ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

sábado, 14 de novembro de 2015

As MIGALHAS de hoje...


#Escândalo
Como se não bastassem os escândalos que corroem o governo Alair Corrêa, mais um agora explode no mundo do carnaval: a renúncia do então presidente da Unidas, instituição que se ouriçou para substituir a Liga das Escolas de Samba, mas não conseguiu.

#Escândalo II
De quebra, a Secretária-Geral, que deveria assumir (não seria o vice?) também renunciou. O papo dos sambistas é que há provas documentais graves - muito graves mesmo - contra a ex-presidência, o que teria incentivado o afastamento. 

#Conclusão
Então foi na verdade uma fuga. Certo?

#Dia
E olha que hoje é o dia municipal do samba. Não há mesmo muito a comemorar. O carnaval de Cabo Frio precisa se reinventar, em todos os sentidos. Parabéns aos verdadeiros sambistas, que não deixam morrer.

#Repúdio
Falando nisso, na Câmara Municipal de São Pedro da Aldeia um certo cidadão de Cabo Frio recebeu, por unanimidade, uma moção de repúdio, que é como se fosse um Cartão Vermelho no jogo. 

#Repúdio II
Primeiramente, preciso comparar o Legislativo de lá com o de cá. Por aqui, ninguém repudia ninguém, muito menos por unanimidade. Aqui os vereadores acham que está tudo bem na cidade e todo mundo só faz o bem. É quase um paraíso.

#Repúdio III
Em segundo lugar, é preciso afirmar: como poderia um governante de mandato, um político que se preze e que deseje ser vitorioso, ter como Secretário, coordenador, assessor, conselheiro, marqueteiro, pesquisador ou seja lá o que for, um cidadão que recebe uma Moção de Repúdio unânime numa Câmara Municipal?

#Conclusão
Eu mudaria de ramo. Voltaria a vender terrenos. Mas cada um para um comprador só, ok?

#Benefício
Conforme antecipado pelo presidente do Sindsaúde, o intrépido Mazinho, na quinta à tarde, a prefeitura fez o depósito dos benefícios dos servidores em Auxílio-Doença. Já não era sem tempo.

#Folha
Muito boa a edição especial de ontem da Folha dos Lagos em honra aos 400 anos da cidade. Histórica, técnica e emocionalmente perfeita. Parabéns à equipe.

#Fábio
Quem anda famoso é o professor cabofriense Fábio André Cardoso Coelho, especialmente depois que estrelou um programa da Fátima Bernardes na Rede Globo, ao lado da cantora Anitta. Ele apareceu para falar sobre sua pesquisa com letras de músicas populares no país. Mandou bem.

#Manifestando
Na quinta e ontem os profissionais da educação, com apoio de muitos outros cidadãos, deram um show de democracia ao se manifestar pacificamente, respectivamente, em frente ao Tamoyo Esporte Clube e na orla da Praia do Forte. Fomos irônicos, provocativos, mas firmes e respeitosos. Uma lição ao prefeito e demais autoridades desta cidade.

#Polícia
Aliás, é mesmo impactante e profética a foto das viaturas policiais paradas em frente à casa do prefeito. Embora eu ache que elas deveriam mesmo era estar combatendo oo tráfico nas comunidades periféricas oprimidas por esse movimento, e não segurando a onda de prefeito que quebra a cidade e fica com medinho, preciso dizer que, por outro lado, a Polícia estava no lugar certo.

#Alessandro
Fiquei muito feliz com o convite e com a participação no Programa do amigo Alessandro Teixeira na última quinta. Alessandro e Bruna fazem uma admirável parceria, na vida e na arte, como se diz. Parabéns ao casal.

#Cristãos
Hoje haverá a conferência "Igreja + Intercessão = Cidade Transformada", ministrada pelo Pastor Tiger Phiri e pelo Apóstolo Hudson Medeiros, de 9h às 17h, no Centro Evangelístico Internacional de Cabo Frio, como parte das celebrações pelos 400 anos da cidade. O valor é de apenas R$ 15,00.

#Gatos
Continua o drama dos gatos assassinados no bairro da Gamboa. Uma minoria que detesta animais anda matando os pobres bichos, ao invés de buscar, junto aos grupos que defendem os animais, medidas juridicamente e eticamente aplaudíveis para resolver a situação.

#Gatos II
Entra aí também o total descaso do poder público, em todas as esferas, pelo tema. Ninguém investe (é muito pouco) numa política pública de controle no nascimento desses animais e de cuidado de sua vidas e acerca de sua circulação. Se o empresário seguir essa linha - ou seja, de que é mais fácil nada fazer ou matar - estaremos todos perdidos.

#Gatos III
Urge uma união entre protetores de animais; empresários e moradores, para definir um acordo que resolva a situação. Estamos à disposição para ajudar.

