sábado, 23 de abril de 2016

EDITORIAL - A (falta de) vergonha do devedor.


Meus pais sempre me ensinaram que não deveríamos dever nada a ninguém - e se devêssemos, deveríamos ter vergonha de nossos credores.

Em Cabo Frio, ocorre um processo inverso: o devedor é o prefeito, que trata seus credores como seus devedores, tripudiando ainda em cima deles, perseguindo-os; imprimindo a eles a culpa que é sua; tentando assediar e envergonhar aqueles a quem deve.

Lá se vão dias - muitos - sem pagamentos de férias para os professores; vale-transporte; parcela do décimo-terceiro salário; deferimento de aposentadorias; entre outras mazelas.

Cabe aos três Poderes - Judiciário, Executivo e Legislativo - em geral silenciosos e omissos, se conscientizarem de seus papéis como devedores e pagarem sua dívida com a população, especialmente, o servidor da cidade. Mas não apenas ele.

A quadra alugada para as atividades físicas dos alunos do Colégio Municipal Rui Barbosa não é paga pelo prefeito há 15 meses. Isso mesmo: são 40 meses de governo e 40% desse tempo foi de calote.

Diante desses exemplos, concluímos pela necessidade de se expurgar da política da cidade o reitor deste governo de 20 anos, criador desse sistema de desrespeito vergonhoso à população, e, com ele, varrer juntamente as criaturas regidas por sua orquestra dolorosa, que mantiveram o sistema e conduziram a manutenção de tudo isso que está aí - e que envergonha a todos nós.

Bom dia!

4 comentários:

Anônimo disse...

Saudações Rafael. Eu acho esse blog muito bom. Gostaria de fazer uma pergunta, apesar de ser diferente do tema: Você sabe como está aquela história do empréstimo do exterior que o prefeito queria fazer?

Rafael Peçanha disse...

Amigo, obrigado pela força. Até agora o empréstimo de um banco externo é mero boato. As possibilidades remotas são no Banco do Brasil, mas é esperar para ver. Um abraço!

Anônimo disse...

Como apanhar empréstimo no BB, se à PMCF, não honra, não honrou o que já apanhou? Quem seria o irresponsável da gerência para assuntos governamentais, a avalizar tal situação? Você emprestaria, algum R$ para quem não honrou se quer à 1ª parcela de 1 empréstimo para consigo? Se à resposta é não, você já as deu a que dará o BB. Ademais o Seneador que recebeu "moção de aplauso da Câmara do silêncio", o Partido votou contra. Você acha que Dilma, vai autorizar alguma liberação?

Anônimo disse...

Todos os poderes estao calados, desde o governo de Marcos Mendes....voce esqueceu !!!!..Agora tenha coragem e publique essa publicaçao....nao seja covarde igual a muitos !!!!