quinta-feira, 17 de março de 2016

EDITORIAL - A grande luta.


Ontem participei da formatura de meus queridos alunos universitários e tive a oportunidade de dirigir a eles e seus familiares uma fala na qual foquei a história de um filme que foi sucesso de crítica em todo o mundo: "A grande luta".

A película fala da batalha judicial do pugilista Muhammad Ali, que se recursou a servir ao exército americano durante a guerra do Vietnã, alegando o instrumento legal da objeção de consciência. "Ninguém, a não ser Deus, pode me obrigar a participar de uma guerra e atentar contra a vida de quem nunca me ofendeu", dizia o lutador.

Na ocasião, a Suprema Corte Americana já havia decidido internamente condenar o atleta à prisão por 8 votos a zero. Aconteceu, porém, que um - apenas um - estagiário descobriu uma jurisprudência que poderia salvar o esportista, negro e de origem humilde, da cadeia. E um - apenas um - Ministro em vias de se aposentar acatou o entendimento do jovem advogado, virando o placar unânime desfavorável em uma unanimidade em favor de Ali, que tornou-se livre.

O caso, real, nos traz uma lição de esperança. Um - apenas um - juiz, cidadão ou vereador pode sim, se quiser e lutar, mudar os rumos da nossa cidade. É a nossa luta pessoal e nossa coragem de romper com modelos e sistemas que, afirmadas com bravura, têm o poder de constranger um colegiado, como o da Câmara Municipal, por exemplo, e transformar posturas contrárias à do povo em atitudes que realizem simplesmente o que a Constituição determina - que poderes constituídos, como o Legislativo, façam a vontade da população que os elegeu. 

Não devemos esperar a postura do outro. Façamos nós mesmos. Eu acredito.

Bom dia!

2 comentários:

Anônimo disse...

Não vejo nenhuma ação de protesto contra a corrupção que se encontra o país, que esta pior que o município.

Anônimo disse...

O Prefeito que já morreu e não sabe faz e desfaz com nosso salário e o Presidente do Sindicato fica no facebook defendendo Dilma e Lula. Classificar esse sujeito de pelego é elogio. Essa coisa é um tremendo fDP. Ele e seus comparsas da Guarda e da Saúde. Estamos de olho neles.