sábado, 11 de março de 2017

Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Cabo Frio promoverá a primeira audiência pública do ano.


Após cinco anos inoperante, a Comissão Permanente de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Cabo Frio passou a efetivamente trabalhar e realizará a primeira Audiência Pública de 2017, com o objetivo de discutir o ordenamento de nosso patrimônio marítimo, tendo em vista a prevenção de acidentes e a defesa do direito à vida no mar, a partir do sentimento ainda tocado pela tragédia ocorrida com a pequena Maria Luiza, em dezembro do ano passado. Contamos com a presença de toda a população e autoridades para debater o tema, afinal, democracia se constrói com participação e transparência.

2 comentários:

Anônimo disse...

Nobre vereador, a situação com os "duristas" de final de semana, oriundos das comunidades de Minas Gerais, nos bairros da Vila Nova e Passagem chegou no limite, além de ocupares as entradas das casas dos prédios da vizinhança, atrapalhando a entrada e saída dos moradores, ameaçam, consumem drogas bebidas, brigas e sexo, chegam na madrugada acordando a vizinhança, tocam funk, sertanejo brega, pagode paulistano e outras porcarias musicais na maior altura, não adianta ligar para policia, debocham da nossa cara, mandam até procurarem outro lugar para morar, pior de tudo é de quarta-feira a domingo, pagamos um IPTU dos mais caros, pior de tudo esta desordem esta indo para casas no Centro, Braga, algodoal até no Jardim Caiçara, precisamos de soluções rápidas, pois a violência nesses locais esta aumentando consideravelmente, tem jovens que nem na praia vão, vivem consumindo drogas e ameaçando moradores, contamos com sua colaboração, uma solução mais rápida.Obrigado.

Rafael Peçanha disse...

Com certeza, pode contar comigo. Na sessão de terça-feira recebemos a Secretária de Turismo na Câmara e pude perguntar diretamente a ela qual seria a postura do governo em relação à forma abusiva como os ônibus de turismo entram no bairro Vila Nova e o transtorno causado por essa demanda. Estaremos acompanhando os posicionamentos do Executivo e intervindo se necessário. Conte com nosso mandato. Aqui é transparência!