sábado, 6 de fevereiro de 2016

As MIGALHAS de hoje...


#Justiça
Justiça seja feita: a Secretaria de Saúde tem muitos e muitos erros e problemas, mas o secretário Carlos Dornellas anda sendo elogiado por estar sempre solícito a atender cidadãos que precisam de ajuda, especialmente, com a burocracia que emperra, diversas vezes, o acesso ao setor em todo o Brasil. Quem tem precisado do moço tem sido atendido e ficado feliz. Então vamos elogiar.

#Bicicleta
O bicicletário na Praça Porto Rocha foi uma iniciativa privada, que, aliás, aplaudi e gostei bastante. Mas tem gente reclamando que o artefato atrapalha a passagem de pedestres. Está certo. De repente pode-se pensar em alterar um pouco o local para facilitar a vida de todo mundo. Fica a sugestão.

#Luz
Só para lembrar: o prefeito disse que cortaria o pagamento da luz dos quiosques pela prefeitura. Cortou mesmo? Cartas para a redação.

#Agenda
Para quem gosta de levar a criançada para a folia, a dica é o tradicional Bloco Praia e Bola, que concentra nas proximidades da escola Alexis Novellino, no bairro São Bento, por volta das 15h.

#Agenda II
E quem já quiser emendar, mais tarde tem o famoso Bloco Que M. é Essa, bem pertinho dali, na Rua Major Belegard mesmo.

#Agenda III
A parte da tarde também promete com a concentração do União do Arrastão, na Gamboa.

#Arca
A diretoria do Bloco da Arca está de parabéns. A noite de ontem foi extremamente agradável, ao som das tradicionais marchinhas e com a presença das famílias da Gamboa e de toda a cidade. Destaque para o mais novo boneco da agremiação, homenageando Seu Nogueira, pai do nosso amigo Kleber. Muito bom.

#Partido
E a guerra dos partidos - aliás, pelos partidos - continua em Cabo Frio. Mais uma reviravolta vem aí. Assim como aconteceu com o PSL, outra legenda está para mudar de mãos tendo a ver com o deputado Janio Mendes e lideranças de Tamoios. 

#Respeito
Questionado pela Folha dos Lagos sobre o processo de cassação do prefeito Alair Corrêa, que abrimos na Câmara Municipal na última terça-feira, o Secretário Paulo Henrique Corrêa disse que tem carinho por mim e que me respeita.

#Respeito II
É verdade. Paulo Henrique sempre foi cortês comigo, desde quando nos conhecemos, em seu primeiro mandato como vereador, quando eu era servidor concursado da Câmara Municipal. De lá para cá sempre me tratou de maneira simpática e respeitosa, e, quando precisa, para e conversa, sem cerimônias. É meu adversário político. Tem meu respeito como pessoa, assim como todos do governo. Mas tem mais do que muitos outros, digamos.


2 comentários:

Julio disse...

Tem gente reclamando do bicicletário da Praça Porto Rocha? E dos Skates? E das bicicletas em movimentos? Esses procedimentos inadequados também não estão atrapalhando a mobilidade dos pedestres? Putz Grilo! Sem comentários!
O que tem de gente chata na cidade precisando fazer mais posições durante o sexo.... tem que "estudar" o Kama Sutra. O que tem de gente chata, que só olha para um lado na cidade... só tem um retrovisor.

Filadelfo Filho disse...

Prof Rafael, bom dia.
Por quê razão "Paulo Henrique é seu adversário político?" Pensar diferente, não é salutar em uma Democracia? Nós não deveríamos pensar "diferente" nesta questão? E se ele pensar igual,como o sr pensa em vários assuntos em prol da municipalidade? Será que já não deveríamos avançar mais nesta questão? Esta "nomenclatura" -"adversário político", não seria algo de estudo da Antropologia, Sociologia, uma vez que em regra geral, TODOS DESEJAM O BEM ESTAR DA SOCIEDADE?
Filadelfo Filho