domingo, 27 de março de 2016

O MOSQUITO DO ABANDONO | Detalhes fazem toda a diferença no PAM.

Nos fundos do PAM de São Cristóvão, vasilhas são colocadas embaixo dos aparelhos de ar-condicionado, para receber os pingos d'água, naturais desse tipo de máquina. 



Acontece é que tais potes tornam-se constantes acumuladores de líquido e potenciais criadouros de larvas que geram os mosquitos mais perigosos do país nos dias de hoje. Não está na hora da Saúde gerar Saúde ao invés de doença? Fica a dica.

Um comentário:

Helena disse...

O combate à Dengue, Chikungunya e Zika é uma responsabilidade dos órgãos públicos e toda a população, a melhor forma de se evitar essa doenças é combatendo os focos e o acúmulo de água, pelos que vemos e presenciamos a Direção do Pam não está fazendo a sua parte.