ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

sábado, 2 de abril de 2016

Quarta parcela do décimo-terceiro salário ainda não apareceu na conta do servidor municipal.

O prefeito prometeu pagar o décimo-terceiro salário, que deveria ter sido honrado em dezembro, de forma parcelada aos servidores municipais. Setores como Saúde, Educação e muitos outros ainda aguardam hoje o pagamento da quarta parcela, assim como aposentados e pensionistas, que, entretanto, só receberam a terceira parcela há poucos dias, enquanto os demais receberam no final do mês de fevereiro. Isso é digno, prefeito? 

4 comentários:

Anônimo disse...

Atenção eleitores, a noticia que corre é que o Deputado Marquinhos Mendes, vai votar contra o impeachment da Dilma. Isso é um duro golpe, para aqueles que sofrem com este governo corrupto. Se marquinhos Mendes for candidato a prefeito, lembrem-se disso.

Anônimo disse...

Pois é...segundo ele iria pagar em parcelas assim como a justiça determinou...por ver a situação do município... Cadê agora a justiça q não aparece para fazer valer o q determinou para esse pilantra pagar o q é devido ao servidor? Pela falta de pagamento e atraso deveria ser determinado um valor por dia de atraso (multa) ...a pagar para cada servidor q ainda não recebeu o décimo! Pra isso a justiça não aparece pra obrigá - lo a pagar o q é devido ao servidor! Mas pra ajudar a esse pilantra...aparece bem rápido! Afinal nem sabemos mais kem é mais pilantra do q o outro...Alair ou justiça... Pode isso?

Anônimo disse...

Como sempre nao tem palavra...

Anônimo disse...

Anônimo,do dia 2 de abril de 2016 21;20
É HORRÍVEL no Estado Democrático do Direito, trabalharmos com "notícia que corre..." O + correto, não seria procurar o citado Deputado Federal, e tirar do mesmo o seu posicionamento sobre o "impeachement"? Outrossim, o STF, já julgou "este governo corrupto"? Pois quando se trata de Governo, SOMENTE o STF trata deste. Portanto, seria bom aguardar os fatos para que possamos, fazer determinadas afirmativas. É isto que se deve ater à questão da democracia: os Órgãos pertinentes dar o seu devido Parecer e, não trabalharmos com "notícia que corre", ainda que, tenhamos à chamada "liberdade de expressão", mas devemos nos balizar com a verdade.
Filadelfo Filho