ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Em mais uma lotada assembleia histórica, profissionais da educação mantêm o estado de greve e programam duas novas paralisações. Aulas voltam ao normal hoje.

Em mais uma lotada assembleia histórica, os profissionais da educação da rede municipal de Cabo Frio mantiveram o estado de greve e programaram duas novas paralisações. As aulas voltam ao normal hoje.

Público lotou o auditório da Escola Edilson Duarte.


No dia 24 de novembro, terça-feira, haverá paralisação e ato em frente à Secretaria Municipal de Educação. No dia 3 de dezembro, quinta-feira, o ato ocorrerá em frente à prefeitura. O movimento foi batizado de "Vigília do Pagamento", já que o dia 4 é o quarto dia útil. Como dia 7 é o quinto dia útil (limite do prazo legal de pagamento) mas boa parte dos bancos não realiza pagamentos neste dia, a categoria entende que a sexta, dia 4, acabará sendo o prazo final de acerto dos salários dos servidores.

Foi aprovada ainda na assembleia a manutenção da coleta de alimentos para servidores em estado crítico devido aos atrasos salariais e aos pagamentos errados. Foi aprovada ainda a proposta de um "protocolaço" sobre o problema do vale-transporte na prefeitura, para os servidores que desejarem.

Estudantes mantiveram o apoio à luta dos profissionais da educação.


Finalmente, foi aprovada GREVE GERAL imediatamente a partir do dia seguinte ao quinto dia útil de dezembro, caso não sejam efetuados TODOS os pagamentos corretamente.

COMENTÁRIO: A decisão do movimento mostra maturidade e firmeza. Não paramos "só" por causa do pagamento, nem vamos esquecer tudo o que aconteceu por causa dele. O movimento busca ficar em vigília, atento e observando as movimentações do poder público, pressionando e cobrando diversos direitos retirados (vale-transporte, triênios, quinquênios, aposentadoria, empréstimos consignados e não repassados, rombos nas contas do Ibascaf). A sociedade cabofriense já decidiu: não haverá trégua nem descanso. Vamos à luta por justiça.

Nenhum comentário: