ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Em noite histórica, assembleia do Sepe recebe multidão, vai às ruas e decreta greve.

A noite de ontem na Escola Municipal Edílson Duarte dificilmente será esquecida por quem passou por lá. Uma multidão de professores e funcionários, contratados e concursados, numa união nunca vista com tanta intensidade, lotou o auditório e, ali não cabendo, se deslocou para o pátio, de onde fomos na direção da casa do prefeito,pelas ruas da cidade, mostrar nossa indignação. 


O coletivo aprovou nossa proposta e decidiu pelo estabelecimento de GREVE até o pagamento de todos os profissionais de educação. Horas antes, a Secretaria Municipal de Educação emitiu nota dizendo que hoje não haveria aulas, nem sexta (feriado) nem segunda, como recesso em comemoração dos 400 anos da cidade, que praticamente não terá nenhum evento celebrativo - uma maneira pequena e mesquinha de reconhecer sua derrota para o povo reunido e revoltado.


Em reunião com diretores, horas antes, o prefeito da cidade tentou justificar o não pagamento dos contratado e se comprometer a fazê-lo dia 17, propondo ainda que o feriado do dia 20 fosse antecipado para o dia 16, numa clara intenção de desmobilizar a greve que já imaginava ser aprovada à noite.

Na assembleia, aprovou-se ainda um calendário de lutas para os próximos dias de greve:

Hoje, quinta-feira, 12/11:  ato em frente ao Clube Tamoyo às 19h, por ocasião da Cerimônia de entrega do Título de Cidadão Cabofriense pela Câmara Municipal de Cabo Frio.


Sexta-feira, dia 13/11 (Aniversário da Cidade) às 10h: passeata pela orla. Concentração em frente a Praça das Águas


Segunda-feira, 16/11: ato em frente a prefeitura, às 9h. Campanha de coleta de alimentos e. Todos os manifestantes são convidados a levar boias de braço.


Terça-feira,9h: ato em frente à Câmara Municipal com assembleia ao término.




COMENTÁRIO: Os momentos vividos ontem estão entre os mais felizes da minha vida. A coragem dos contratados, que desafiaram um governo tirano, sem medo, é um exemplo e uma lição para todos nós. O desespero de tantos profissionais que não têm mais dinheiro para andar de ônibus; para comer; e para alimentar seus filhos, deve nos comover e nos revoltar. Outrora, a Escola Municipal Edílson Duarte ficou lotada por mando e imposição do governo ditatorial na eleição dos representantes do Conselho do Fundeb, ontem lotou ainda mais pela livre e espontânea vontade dos trabalhadores da educação. O abuso e o assédio aos contratados não pode mais acontecer, e iremos às ruas por isso e por outras demandas. Em outro momento, o prefeito dizia que na assembleia do Sepe apareciam "meia-dúzia" de gatos pingados, comandados por oposicionistas. E agora, Alair? Gostou das fotos?  

3 comentários:

Anônimo disse...

Rafael, bom dia. No alto da minha ignorância fico me perguntando: se a verba dos professores em sua grande maioria vem do Fundeb (certo essa informação?) e se o mesmo não atrasa o repasse, para onde está indo o dinheiro dos professores??? Da mesma forma que me pergunto: se o dinheiro do ibascaf e descontado dos profissionais que possuem a assistência, como podem estar devendo a prestadores de serviços (médicos, clínicas, fisioterapeutas e etc) 4 meses de pagamentos??? Isso tudo já não é o bastante para acontecer uma investigação séria dos órgãos competentes??? O que mais está faltando para que ocorra uma investigação aqui na nossa cidade??? Onde está o MP???o que está acontecendo em nossa cidade já virou caso de polícia, e se houver uma investigação SÉRIA vai sair gente algemada da cidade... Os casos que tem aparecido no Fantástico são pequenos perto do que está acontecendo aqui....Infelizmente enquanto a maioria da população passa por dificuldades o governo, seus secretários e amigos continuam se divertindo em bingos e comendo seu saboroso bacalhau... Cabo frio mais do que nunca a cidade da dignidade...

Anônimo disse...

Excelente texto, Rafael... Essa prefeitura é uma palhaçada atrás da outra... E vc nada pode dizer, pois o assédio moral na escola é real sim... Todos sabem disso... Até quando vamos suportar esse alcaide, depondo como quer da vida alheia?

Anônimo disse...

Vocês comentam dos funcionários contratados que não receberamo , acho justo e apoio a lut. As pessoas que estão em benefícios tb não receberam. Nós não somos fantasmas mas contribuintes e merecemos respeito.Não aguentamos mais esta situação.