quarta-feira, 25 de novembro de 2015

As MIGALHAS de hoje...


#Certeiro
O governo reenviou ontem a proposta orçamentária de 2016 para a Câmara Municipal. Ontem, aqui no Blog, nós antecipamos o valor e acertamos: 863 milhões. Ou seja, soubemos antes dos vereadores. Esses passarinhos verde alaranjados não são moles.

#Mulher
O caos se instalou ontem na Saúde da cidade, desta vez, no Hospital da Mulher. Filas, revolta e muita reclamação com a falta de estrutura para o atendimento. Lamentável.

#Educação
O Sepe realizou ato ontem em frente à Secretaria Municipal de Educação. Desde cedo, viaturas da Policia Militar ocuparam as vias. Não tinha tráfico para combater não? Ou a prioridade é intimidar trabalhador?



#Casa
Mais uma casa anda sendo motivo de polêmica na prefeitura de Cabo Frio. Em 2014, o governo publicou que estava alugando imóvel para instalar a nova sede da Secretaria Municipal de Educação: doze meses no valor de R$ 180 mil (R$ 15 mil mensais). Nosso Blog noticiou o caso da casa, que ficava na Rua Governador Valadares (clique aqui e relembre).


#Casa II
Ocorre que agora, passado um ano, ou seja, todo o prazo do contrato de aluguel de 12 meses, o imóvel não se tornou a nova sede da SEME, que seguiu funcionando nas proximidades da Avenida Nilo Peçanha; e o imóvel está à venda – isso mesmo – pela querida PROCED Imóveis, cujo proprietário é exatamente ex-vice-presidente da Comsercaf, tendo assumido o lugar do então presidente, Toninho Corrêa, quando este passou a ser Secretário de Governo.

#Casa III
É isso mesmo: eu, você, todos nós,pagamos do nosso bolso (dinheiro público) o aluguel de um imóvel que nunca foi usado, e, após um ano, vamos tomar uma rasteira do governo.

#Área
A mais nova polêmica do governo de Cabo Frio é a desapropriação de um terreno para que seja transformado em área de eventos em Tamoios. Há quem diga que o processo de desapropriação é eivado de vícios e irregularidades e que o mesmo espaço teria sido desejado por duas empresas que acabaram se instalando em São Pedro da Aldeia, devido ao “alto preço” do local. Será? Mais detalhes no Blog do Alessandro Teixeira (clique aqui).

#Explicação
Mas tranqüilo. Já tem gente muito entendida de direito imobiliário explicando o caso em blogs governistas. Afinal, quem entende desse lance de vender terreno tem autoridade no assunto para discutir.

7 comentários:

Anônimo disse...

Se qualquer cidadão entra em um comércio todos os dias, e rouba alguma coisa, e o comerciante simplesmente permite como comportamento normal, os que estão nos governos cometem o mesmo comportamento, roubam descaradamente não são importunados, fiscalizados, não existe controle por parte dos MPF, MPE, TCE, polícias etc. E o pior que a população muito burra, vendo isso tudo e continuam a votar nos mesmos ladrões! Esse país assim como todos os municípios não tem mas jeito! Não adianta cobrar transparência, eles nunca darão, mesmo com força de lei, por que ninguém, muito menos político cumpre o que determina a lei. Sabem por que? É só voltar para o inicio do comentário...

Anônimo disse...

Dentro dos Loteamentos da orla de Tamoios existem vários terrenos alguns enormes de frente para rodovia, próximo do mar. porque gastar dinheiro que a Prefeitura diz não ter desapropriando porque não usa as áreas existentes.

Anônimo disse...

Esse Prefeito não gosta de Tamoios eu acho que nem de Cabo Frio empresa arrecada imposto e desenvolve o município.
outro absurdo é o a gratuidade do porto.

Anônimo disse...

o que houve com Alair. são muita incoerência, será que ele deixou levar por quem esta em volta, esse governo Foi péssimo, não voto nele nem nesse grupo que o cerca.

Anônimo disse...

Com tanta coisa para fazer, fica desapropriando áreas inúteis, sei que tem tanta terra da prefeitura em Tamoios, dentro dos loteamentos tem muita, abres aquela área as melhores praias de Tamoios ta la´, ele não gosta do povo de Tamoios,

Beth Michel disse...

Boa noite Rafael... Quanto tempo né?
Quatro, cinco anos? Deve ser por aí!
Só estou passando por aqui para lhe dizer que é com imenso prazer que passo as suas mãos o Troféu de " O mais odiado do Walter Biancardine" edição 2015/16, troféu este que me pertenceu por dois anos seguidos. Desejo que faça bom uso da "homenagem"
Saudações Culturais!

Anônimo disse...

Fiquei sabendo que o RH da Saúde, está fazendo uma lista dos funcionários que não receberam a INSALUBRIDADE no mês de outubro, porém não houve um comunicado oficial, ou seja, só estão colocando os nomes de quem for até lá, pleitear. Está certo isso?