ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

sábado, 21 de maio de 2016

OPINIÃO | O Cerco Está se Fechando | Por Luiz Cláudio Júnior*


A Educação de Cabo Frio fará uma paralisação de 72h a partir de segunda-feira (23\05\2016), contudo, contará com os seguintes atos: na segunda (23), passeata com saída às 09:00 da manhã em frente ao Largo Santo Antônio até à Prefeitura, e às 18:00 vigília em frente à Câmara Municipal, na terça-feira (24), ato na sessão da Câmara contra o empréstimo de  R$ 200 milhões, na quarta (25), ato no Jardim Esperança às 09:00 com aula pública, assembleia às 18:00 no Colégio Edilson Duarte, além da campanha da arrecadação de alimentos para os professores, que estão passando necessidade em virtude da falta de pagamento. Como diria o poeta dos bares: “A Educação pede socorro.” Com tudo isso acontecendo, o prefeito Alair Corrêa ainda foi condenado pelo Ministério Público (MP) a pagar R$ 10 mil por representação ou notícia comprovada recebida pelo MP  ou Poder Judiciário, que demonstre falha na prestação dos serviços públicos de coleta domiciliar de resíduos sólidos, varrição de vias, limpeza de praias, conservação de áreas públicas, manutenção e conservação de iluminação pública nas áreas dos seguintes loteamentos no Segundo Distrito, em Tamoios: Orla 500, Florestinha, Viva Mar, Terra Mar, Verão Vermelho, Long Beach e Santa Margarida. Em caso de descumprimento, será efetuado o bloqueio de bens do governante no valor correspondente à multa estipulada. É bom o cidadão tamoiense ficar de olho e ajudar os órgãos competentes a fiscalizar essa situação. Você acha que acabou? Se sim, se enganou. Pois, a Justiça ainda emitiu um mandado de busca e apreensão na Prefeitura para investigar os documentos correspondentes à empresa Córrego Rico, que presta serviço de locação de veículos ao município. Parece ter coisa podre por aí, porém vamos esperar para ver. É, o cerco está se fechando e às coisas estão começando a aparecer na política da cidade.
Enquanto isso, na Câmara Municipal... alguns vereadores se sentem incomodados com à pressão que a população e os sindicatos estão fazendo por causa do empréstimo de R$ 200 milhões. Há quem diga, mas não tenho nenhuma informação que comprove isso, que o prefeito Alair Corrêa já está com o dinheiro em mãos, e pasmem, os nossos legisladores sabem disso. Porque a grana foi pedida ao banco em dezembro de 2015.  Todavia, o prefeito precisa apenas legitimar esse empréstimo com a permissão da Casa Legislativa cabo-friense. Só que nunca se viu nesses últimos anos, um povo tão fiscalizador, politizado e bem informado dos seus direitos como agora. Na próxima semana, a novela dos R$ 200 milhões continua. Mas, o que deixa à população mais chateada, é os vereadores não se posicionarem como se posicionaram na época do impeachment da Dilma: com segurança nas palavras e revolta no semblante, por causa dos problemas do país. Quer dizer, pimenta nos olhos dos outros é refresco. Nobres Edis, essa é a hora de se posicionar e dizer: quem é contra e quem é a favor. De uns 5, sabemos à resposta. E os outros 12? Dou um doce pra quem descobrir e me contar. 

Até à próxima, minha cara amiga leitora!!! Até breve, meu caro amigo leitor!!!


* Luiz Cláudio é jornalista e escreve no Blog aos sábados.

2 comentários:

Julio disse...

Rapá, cartão vermelho que está ficando bege pra você.
Putz grilo! E sse lance de empréstimo de duzentos milhões de reais, na República Fede Rativa do Diesel, ops capital da Região dos lagos, segundo a sua pessoa ja está enchendo e transbordando o saco. Não vai demorar muito, para essa novela virar: filme e musical como a novela os "dez mandamentos" da Recopia, digo RECORD. Tudo pela grana, ops pela Fé!


Anônimo disse...

A saúde tbm está passando fome e aperto... Eu sou téc. de enfermagem concursado e estou com meus cartões de crédito com pagamento atrasado, meu aluguel vencido, sem comida em casa e meus parentes todos moram no RJ... Vim para Cabo Frio em novembro do ano passado pois até então recebiam os nossos pagamentos... Com essa sacanagem do senhor prefeito Alair... Adquiri uma gastrite nervosa e tomo calmantes para dormir... Ou seja o prefeito está adoentando todos os funcionários públicos concursados pois ao prestarmos um concurso pensamos em adquirir uma estabilidade financeira e não essa instabilidade pior q de um celetista!