sábado, 16 de julho de 2016

EDITORIAL - Um prefeito fantasma que não entende nem aprende.


Em publicação há cerca de dois anos, o prefeito Alair Corrêa dizia que eu "não aprendo", porque eu insistia e teimava em apontar para toda a sociedade cabofriense as mazelas de sua gestão. Hoje, vemos que quem não aprendeu foi ele, porque toda a cidade reconhece a vergonha que é o seu governo, o que percebemos, mais uma vez, com a recente pendenga entre ele e os servidores do nosso município.

Em sua mais recente fala, o governante inclusive me citou como "consultor" ou mentor da direção do Sepe no processo em que a categoria cobra seus salários mediante arresto judicial. Alair, você não aprende mesmo.

Não aprende porque mais uma vez comemorou o que não levou, talvez porque, apesar de ter tentado se aposentar como advogado do Ibascaf sem jamais ter sido, você não consegue entender um parágrafo de texto jurídico que esteja a dois palmos de seu nariz. Na audiência de seu governo com os servidores, sua gestão foi intimada a apresentar a lista dos trabalhadores sem salários em 48 horas, e foi obrigada a pagar servidores, como ocorreu ontem, inclusive, reconhecido por nota oficial da própria prefeitura (clique aqui e leia). Qual o motivo para comemorar e tripudiar, Alair? Você não entendeu o que a justiça disse? Será preciso pedir para seus genros desenharem?

Não sou mentor nem consultor de ninguém. Considero-me companheiro, militante e amigo daqueles que querem uma Cabo Frio melhor, e o Sepe, bem como outros sindicatos se encaixam nesse perfil. Mas acho que essas são palavras e reflexões que você entende tanto quanto uma sentença judicial. Nem vale à pena perder meu tempo. Faltam 170 dias para limparmos de vez nossa linda história do seu incompetente nome. E então, você passará a ser, oficialmente, o que tentou ser ao buscar se aposentar ilegalmente como o advogado que jamais foi: apenas um fantasma. 

Bom dia.

10 comentários:

Anônimo disse...

Perfeito sr. Rafael, está corretíssima sua observação, infelizmente o que vemos e sentimos na pele e carne todos os dias, parafraseando, é quem não aprendeu absolutamente nada foi o eleitor e a população em geral. Insistem todos esses anos em manter por meio do voto esses vermes, parasitas nos sugando! Será que a população sabe o que é voto? Será que entendem a importância de entregar a gestão de milhões de reais, até bilhões quando se tratam de quatro anos ou mais, para ladrões conhecidamente pela maior parte da população? Onde está a capacidade de aprendizagem das pessoas, mesmo que pelo sofrimento? Esperamos com muita fé, que as pessoas parem de uma vez por todas de votar nestes ladrões, e definitivamente APRENDAM!!! NÃO REELEJAM NINGUÉM!!!!

Julio disse...

E por falar em não aprende, devido a falta de sabedoria o sururu em frente à quadra do Itajuru teve um aumento considerável. Tudo isso, por causa " dos carros" da Dona Salineira que transitavam na mais apertada que mini-saia de periguete, que a Rua Copacabana no mesmo bairro. Percebe-se que a inteligência para organizar trânsito pegou outro itinerário e não passou na cidade. Colocar " carros " naquela rua é no mínimo sem noção.
Só achei elevado os números de linhas e " carros " que passam ou passavam nessa pequena rua citados pelos repórteres com uma " pequena " tendência a puxar saco da Dona Salineira. Muitos elogios.
Bem, vamos voltar ao sururu em frente à quadra do Itajuru: além de ter um ponto das linhas intermunucipais ao lado do " terminal " próximo ao convento, param muitas linhas municipais, agora me jogam mais essas que " descem " a ponte, mais duas internunipais. Uma confusão que tumultua o trânsito - tem sorte que os motoristas são da cidade e região -, sabe como é?
As vezes od motorista da duas paradas, porque não tem como parar para pegar passageiros, ja que a organização, para embargar é mais confusa e não tem como dar um stop.
Em Cabo Frio nao se organiza para entrar nos coletivos. Quando o ônibus, para é um desespero. Parece que ônibus vai fugir.
Uma vez, ate me estressei com uma senhora e disse: - minha senhora, tenha calma! Não precisa subir cima Zé mim, porque eu não sou escada.
Leva uma hora de boca fechada esperando e não pode esperar 2 minutos. É muito roça!
Sem contar que pensam que ônibus é vagão de trem: querem levar tudo nos ônibus.
É Uma multidão de gente na calçasas, tem hora que é complicado descer dos " carros " e andar na calçada - só desviando das pessoas.
Ainda bem, que a " MORDAÇA " acabou. Aí deu uma diminuída na multidão. Era complicado andar ali.
O X da questão era ou é fazer a integração, mas fazer integração em ponto final que serve para " acomodar " excessos de linhas e sem organização não vai dar certo.
Gente, vamos aprender a fazer pontoa de ônibus. Ônibus não é trem, para ter pontos em todos os postes.

Aí, depois o " fã-clube " do prefeito me aborda na rua, alguma vezes de forma ríspida, para me criticar, porque eu só sei "criticar tudo." Têm como não criticar?


Julio disse...

Não é 51, mas é uma boa idéia!

Um advogado QUE NÃO É DE CABO FRIO é Região, é lógico, diante das minhas cobranças no" transporte público " me surgiria que eu faça uma Associação soa usuários do " transporte público " na cidade, quem sabe na região e quem daria todo o suporte jurídico.
Ta aí gostei! Uma boa idéia!

Anônimo disse...

Essa ser infame que ocupa a cadeira de prefeito tem que ser afastado imediatamente. Vêm pra rua, povo, vêm! Vamos varrer essa organização criminosa da nossa vida, já.

Anônimo disse...

Metade de julho e eu não vi a cor do meu salário. Tem que sequestrar o dinheiro que tá na comsercaf.

Anônimo disse...

Pqp, como viver sem salário, explica ai, alairistas?

Anônimo disse...

Alairzistas, vamos varrer as ruas de cabo frio.bando de desonestos e salafrarios.

Anônimo disse...

Bloqueo nas contas dos filhos do prefeito que agregam os pagamentos dos seus empregados domesticos a folha de pagamento da prefeitura..

Julio disse...

Errata:..... me sugeriu que eu faça.......... e que me daria todo suporte jurídico.

Anônimo disse...

A saúde em Tamoios vai fazer uma festa Junina e esta convocando todos funcionários no dia 22, nunca houve essa festa, parece mais um palanque eleitoral, no ano eleitoral, isso pode o local ainda não foi divulgado, estão mantendo sigilo assim que for informado o local eu passo