ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Profissionais da educação decidem: É GREVE até o pagamento.

Profissionais da educação se reuniram ontem em assembleia promovida pelo Sepe-Lagos e optaram por deflagrar greve até que o prefeito pague o salário referente a maio, cuja data limite limite legal para depósito venceu na terça-feira, dia 7 de junho. Já existe liminar que que obriga o prefeito a respeitar essa data, mas o governante, simplesmente, a descumpre.



Os trabalhadores reivindicam ainda o pagamento das parcelas restantes do décimo-terceiro salário e as férias, além de uma extensa pauta de direitos que têm sido negados pelo atual governo.

A greve se inciará segunda-feira, pois os trabalhadores, ao contrário do prefeito, respeitam a lei, que aponta a necessidade de se informar ao poder público a decisão com 72 horas de antecedência ao início do movimento.

Na própria segunda os profissionais realizaram reuniões com pais, mães e responsáveis, apresentando o lado honesto e vitimado desse jogo - o lado do profissional - e o lado culpado desse cabo de guerra: o lado do governo Alair.


Confira o calendário de greve:


13/06 (segunda-feira) – reunião com os pais nas escolas;


14/06 (terça-feira) – acompanhamento da sessão da Câmara;

15/06 (quarta-feira) – ato no Largo Santo Antônio, 9h, no Centro;

16/06 (quinta-feira) – acompanhamento da sessão na Câmara;

22/06 (quarta-feira) – assembleia no Edilson Duarte, às 18h.


A greve é uma medida extrema, que ninguém deseja, mas a única possível diante de um Executivo caloteiro; um Legislativo omisso e um Judiciário fraco.


2 comentários:

suzam Irene disse...

Acredito que alguma tenhe que ser feita não é possível que o povo brasileiro continua suportando tantas demandas e esses malditos políticos continuarem como se nada estivesse acontecendo aqui em cabo frio a população está ferrada esse Alair correia ta merecendo uma surra

Anônimo disse...

Essa é a aula de hoje em Cabo Frio, um Prefeito mentiroso, e que naõ respeita os trabalhadores.