sábado, 2 de julho de 2016

EDITORIAL - Os desafios do Fundeb.


Nesta semana, finalmente, o governo municipal publicou em jornal a nova composição do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb, para o qual fui reconduzido como suplente da representação do magistério municipal, podendo, finalmente, iniciar meu segundo mandato consecutivo à frente da função, que é voluntária.

Primeiramente, cumpre salientar o grande aparelhamento realizado pelo prefeito Alair Corrêa e pela Secretaria Municipal de Educação de Cabo Frio, não apenas para impedir que eu fosse eleito em assembleia, mas para garantir que a titularidade do cargo fosse dada a alguém ligado ao governo. Houve coação para os funcionários da Seme lotassem a noite que escolheu os nomes, para indicar quem lhes interessasse. 

Ledo engano, erro de estratégia, trabalho à tôa: a vontade de representação do trabalhador sempre vence, especialmente, quando se trata de escolher quem o represente. Assim, vencemos novamente, e a professora Mônica Almeida foi reconduzida ao cargo como titular, e eu, na suplência. Tentaram o golpe, mas tiveram como resposta a verdade e a democracia. Vocês não nos representam.

Em segundo lugar, pensemos: por que o governo demora tanto para publicar a nova composição do conselho? Por que aparelha uma assembleia eletiva de membros do mesmo órgão para garantir que o titular seja governista? Por que tanto mistério e medo em torno do Fundeb, verba cuja administração pelo poder executivo municipal recebeu parecer contrário em 2013? Por que o executivo não entregou documentos em 2014 e 2015 referentes ao fundo para a emissão de parecer pelo conselho? Por que tanto mistério no repasse médio de 10 milhões de reais mensais, mais de 130 milhões anuais, que "somem" na hora de pagar a folha da Educação, deixando profissionais passando fome?

E outra: por que tanta demora dos vereadores em assinarem e instaurarem a CPI do Fundeb?

São esses os segredos que queremos descobrir neste novo mandato no CACS-Fundeb. Contamos com a fiscalização e a força de todos os cidadãos que se interessam pelo tema para exercermos um mandato significativo e contundente. Tem muito mistério a ser desvendado. Vamos juntos.

Bom dia.

Nenhum comentário: