segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

As MIGALHAS de hoje...



#Incoerente
Tem setor na prefeitura no qual  aconteceram demissões para cortar gastos, mas onde se recebeu novos contratados nesta mesma semana. Pode isso, Arnaldo?

#Obras
As obras na Escola Municipal Amélia Ferreira, em Tamoios, estão paradas. Sim, sé aquela mesma obra que foi para (96 mil reais) e não estava realizada. Denunciamos e, em alguns dias, se iniciaram os trabalhos. Vamos ter que perturbar de novo? Então lá vai:


#Obras II
As obras estão paradas e o estado da escola é esse. E a prefeitura ainda diz que não há nenhum motivo para a greve da Educação. Você deixaria seu filho estudar nestas condições?

#Ressalva
Lembramos que o fato nada tem a ver com a direção da escola, que, imaginamos, esteja sofrendo tanto quanto os pais e as crianças com essa situação.

#Feijoada
Um almoço beneficente será organizado em favor do Lar Esperança no próximo dia 28. O evento acontecerá às 12h, na Avenida Antônio Ferreira dos Santos, na sede do Moto Clube,  próximo à Universidade Estácio de Sá. Total apoio.

#Manifestando
Hoje é dia de manifestação do Sepe com os pais na Praça Porto Rocha. Vais dar mais gente do que a dos governistas na semana passada – mesmo se só formos eu e você.

#Manifestando II
Mas é claro que será muito maior, embora o objetivo não seja fazer contas, e sim demonstrar indignação.

#Enganação
Em nossa entrevista na Rádio Litoral semana passada, o apresentador Ademilton Ferreira foi pego de surpresa com a informação de que, desde o ano passada, a prefeitura já havia definido o retorno às aulas somente em março, e não no último dia 15, como foi divulgado à imprensa.

#Enganação II
Só para complementar a informação, o calendário escolar foi enviado a diretores e supervisores através do Memorando Circular 185/GAB-SEME/2015, datado de 16 de dezembro. Pega na mentira...

#Migrando
O Portal do Jornal de Sábado salientou muito bem uma realidade triste da nossa cidade: moradores de Cabo Frio estão tendo de migrar para Búzios a fim de serem atendidos nos hospitais de lá, porque os de Cabo Frio não têm conseguido fazer nada, além de estarem entupidos. Há poucos anos, a situação era inversa. Que coisa.

#Greve
A rede estadual em assembleia lotada aprovou greve a partir do dia 2 de março. Há escolas com água e luz cortadas por falta de verba. Sem condições.

#Samba
Dia 28tem Santo Samba, a partir das 16h, na Praça São Benedito. Imperdível como sempre.

#Prédio
É urgente, a cada dia mais, a construção de um novo prédio para a Câmara Municipal de Cabo Frio. Esta foi a promessa de vários presidentes que por lá passaram. Uns, não construíram porque não quiseram; outros, porque não puderam. Mas com um orçamento anual em torno de 16 milhões de reais – poderia chegar a 20 – dá para realizar com tranqüilidade.

#Paralisando
Médicos do HCE iniciaram uma paralisação na quinta-feira, restringindo o atendimento o que for emergência. Tudo porque a prefeitura pagou a menos a maioria dos médicos e muitos nem receberam. Plantões extras e outras vantagens legais também foram “caloteadas”. Nada digno.

#Parcela
Enquanto isso, até onde sabemos, a segunda parcela do décimo-terceiro, recebida pelos servidores no fim do mês passado, ainda não foi paga aos aposentados e pensionistas. Absurdo.

#Ibascaf
Bem polêmica e esclarecedora a entrevista das lideranças da AFM na Rádio Litoral na última sexta-feira. Estavam ali dois dos mais preparados cidadãos deste município para falarem sobre contas públicas.

#Ibascaf II
A denúncia dos Fiscais deixou muita gente nervosa. Aqui, como sempre, demos espaço para todo mundo: os fiscais, que nos deram a honra de publicar seu estudo sobre o caso em primeira mão; e o Ibascaf, que emitiu nota em direito de resposta. Todo mundo teve seu lugar.

#Ibascaf III
Mas se querem saber o que eu acho, acho que tem muito – mas muito mesmo – caroço debaixo desse angu. Estaremos acompanhando. Parabéns aos Fiscais por sua coragem.

#Cassação
Só para lembrar: levando-se em conta a data na qual  Câmara reconheceu publicamente a abertura do nosso processo de cassação contra o prefeito, os trâmites têm até o dia 4 de maio para serem concluído. Só para lembrar mesmo.

#Milagre
Aliás, a leitura do nosso pedido de cassação do prefeito no plenário da Câmara, na última quinta-feira, realizou quase um milagre: todos os 17 vereadores estavam presentes. Que coisa.

#Vaia
A vaia ao prefeito Alair Corrêa na inauguração do Atacadista Assaí são a cara do que está acontecendo na cidade. Só é preciso uma vogal para definir essa gestão.

#Particular
Denúncias dão conta de que a prefeitura estaria realizando obra de calçamento em local de interesse particular, a saber, atrás do Shopping. E em momento de crise. Será verdade? Cartas para a redação



#Desvio
Servidores têm reclamado que estão sendo mudados de lotação entre secretarias à sua revelia, dentro da estrutura da Prefeitura. Com a situação ilegal e imoral atual, na qual cada setor recebe de um jeito, muitos são prejudicados, fora a ilegalidade em mudar o local de trabalho do servidor sem ao menso informá-lo. Cabe ao trabaçhador denunciar. Daremos total apoio.

2 comentários:

Vitor Caldas disse...

Curiosamente para calçar a rua do Shopping a Prefeitura tem dinheiro. O único motivo para o calçamento daquela área da Lagoa é para não deixar mais os carros estacionaram do lado e fora do Shopping. Para a iniciativa privada sempre se tem...

Anônimo disse...

A sociedade decente de Cabo Frio precisa saber porque não tem escolas decentes para seus filhos, não tem remédios quando precisa, não tem médicos para suas emergências médicas, não tem limpeza pública satisfatória, não tem um serviço público decente, porque o Prefeito troca tudo isso por manter seus cabos eleitorais recebendo salário, sem trabalhar, na Prefeitura. Exemplo disso foi que no final de dezembro o prefeito lançou mais um factóide dizendo estar demitindo todos os contratados, que não fossem da saúde, educação, resumindo: milhares desses contratados ficaram o mês de janeiro todo sem trabalhar e no dia 29 de janeiro ele recontratou todo mundo, pagando o mês de janeiro para milhares de cabos eleitorais, que ficaram de férias o mês de janeiro todo. Isso não é crime de responsabilidade?