quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

As MIGALHAS de hoje...


#Despedida
O Império brasileiro se despediu com o último Baile da Ilha Fiscal. A piada que rola dentro do governo é a de que a “gestão” (?) Alair Corrêa também se despediu há poucos dias, em um Almoço de Aniversário, mas fora de uma ilha.

#Despedida II
Até porque qualquer coisa fiscal por ali dá arrepios em quem ouve a palavra.

#Contas
Ora, se em janeiro de 2013 o governo Alair Corrêa publicou o Decreto Municipal 4.971 e em dezembro de 2015 publicou o Decreto Municipal 5.441, então tivemos 471 Decretos em menos de 3 anos?

#Contas II
São 471 Decretos em 36 meses, média de 13 Decretos mensais. Lembramos que o Decreto é apenas uma ferramenta do prefeito para legislar em casos extremos ou para regulamentar Lei Municipal já existente e aprovada pela Câmara Municipal. Usar Decreto para governar, constantemente, é coisa típica de Ditaduras.

#Contas III
Das três uma: ou o governo Alair é mesmo ditatorial; ou ele errou a contagem das publicações de Decretos; ou tivemos Decretos (muitos e muitos) emitidos mas não publicados. Seria o Escândalo dos Decretos Fantasmas??

#Cortando
Sobre o Decreto 5.441 ainda, cabe pensar: cortar insalubridade, adicionais noturnos e de periculosidade não é inconstitucional? Atenção advogados, cartas para a redação.

#Cortando II
Mas pode ser que os cortes tenham ocorrido porque todos esses problemas acabaram com o Decreto do prefeito, que, numa canetada só, acabou com os ambientes insalubres; com a tuberculose; com a meningite; tornou todo o lixo salubre; bem como acabou com a própria noite. Divino, não?

#Contas IV
Copiado da Professora Denize Alvarenga: “a Folha da Educação em Cabo Frio gira em torno de 12 milhões. 1 milhão e meio de SEME e 1 milhão de Ensino Médio. Situações essas em que não se podem usar verba FUNDEB. Logo, sobram 9 milhões e meio a serem pagos com FUNDEB. Se, janeiro e fevereiro a folha era menos da metade (não há contratados) da dos meses seguintes, o dinheiro não poderia ser usado em outra rubrica, respondam: por que cargas d'água esse prefeito não paga os trabalhadores da Educação?”

#Marcelão
E o Caso Delcídio Amaral da Restinga continua a todo vapor. Após a entrevista do prefeito Alair Corrêa, acusando o Diretor da Hemolagos Dr. Marcelo Paes, seguiu-se a resposta de “Marcelão” e também a manifestação do Secretário de Turismo (de Saúde à época) Dirlei Pereira.

#Marcelão II
“Marcelão” vai abrir ação contra Alair sobre sua fala e cita na inicial muitas provas e documentos que tornam o caso ainda mais escandaloso. É  a história do telhado de vidro...não é mesmo senhor prefeito?

#Detalhe
Só para ajudar nas investigações, uma das peças-chave do esquema, que teria participado do oferecimento de propina ao prefeito cabista Andinho para tirar Marcelão do Consórcio (o que o prefeito não aceitou) é ligado a um dos detidos na operação Dominação II, ocorrida semana passada em Arraial do Cabo. Cuidado, a Federal, está voltando.

#Federal
Falando nisso, já tem político da cidade indo passear como se fossem férias de fim de ano. Mas há quem diga que é tudo medo da nova operação deflagrada pela Federal que ocorrerá em Cabo Frio nas próximas semanas. Será?

#Diferença
Enquanto o trabalhador tem que pedir dinheiro emprestado ou doação de comida porque não recebeu seu salário, tem gente ligada ao governo, muito próxima (mesmo) do prefeito ostentando viagem a passeio para Goiás e churrasco da melhor qualidade. Pode isso Arnaldo?

#Cultura I
O mestre em Política Social pela UFF, Fernando Chagas, tem desenvolvido um ótimo trabalho na região norte do Estado do Rio do Janeiro no apoio à elaboração dos planos municipais de cultura. Fernando integra uma equipe de dinamizadores que são responsáveis por atender 35 municípios no Estado. Esta ação faz parte do Padec - Programa de Apoio ao Desenvolvimento Cultural dos Municípios feito pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC) em parceria com a Secretaria de Articulação Institucional do Ministério da Cultural (MinC).

#Cultura II
Fernando Chagas acaba de ser credenciado pelo Minc como perito em análise de projetos culturais, e ainda conseguiu tempo para dar um oficina de leitura no II Encontro de Ensino e Aprendizagem em Línguas e Literaturas da UFRJ nesta última semana. O rapaz não descansa. Esse é o espírito. Parabéns.