#Descontos
E os membros de direção de escola, que tiveram mais de 20% de retirada de suas gratificações? A pergunta é: o pessoal da família teve redução salarial também? Pronto, falei.



6 comentários:

Unknown disse...

Rafael

Existe uma NI (norma interna) que prevê que qualquer lugar que haja manifestação a Polícia Militar deve estar, até mesmo para garantir a segurança dos manifestantes. Te garanto que os que ali estavam, não queriam estar...porém precisamos ser profissionais.

Grande abraço

Anônimo disse...

Alguém sabe me dizer qual o numero do processo daquela placa Prefeitura afronta justiça que estava no protesto de Sepe? tem muita gente querendo saber, muita gente me pergunta que processo é esse?

Anônimo disse...

Rafael
Aqui à Câmara Municipal também já deu "moção de repúdio", através do então Vereador Jânio Mendes, há 1 Comandante de Marinha da nossa cidade chamado GUEDES ???, quem não se lembra? O tempo passa mas o repúdio não !!! Até você conhece às histórias dos terrenos do Parque Burle e São Cristóvão.

Rafael Peçanha disse...

Caro amigo identificado como "Unknow", reconhecemos e respeitamos as NI's da PM, mas não poderíamos deixar de manifestar o descompasso entre o potencial investido no combate ao tráfico e o que é mobilizado para outras demandas - e isso não é culpa dos policiais, e talvez nem deste batalhão, mas sim um problema estrutural estadual. Os Policiais executam seus trabalhos e merecem o respeito por isso. Já os governantes não andam fazendo bem isso, logo, merecem repúdio e crítica. Mais ou menos por aí, espero que tenha sido compreendido. Um forte abraço e obrigado pela sua confiança e amizade.

Anônimo disse...

Boa noite Rafael.
Gostaria de saber, por favor, o que nós concursados podemos fazer em relação às apropriações indébitas que tem ocorrido em relação à prefeitura. Só de meus proventos, neste último ano, já foram mais de 600 Reais em Vale Transporte descontados em contra cheque mas não repassados à empresa de ônibus, e , neste último, mais de 300 Reais em não repasses ao Banco do Brasil, situação idêntica. Descontos a mim duas vezes (prefeitura e banco pelos empréstimos e VT descontado pela prefeitura e pagamento, por mim, de passagens).
Em tempos de córregos ricos e buchos de ouro, orla milionária, shows, fogos,...Precisa também se apropriar, indevidamente de um trabalhador que necessita deste dinheiro? E de mais tantos outros servidores públicos na mesma situação?

A ação é realizada em conjunta? Cabe ação individual (mas e a perseguição futura? Outro processo? E o desgaste? Cabe "proteção" em caso de perseguição?). Não sei mesmo o que fazer. "Não tem dinheiro não vá trabalhar"?!?!?! Isso é resposta de governante? Não tenho mais dinheiro para trabalhar, faço o que? E não tenho mesmo.
Destemperado, desestruturado e pouco cônscio sobre as necessidades daqueles que vivem contando com o salário que recebem.
Muitos pagam aluguel, todos tem luz, água, gás, alimentação e filhos para criar. Desumano! Cruel! Ele fala de dificuldades lá na praia do forte em sua cobertura, própria. Assim até eu falo de crise. Quero ver receber salário descontado indevidamente de todas as formas e "ter que decidir" o que pagar ou não no mês.

Espero, mesmo, que os cidadãos cabofrienses (ou qualquer outro município, qualquer estado e nossa nação) não vendam seus votos por 50 reais, cimento, tijolos, cesta básica e subempregos de cunho político - os pequenos ganham menos, mas não se revoltam para garantirem seu sustentos, até entendo em parte, mas os grandes não precisam dos empregos, são financiadores de campanhas e apenas tem retorno financeiro.

E o pior, continuam bajulando àqueles que dão seus sustentos por 4 (máximo 8 anos). "Vendilhões" que não estão nem aí para o povo, que apreciam muito as portarias que recebem defendendo o indefensável.
Gente que sabe que tem "prazo de validade". Gente que sabe que sem padrinho político não é bosta nenhuma e não tem nenhuma representatividade.

Chega disso! Mas o povo tem noção disso????????????????

E será que isso acabará? Não sei, descrente em tudo, e em todos.

Não culpe a crise, culpe a má gestão. Foi isso que ocorreu em CF.

*Anônimo por motivos óbvios*

Rafael Peçanha disse...

Todas as atitudes possíveis podem e devem ser tomadas. Sugiro que vc primeiro notifique, com protocolo, o banco e a prefeitura, pelo setor de RH. Em seguida, procure o sindicato da categoria e peça a abertura de processo. Espere uns 15 dias, se nada acontecer, ingresse com ação individual na justiça comum. Passe mais detalhes por favor pelo meu e-mail rafaelpecanha@gmail.com. Um abc e obrigado pela confiança.