segunda-feira, 28 de março de 2016

As MIGALHAS de hoje...


#Empréstimo
O empréstimo a ser recebido pelo governo Alair Corrêa é um absurdo sem tamanho, especialmente, pelo fato de que seu pagamento comprometerá as próximas gestões municipais, que deverão pagar a dívida obtida por esta gestão, que, por sua vez, poderá gastar os valores como sempre: sem transparência e clareza.

#Empréstimo II
Ou seja: Alair gasta um cheque que recebeu em branco e seus filhos irão pagar. Legal isso, não?

#Saúde
Some-se a isso a decretação de emergência na Saúde de Cabo Frio, que permitirá a contratação sem licitação. As duas armas surgem, por "coincidência", nas prévias do período eleitoral. Não é incrível?

#Bancada
O deputado Janio Mendes (PDT) disse ao Programa Bom Dia Litoral que convocará sua bancada de vereadores na Câmara Municipal, a fim de que seja apresentada proposta de fiscalização dos gastos do empréstimo, criando-se limites e destinações específicas.

#Aposentados                   
Os aposentados e pensionistas estão sem a terceira parcela do décimo terceiro até hoje - quando faz um mês que os demais servidores já a receberam. Uma vergonha tratar quem mais precisa dessa maneira. Toda solidariedade e minha disposição em lutar e ajudar no que for preciso.

#Obra
A prefeitura precisa olhar com carinho para a Escola Municipal do Peró, que necessita urgentemente de obras, especialmente, no segundo andar.

#Obra II
As salas daquele espaço ficam próximas a parapeitos  e varandas sem proteção, oferecendo um risco muito grave para alunos pequenos, em idade por volta dos 6 anos.


#Obra III
Há também pisos soltos nas salas, o que pode gerar graves ferimentos. A direção, guerreira como sempre, já solicitou a instalação de telas de proteção, forma mais fácil, ráída e barata para amenizar a situação.

#Obra IV
Mas o governo fez? É claro que não.

#Dica
Fica a dica. Vamos cumprir a obrigação para a qual vocês foram eleitos e deixar essas mães, professores e diretores mais seguros em relação às vidas dessas crianças?

2 comentários:

suzam Irene disse...

Desde de quando esses malditos políticos estão preocupados com o povo

Solange Muniz disse...

O dep. Janio Mendes deveria era ter fiscalizado as contas e empréstimos do governo Cabral/Pezão, do qual fez e faz parte, na Alerj. O estado do Rio está endividado e os servidores correm o risco de ficar sem pagamento. #vicelider