segunda-feira, 8 de maio de 2017

DOIS PESOS SIM! | Vereador Rafael Peçanha reafirma repúdio ao nepotismo.

                                                              
Na sessão desta quinta-feira (4), o vereador Rafael Peçanha subiu à tribuna para reafirmar seu posicionamento contrário ao nepotismo e em favor das recomendações do Ministério Público sobre tal assunto. Questionado por que foi contrário à voz do MP no caso do Ensino Médio, o parlamentar foi enfático:


- Foi dito aqui que tenho dois pesos e duas medidas. Tenho mesmo: dois pesos diferentes para duas medidas diferentes. Existe uma grande diferença entre prioridade e ilegalidade. A legislação brasileira não afirma que o ensino médio municipal é ilegal, mas sim que ele não é prioritário. Já o nepotismo é uma ilegalidade - salientou.

Em sua fala, Rafael Peçanha ressaltou ainda que há uma grande relevância de interesses. De um lado, uma demanda coletiva, popular, que envolve  alunos e toda a sociedade civil. Do outro, uma demanda particular.

- Existe grande diferença  entre ilegalidade e prioridade. O ensino médio municipal nao é ilegal, o nepotismo é uma ilegalidade - apontou.

Comissão de Educação é aprovada na Câmara.

Na mesma noite, foi aprovada em regime de urgência e por unanimidade a criação da Comissão Especial de Educação da Câmara Municipal de Cabo Frio.

- Foi uma proposta de todos os vereadores por ocasião das negociações pela manutenção do Ensino Médio, um compromisso da Casa. Parabenizo a todos pelo entendimento e espero que desta vez a Comissão funcione, diferente do que aconteceu na gestão passada - lembrou o edil.

O líder da oposição lembrou ainda que a Comissão poderá servir para levantar e ajudar a resolver outros problemas ligados ao tema no município.

- Vemos as indicações políticas e o tráfico de influências nos contratos nas escolas. Vemos servidores sem receber, com o governo descumprindo acordos. Essas e outras questões poderão ser debatidas e encaminhadas para resolução na Comissão. É o Legislativo chamando para si essa responsabilidade.

Problemas na iluminação da cidade também foram tema de debate.

Na pauta, o vereador apresentou duas indicações em favor dos moradores do bairro Botafogo, em Tamoios.

- Foram ditas coisas muito positivas sobre a iluminação da cidade aqui nesta tribuna na semana passada. Confesso que fui a Botafogo e vi outra cidade. Aliás, não vi muita coisa, pois a escuridão era grande. Precisamos ajudar aquelas pessoas - defendeu Rafael.

2 comentários:

Anônimo disse...

Caminho de Búzios, também às escuras.

Andre Reis disse...

Bom dia! Acredito que não é apenas o nepotismo, mas, também os portariados. A relação dessas portarias poderiam ficar a disposição de todos, já que segundo "lenda"temos sempre vizinhos beneficiados e que nem trabalha. Ajudaria até na fiscalização pelos munícipes. Se possivel com fotos, já que geralmente são lotados em setores longe do bairro aonde residem. E os verdinhos? Observei que alguns foram transferidos para a "comsercaf " e ou terceirizadas. Espero que voce continue assim,