ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

EDITORIAL - A escuridão nas ruas de Cabo Frio e a Contribuição de Iluminação Pública.


Além do lixo espalhado pelas ruas, o que mais impressiona moradores e turistas pelas vias de Cabo Frio é a escuridão e a má conservação de lâmpadas e postes pela cidade, gerando escuridão para transeuntes e motoristas, como se fôssemos um município brasileiro do século XIX.

No bairro da Gamboa, além de vários locais não terem suas lâmpadas trocadas, um poste, em frente ao famoso Bar do Zélio, possui problemas de ligação, de maneira que quem encosta nele recebe uma pequena carga elétrica. Isso mesmo: na Gamboa, a maioria dos postes não funciona. Os que funcionam, dão choque.

Já no bairro Vila do Sol, o que se vê é a total escuridão na estrada que liga a cidade ao aeroporto. A via que era para ser um cartão-postal da cidade tornou-se a cara de seu governo: obscura e sombria:


A imagem é de autoria do presidente da Associação de Moradores do bairro, que promoverá um protesto nesta segunda-feira de manhã devido à situação caótica no local.

Nós, cabofrienses, pagamos todos os meses uma Contribuição de Iluminação Pública, descontada pela Ampla e repassada para a prefeitura, que, a partir desse montante, tem a obrigação de conservar postes e lâmpadas, mantendo a cidade iluminada. Muitas vezes, o valor da contribuição beira os 10% do que é pago - em outras situações, supera esse percentual. Vejamos o valor em um apartamento no centro da cidade:



Ora, não dá mais para pagar quem não trabalha. Vamos trabalhar para manter nossa cidade iluminada? Afinal, uma das promessas de campanha desse governo foi tornar Cabo Frio a Cidade Luz. Quem não lembra? O que se vê, entretanto, é apenas escuridão. Que bom que faltam só 421 dias.

Bom dia!

6 comentários:

Anônimo disse...

Tamoios a escuridão já vem de meses aqui todos chamam esse governo de governo das trevas.

Anônimo disse...

O que funciona nesse governo, se alguém souber coloque um comentário aqui dizendo o que funciona.

Anônimo disse...

Rafael
Não seria possível solicitarmos do nosso Prefeito, que "devolva" para à AMPLA este serviço, pois sairia + barato para os munícipes, que veriam nitidamente à aplicação de sua Taxa no local pertinente. De que adianta à AMPLA "repassar" e a Prefeitura não fazer o seu papel, pois se ele desconta: IBASCAF, Empréstimo consignados, INSS e não faz o referidos repasses. Seria possível vislumbrarmos a nossa CABO FRIO LUZ. O Natal esta chegando !!!

suzam Irene disse...

Eu gostaria que me respondesse a quem recorrer para troca de lâmpadas na mh rua afinal pago iluminação pública sem ter a mesma

Rafael Peçanha disse...

Para isso, você deve se dirigir à Secretaria de Serviços Públicos.Um abraço e conte comigo.

Karla Alonso disse...

Por favor, se alguém puder me informar me responda, como posso fazer para deixar de pagar a taxa de iluminação pública aqui em Cabo Frio? Moro no 2° distrito e a minha rua está uma escuridão só, quando queimou a lâmpada em frente a minha casa tive que comprar uma lâmpada e pagar a uma pessoa do carro da Ampla para trocar, tendo em vista que os postes são muito altos e uma escada comum não dá altura, pois meu marido ficou 06 meses indo na subprefeitura pedir para troca-la e recebia como resposta que não havia uma empresa com contrato para fazer a troca. Ora, se todo mês é cobrado na nossa conta e repassado à prefeitura, por que não há empresa para prestar esse serviço? Entendo que estamos numa crise econômica, mas como cidadãos que pagam seu impostos e suas contas temos o direito de saber pra aonde vai esse dinheiro enquanto ficamos as escuras. Quero muito cancelar essa cobrança, se alguém souber como agradeço desde já.