quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

EDITORIAL - O limite da revolta.


Não se fala de outro assunto na cidade: ontem, a prefeitura de Cabo Frio completou 11 dias de atraso em relação ao pagamento dos salários de dezembro dos servidores municipais.

Isso mesmo - o número utilizado pelo atual prefeito na campanha, prometendo que iria dar certo, acabou dando errado. São 11 dias de calote, já que o quinto dia útil - prazo legal de pagamento salarial segundo a legislação trabalhista - do mês de janeiro ocorreu no dia 8.

São milhares de famílias em desespero e em revolta. São servidores como os da Educação e da Assistência Social, que possuem verba própria de repasse federal em Fundo para pagamento de pessoal, misteriosamente, de mãos abanando e bolsos furados, diante de um governo covarde e incompetente, que só pode estar caçoando e se divertindo às custas do sofrimento do povo.

Na noite de segunda, havia 14 milhões e 400 mil reais em caixa na conta do Fundeb da prefeitura, bastava consultar o site do Banco do Brasil. Ontem pela manhã, mais de 13 milhões. Se a folha da Educação gira entre 10 e 11 milhões, por que então não pagar? Pirraça? Crueldade?

De maneira engraçada, se não fosse trágica, a prefeitura emite então uma nota informando que os repasses estaduais e federais estavam atrasados, e que, portanto, não haveria pagamento ontem - talvez hoje. Paralelo a isso, somem-se as decisões favoráveis ao trabalhador nos processos abertos pelo Sepe e pelo Sindicaf, que determinavam o imediato pagamento salarial na segunda-feira - que, ao arrepio da lei e da justiça, o prefeito, simplesmente, não cumpriu.

O pipocar de revolta e de denúncias de cidadãos comuns ao Ministério Público e à imprensa local, regional e nacional, colocam Cabo Frio à beira de um colapso jamais visto e só comparável ao de 1988, quando o mesmo senhor, então mais jovem, mas igualmente incompetente na gestão da cidade, ocupava o mesmo cargo de prefeito. 

Cabe ao povo desta cidade seguir firme neste espontâneo e crescente mutirão de ocupação das redes sociais, ouvidorias, canais de TV, rádios, jornais,ruas e praças, para que se possa dar um basta definitivo e memorável neste mal que nos persegue. Faltam 350 dias para o fim do pior governo da história desta cidade.

Bom dia!


4 comentários:

Anônimo disse...

e porque pagar somente a educação? e os outros?

Anônimo disse...

Bom dia!

É inacreditável o quanto tem gente que ainda acredita no Prefeito Zacarias! Hoje, 20/01/2016 fiz uma consulta no site do Banco do Brasil e mostra que, do dia 22/12/2015 (data posterior ao último pagamento feito aos concursados) até hoje 20/01/2016 foram repassados R$ 12.603.060,21 na conta do beneficiário (Cabo Frio). Agora, onde está esse dinheiro? Porque o portal da Transparência da Prefeitura de Cabo Frio está fora do ar há meses? Será que, assim como o prefeito, não há gente capacitada para resolver esse problema?

Dia 20 chegou e ele ainda não pagou. O que o MP pode fazer? Irá tomar atitudes? Virou bagunça mesmo?

Anônimo disse...

Queria MT entender o povo cabofriense ...mora aqui a pouco tempo! Infelizmente já peguei o gosto amargo desse governo ladrao de alair Corrêa...vamos mesmo escrever em minúsculo seu nome...pq maiúsculo se escreve quem é homem e gente de verdade...coisa q ele não está sendo! Mas voltando ao assunto...como pode o povo ter colocado o mesmo ladrão de 1988, para governar novamente? Seria fato ,q seu governo de agora seria desastroso...pior do o passado! Roubou e agora roubaria pior ainda! Povo antes de votar...pesquisem ! Se tivessem olhado a gestão dessa ladrão! Poderia ter sido evitado hoj ele cassoar tanto desse povo sofredor!

Ana Tito disse...

Boa tarde obrigado por lutar por nos servidores. Eu nao temho mais força p llutar mais vc nos da animo. Valleu'!!!!!!!