sexta-feira, 13 de maio de 2016

EDITORIAL - Uma vitória dos trabalhadores?


A suspensão do pedido de urgência  do projeto de lei que autoriza o empréstimo do Poder Executivo ontem na Câmara Municipal deveu-se exclusivamente à força e à mobilização dos trabalhadores de Cabo Frio, que passaram a noite acordados para garantirem seus direitos em frente à Casa Legislativa e que, revoltados com a falta de tudo, lotaram as galerias do local.

A recomendação do Ministério Público foi outra vitória da categoria. Foi a direção do Sepe que encaminhou à Promotoria os detalhes do projeto para que se percebesse o absurdo em discussão e fosse gerado o documento que pode bloquear sua tramitação.

Os vereadores de Cabo Frio aprovaram empréstimos ao prefeito nos anos de 2013 (mais de 100 milhões com o Banco do Brasil) e 2015 (este mesmo pedido de empréstimo que agora tramita, antes de ser reformulado). Os que concordaram com essas vendas de Cabo Frio a juros e a prazos não têm o direito e a moral para questionarem o atual quadro, afinal, isso seria, no mínimo, oportunismo e incoerência, para não dizer outra coisa.

Mas quem disse que há uma vitória?

É preciso esperar a posição dos Poderes Executivo e Legislativo. A tramitação será suspensa? Para isso, é necessário que nós, trabalhadores, continuemos nos mobilizando e acompanhando todas as sessões da Câmara Municipal, sem pregar os olhos um só minuto. Ou seja: hoje, amanhã, a acada minuto e a cada sessão, nossa luta vai continuar, porque temos um Executivo e um Legislativo que não se cansa de tentar nos derrubar.

Bom dia!

Um comentário:

Anônimo disse...

O povo coitado está desmotivado e sem esperança, diante de uma Câmara que os representa comprada e corrupta.