#Mulher
Nos dias 05 e 06 de dezembro de 2015 ocorreu no Hotel Windsor Guanabara a 4ª Conferência Estadual de Políticas Públicas para Mulheres do Estado do Rio de Janeiro. Representaram a sociedade civil pelo município de Cabo Frio quatro delegadas titulares: Tatiana Crispim – Movimento LGBT, Keetherine Giovanessa – ONG Reação Mulher, Márcia Chaves – Matrizes Africanas e Conceição Barbosa – Associação de Mulheres de Cabo Frio. Detalhe: o poder público não deu nenhuma força para a passagem e estadia das meninas. Mesmo assim, elas batalharam e chegaram lá. Parabéns.

#ACIA
Começa hoje o evento da ACIA sobre os 400 anos da cidade, no Hotel Paradiso, em frente à Delegacia, a partir das 17h, com fala de abertura proferida pela Secretária Estadual de Cultura, Eva Doris Rosental.

#Sindicaf
O Sindicaf informa que ajuizou Ação Civil Pública contra a prefeitura de Cabo Frio pelo não cumprimento da legislação que a obriga a pagar e manter o vale-transporte do servidor. Excelente iniciativa, parabéns.

#Chorando
A mais nova do governo agora, depois de estar devendo mais de 150 mil reais em publicidade para cada TV a cabo local, foi oferecer um mês na mão para voltar a veiculação, para, em seguida, continuar o pagamento mês a mês. E o atrasado? Ah, fica para quando der...

#Declaração
A declaração do Secretária Municipal de Saúde Carlos Dornellas sobre a UPA do Parque Burle é de arrepiar. A manchete é do Portal RC24H: “A UPA se tornou totalmente inviável para o município”. Que coisa, não?

#Ampla
A subestação de energia elétrica de Tamoios terá sua capacidade ampliada a partir do próximo dia 15 de dezembro. A informação é do deputado Janio Mendes (PDT), que esteve reunido com a direção da concessionária Ampla na última segunda (30/11), para tratar do assunto. Tomara que dê certo e parabéns ao deputado pela iniciativa, junto a lideranças d emoradores tamoienses, que compareceram à reunião.

#Nota
O governo anda tão bagunçado em Cabo Frio que nem as próprias notas emitidas por ele são cumpridas...por ele mesmo. Na semana passada, a assessoria governista divulgou que, no dia 4, começariam os pagamentos dos servidores da Comsercaf e dos demais servidores com vencimentos de até R$2.000,00. Mas teve gente dentro dessa categoria que não recebeu. Pode isso?

#Fogos
O prefeito na TV disse que, se houver queima de fogos no Réveillon, a mesma será paga por um grupo de empresários. Essa eu divido. Desafio o governante a mostrar os nomes das empresas, a doação de cada uma (valor) e a legalização desse repasse. Topa?

#Fono
Fonoaudiólogos e outros profissionais da medicina do Ibascaf já entraram no terceiro mês sem receber. Por isso as consultas estão suspensas e o Instituto vive um verdadeiro caos para marcação e realização de consultas. Um absurdo.

#Opinião
Que tal o estacionamento público da cidade ser gratuito para todos até março, período no qual uma empresa vai operar no terminal de transatlânticos gratuitamente para receber turistas?

#Brandão
O poeta Paulo Brandão esteve internado na semana que se passou mas se encontra em pronta recuperação. Torcemos pelo amigo.

#Crítica
Um figurão (figurão mesmo) do governo municipal resolveu criticar o Pastor Fabrício Valadares. Sabe por quê? Porque ele possui um excelente projeto social que alimenta as pessoas carentes dessa cidade. Ou seja: quem faz o certo apanha e quem faz o errado recebe como prêmio mansões em Angra dos Reis, coberturas na praia e “quintas” em Portugal.

#Crítica II

Parabéns Pastor. Ser criticado por este governo é sinal de estar no caminho certo.

2 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia, tem alguma coisa que eu possa fazer para ser convocado pela prefeitura de cabo frio como aprovado no concurso de 2009, fiz para administrativo e vejo q tem muitos contratados e não convocaram mais ninguém, obrigado

Anônimo disse...

Prezado Anônimo de 09/12/2015 às 12;29h
Creio que até o MPE, "interpretou" o Edital do Concurso de maneira "equivocada".Existe 1 prazo de validade, que poderá "ser prorrogado por + x tempo. Faça às contas, pois na atual gestão, deveriam ter feito outro Concurso, pois o prazo de validade acabara.O fato de haver "contratados" esta é a política do nosso município e, é a forma de "sustentação" dos ditos "espertos".Portanto, aguarde à eleição de 04/10/2016, para vermos no período de proposta os compromentimentos dos candidatos.