ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

terça-feira, 29 de agosto de 2017

O QUE É MAIS IMPORTANTE? | Vereador Rafael Peçanha questiona prioridades do governo ao falar de Escritório de Gerenciamento de Projetos e castração de cães e gatos.

Na sessão desta terça-feira (29), Rafael Peçanha utilizou a tribuna para falar sobre prioridades e necessidades da população. Um dos projetos apresentados na sessão foi a Indicação 259/2017, que solicita ao Poder Executivo a criação do EGP - Escritório de Gerenciamento de Projetos, com o objetivo de inserir o município como participante de editais de fomento públicos e privados, captando verbas externas e ampliando a arrecadação própria.

- Vejo o discurso da crise, mas não vejo o discurso do trabalho para superar a crise. Um EGP tem custo anual estimado em 10% do que a prefeitura gasta por mês em cargos comissionados, de indicação política. Qual é a prioridade do governo? - Questionou o parlamentar.

Na oportunidade, Rafael apresentou ainda o Projeto de Lei 155//2017, que institui a política municipal de controle de natalidade de cães e gatos. O projeto regulamenta a Lei Federal 13426, de 30 de março de 2017, que, na prática, torna a castração uma política pública permanentes, estendida aos municípios.

- Entra aqui também uma discussão sobre importâncias. Muitos dirão que não se trata de prioridade, mas vejo de forma diferente, afinal, a castração é uma questão de saúde pública. Tudo para o vereador tem de ser prioritário. Se ele não é capaz de atender diferentes demandas, como se diz no futebol, que peça o boné - afirmou o vereador.

Parlamentar também anuncia assinatura em manifesto internacional contra corte de verbas na educação brasileira.

Ainda na sessão, o vereador Rafael Peçanha anunciou que assinou a petição do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (Portugal), publicado pelo Professor Doutor Boaventura de Sousa Santos, em solidariedade internacional aos profissionais da educação e estudantes brasileiros, repudiando oo corte de verbas do governo federal no setor.

ASSINE VOCÊ TAMBÉM. CLIQUE AQUI.

Nenhum comentário: