente R$ 630 mil em 2017 e R$ 63.675,60 em 2018) e Participação Especial da ANP (mais de R$ 17 milhões em 2017).

Nenhum comentário: