ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

terça-feira, 24 de maio de 2016

OPINIÃO | Apenas comentários | por Fábio Emecê*

Diante do acontece no País e o que acontece na cidade, ficar atônito não adianta. Temer, Jucá, Correia... O que pensar de nomes que representam justamente uma falência da democracia representativa? Se pensarmos em Dornelles, Pezão e Cabral, a falência não é só de um sistema, mas também das finanças estatais.

Discutimos corrupção e seus vetores de maneira, as vezes ingênua e a operação Lava Jato mostra toda massa política envolvida numa bandalheira sem fim. Uma operação que não poupa os 3 partidões da terra brasilis: PT, PSDB e PMDB e as manobras dessa tríade, não importa como são, é pra tentar travar a operação.

O que podemos esperar? Reis desnudados, mitos destruídos e lógicas reinventadas. Os barões politiqueiros estão sendo expostos, políticos que se julgam mitos se mostram caquéticos e anacrônicos e maneira como eles são escolhidos para exercer os cargos que exercem, merece uma atenção especial.

Um ministro recém empossado expõe toda uma prática mesquinha e tacanha de se fazer política e aqui na cidade a cada publicação oficial é exposta a discrepância entre o discurso oficial de falta de recursos e para onde o dinheiro está sendo direcionado.

Dizer que precisamos de mudança vira clichê, mas precisamos de qualificação discursiva. E no sentido de se expor realmente como funciona a gestão dos políticos e todos os seus esquemas que servem apenas para enriquecimento pessoal. Apenas isso.

A representatividade está caduca? Talvez, porém a ingenuidade tem que nos abandonar. Os feudos têm que ser arrebentados, as pessoas têm que ser desmitificadas e o enfrentamento tem que se real.

O País tá um caos, nosso Estado falido e na nossa cidade carcomida. E aí, como faremos e o que faremos? Apenas comentários não adianta mais...

* Fábio é professor, ativista anti-racista e escreve neste Blog às terça-feiras.


Nenhum comentário: