terça-feira, 29 de março de 2016

MIGALHAS | Edição Especial | As "novidades" da Educação.


#Nova
O prefeito Alair Corrêa anunciou ontem o nome da nova Secretária de Educação de Cabo Frio. Trata-se da pedagoga Luana Ferreira. Ela coordenava até então o setor financeiro da pasta.

#Nova II
Particularmente gostei da ideia, afinal, agora não haverá nenhuma desculpa para não se abrirem as contas da SEME. Quantos contratos efetivamente recebem e quantos trabalham realmente? Vamos cruzar os dados do financeiro com os pontos das escolas?

#Nova III
Vindo do setor financeiro, a nova Secretária tem maiores possibilidades de esclarecer ainda como anda o setor de obras da Secretaria de Educação. Por exemplo: porque as obras na Escola Amélia Ferreira, em Tamoios, não são concluídas de jeito nenhum, embora a empresa prestadora do serviço já tenha recebido o valor da empreitada (mais de 90 mil reais) desde novembro - clique aqui e relembre.

#Nova IV
Cite-se ainda as obras na Escola Municipal do Peró, que andam trazendo tantos riscos para os alunos, conforme já denunciamos nesta semana, e que foram realizadas pela empresa Forte da Construção - aquela mesma que realizou obra de pavimentação e drenagem de via pública com processo que passou pela Secretaria de Assistência Social, mas não de obras - clique aqui e relembre.

#Nova V
Aguardamos esclarecimentos, afinal, essa coisa de obra na Educação é algo tão importante que deveria ser comandada por pessoas muito próximas, como um irmão. Se isso não configurasse crime, claro.

#Mudanças
Na mesma reunião de diretores na qual foi anunciado o nome da nova Secretária, apresentou-se o novo golpe que o governo deseja dar no servidor: voltar ao modelo de um professor por turma na Educação Infantil e no Ensino Fundamental I.

#Mudanças II
Isso significa mexer na lei e nos horários de todos os professores desse segmento, alterando sua carga horária e desfazendo o combinado para o ano letivo. Tudo para reduzir as horas-extras pagas aos contratados.

#Mudanças III
As mudanças não podem ocorrer durante o ano letivo só podem ser efetivadas no ano letivo seguinte, devendo serem apresentadas ao Conselho Municipal de Educação até setembro do ano anterior. Não deixaremos que as regras sejam mudadas no meio do jogo.

#Detalhe
Esse é um dos motivos da assembleia extraordinária do Sepe na quinta-feira. Lembre-se que  a medida altera a legislação que garante 1/3 da carga horária com planejamento, já que esse período seria preenchido com aulas para os profissionais desses segmentos. 

#Terceiriza
Não podemos esquecer ainda do projeto de terceirização dos ASG's da Educação. Não permitiremos a demissão dos trabalhadores desse setor para a contratação de empresas, sem transparência nos gastos. Somos sempre contra a terceirização dos serviços e vamos lutar contra mais essa ameaça.

#Escolha
Na quinta-feira ocorreram as escolhas das vagas para Ensino Médio a partir do ranqueamento do Ensino Fundamental. O evento aconteceu no auditório da Escola Municipal Edilson Duarte.  

#Matrículas
As pré-matrículas para este ano letivo de 2016 abrem em seu sistema on-line com prazo até às 23h59min de hoje. É preciso correr. A efetivação das vagas nas unidades escolares acontece amanhã e quinta-feira.

3 comentários:

Anônimo disse...

O problema maior não é só a troca de secretária, é a má gestão, zelo e respeito com dinheiro, porque para ser secretário de governo pode ser qualquer um, quem manda mesmo são as filhas e os ex-genros, os restantes são uns fantoches. Cabo Frio hoje esta vivendo um dos piores governos, não há boa vontade em resolver os problemas financeiros da cidade, porque toda esta gente só sabem resolver os problemas particulares, principalmente financeiros, esta sendo uma eternidade em ver tanta sacanagem em uma prefeitura, ainda falam em releição. Se as leis brasileiras fossem elaboradas pela vontade popular, 100% dos políticos brasileiros estariam na cadeia. Não acredito em nenhum politico, em bunda de criança e cabeça de politico não podemos esperar nada.

CamilaeAlexandre RitterdeAlmeida disse...

Isso Rafael vamos cobrar obras reais na E.M do Peró,situaçao grave de risco para os alunos.Obras não só nessa unidade escolar,mas em todas as que necessitem,pais e mães vamos lutar pelo direito que nossos filhos tem de ter uma escola de qualidade e com uma estrutura digna para alunos e educadores,vamos parar de tapar o sol com a peneira e achar que não vai acontecer com o seu filho,pois acontece sim.Temos que lutar por melhorias antes que os acidentes aconteçam.Rafael conto com você e sua força para cobrar o direito das crianças e jovens de ter uma escola de qualidade,obrigada.

Anônimo disse...

NÃO SEI PRA QUE SERVE CERTOS DIRETORES DE ESCOLAS , ANDA O DIA TODO E NÃO É CAPAZ DE VERIFICAR UMA CADEIRA QUE ESTA QUEBRADA NA ESCOLA . ORA VEJA SI O GESTOR TOMAR CONTA COM CERTEZA OS PROBLEMAS DA UNIDADES ESCOLAR ESTARIA EM MELHOR SITUAÇÃO. GESTOR E PRA CUIDAR E NÃO FICAR DESFILANDO