quarta-feira, 11 de novembro de 2015

CARTA ABERTA A POPULAÇÃO CABOFRIENSE (um dos melhores textos das redes sociais nos últimos anos).


Cabo Frio, 09 de novembro de 2015
Prezados (as),

Sou professor contratado do Município de Cabo Frio e afirmo a você sem medo de errar: Você não sabe o que está acontecendo com a Educação de nossa cidade! Você é pai de aluno, cidadão cabofriense, ou seja quem for, me de 5 minutos da sua atenção.

Antes de mais nada, não estou aqui para denegrir a imagem de ninguém. Estou desabafando e escrevendo palavras que a maioria dos meus semelhantes gostaria de externar mais não pode. Sim, não pode. São experiências. Tire suas próprias conclusões.
Eis meu desabafo...

Você já trabalhou de graça? Seu salário veio com erro de 900,00; 500,00 ; 200,00 reais? Por meses consecutivos? Pois é... Acontece com uma freqüência incrível. Comigo já aconteceram 8 vezes. Como resolve isso? Vá ao RH! Ok, irei. – “Desculpe senhor, você terá que ir ao RH da sua secretária”, _ “Professor, a culta é da sua diretora que não nos enviou a folha de ponto corretamente.” – “Eu enviei sim!!! Olha aqui a prova...” – “Professor, somente mês que vem vira a diferença”. A era pra eu receber 780,00 reais que me restavam, recebi 530,00... quanto maior o salário, maior o desconto em folha...

Na Secretaria de Educação é assim: Se vai pra lá, é bom levar um livro. Quem já perdeu um dia lá levanta a mão!!! Certa vez, estava eu esperando para ir ao RH (meu pagamento veio errado por sinal), 8 mulheres muito bem vestidas saíram de la entraram numa van da SEME, todas funcionárias, todas passaram por cerca de quinze professores aguardando na fila, nem um olhar, nem um bom dia, nem um aceno com a cabeça... Educação...

Além de dar aula, fazemos relatório, entregamos documentos, atendemos pais, fazemos cursos obrigatórios, trabalhamos as vezes 11 a 12 horas num dia... Mas acredite, esse é o menor dos problemas. Não posso questionar, se não for compreendido, sou “devolvido”. Não posso expor minha opinião, alguém pode ir falar que estou sendo contra o governo que me empregou, ai posso ser demitido. Não posso discordar, muito menos curtir uma postagem no facebook de alguém que falou a verdade porém contra o governo, posso perder meu contrato. Aderir uma paralisação do sindicato, não seja louco, no outro dia você estará na rua. E engolindo sapo nós caminhamos... Isso me lembra algo, ditadura!

Posso rasgar o verbo? Não venha dizer que os professores são fundamentais e que a educação é primordial. Vocês não se importam conosco. Dignidade, ok, vou me segurar pra não escrever besteira. “Todos pela Educação” era o lema. Não precisava ser todos, somente nossa Secretaria. Somente nossa secretária ( que nesse mês disse: “Quer transparência, vá a justiça” numa reunião com professores). Somente nosso prefeito.
Estamos cansados. Estamos endividados. Estamos desmotivados. Estamos pedindo socorro.

Ass: Não tenho nome, preciso do meu emprego.

4 comentários:

Anônimo disse...

Rafael
Criaram em nosso Município à cultura "do mais fácil". O emprego da "ESMOLA", começando exatamente pela EDUCAÇÃO. 70% do Quadro lotado são de Contratados e Portarias. Quer seu emprego? EXIJAM Concurso Público, sem às MARACUTAIAS de Alair Correa. Querem ter DIGNIDADE, lutem de maneira "ordeira", fora dos espoliadores.Quer andar de cabeça erguida.Lute. Não se subestimem e nem sejam subserviente, a cultura da mendigagem. Temos dezenas de Portariados que NUNCA foram trabalhar e ainda debocham dos funcionários públicos, chamando-os de trouxas.

Anônimo disse...

Onde esta o Ministério Público, que não entra com uma ação para cassar o prefeito, antes que seja tarde, toda Cabo Frio esta sabendo dos desmandos e incompetência administrativa que reina na hoje na prefeitura, logo no inicio de 2013 já dava para perceber que alguma coisa não ia dar certo, lembram, da obra da Orla, pois o segredo esta ali, depois veio a pista de skate, obra da Avenida Joaquim Nogueira, o Bairro Guarani, lanche do operário, passagens a R$ 1,50, tudo isso foi uma manobra para a supressão de verba, ai que mora o perigo.

Anônimo disse...

É terrível que um professor passe por isso, nossa cidades está largada mesmo. Eu passei por algo semelhante, eu era do governo passado, fiz uma piada sobre os cabelos deste atual prefeito perto de uma pessoa próxima a ele, assim que ele assumiu fui demitido e meu nome ficou em uma lista negra, desprezível esse prefeito!

Anônimo disse...

SOU MAIS UMA QUE CONCORDO COM SUAS PALAVRAS E É O QUE ESTA OCORRENDO TAMBEM NA SAÚDE DE ONDE FAÇO PARTE E SOU CONTRATADA. TRABALHAMOS E NÃO RECEBEMOS O SALÁRIO EM DIA E QUANDO SAI VEM FALTANDO .POREM SOMOS UMA CLASSE DESUNIDA AO CONTRARIO DA EDUCAÇÃO!!!