quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Ocupar democraticamente: essa história a Educação conhece - não começou ontem nem outro dia.

Ocupação? Essa história não começou ontem nem outro dia. Os profissionais da Educação de Cabo Frio têm estrada e experiência quando o assunto é ocupar prédio públicos como atitude extrema de manifestação democrática das insatisfações da categoria – afinal, o político pode até ignorar o povo que passa na rua ou que lhe é vizinho, mas não poderá fechar os olhos a quem mora na mesma casa que ele.

Há 28 anos os profissionais da educação ocuparam a Câmara Municipal e acamparam em suas imediações, protestando contra o descaso em relação à Educação. O prefeito? Era o mesmo de hoje: o senhor Alair Francisco Corrêa.

Jornal Correio dos Lagos, 1988.



Como disse Darcy Ribeiro, “nós viemos de longe, trazendo nos braços gloriosas bandeiras de luta, grandes vitórias e terríveis frustrações”. Quando a Educação ocupou e acampou pela primeira vez na história desta cidade, eu nem sabia ler ou escrever. E não há orgulho maior do que, mesmo pequeno e aprendiz, reviver e continuar aquele momento, fazendo parte dessa linda e longa caminhada. Eu só tenho a agradecer e dizer: “avante companheiros, essa luta é minha e tua!” 

2 comentários:

Anônimo disse...

Comunicamos aos servidores efetivos e contratados da saúde e de todas as outras secretarias, exceto os servidores que recebem por portarias, que a prefeitura está depositando os salários em suas contas na tarde de hoje. Comunicamos ainda que, em relação à educação onde os salários são mais elevados e, que parcialmente dependem de verbas do FUNDEB que estaremos pagando hoje também a todos os professores que recebem salários até R$ 3.450,00 ( Três mil e quatrocentos e cinquenta reais ), informando aos que recebem acima de R$ 3.500,00 ( três mil e quinhentos reais ) que mesmo sem recursos do Fundeb continuaremos pagando aos mesmos de acordo com o que formos arrecadando em nossas outras contas, porque ainda não recebemos os Royalties do mês e, o que receberemos do Fundeb não dará para pagar a folha dos que faltaram.
EM TEMPO: Hoje os integrantes do SEPE, num noticiário de TV, continuaram fingindo não saber que o dinheiro do Fundeb é insuficiente para pagar a folha do ensino fundamental, fizeram a festa apresentando políticos, blogueiros, candidatos a vereador, parente de deputado é tudo mais ( verdadeira campanha política partidária extemporânea ). Enviamos a TV a contabilidade completa de entrada e saída do dinheiro do Fundeb para acabar com essa Farsa, fingimento e apelação até dramática dessa gente do SEPE, gostaríamos que assistissem, é claro, se a TV permitir colocar em seu noticiário.

Alair correa( extraido ) do facebook dele.

SERÁ MAIS UMA MENTIRA

Anônimo disse...

Ele o Prefeito só pagou os salários dos contratados pois foi ele que colocou e o da guarda municipal que os que vão protege-lo na hora em que ele tiver que sair corrido, pronto, falei.