terça-feira, 27 de outubro de 2015

Plenária lotada no Colégio Rui Barbosa define novos rumos do movimento.

Em Plenária realizada ontem no Colégio Municipal Rui Barbosa, com adesão impressionante (a rua teve de ser fechada), estudantes dos colégios municipais de ensino médio decidiram, junto à comunidade escolar, os novos rumos do movimento.


Os estudantes decidiram manter a estratégia da manifestação do dia 21 e se unirem aos profissionais de educação, que realizarão greve de advertência e atos públicos nos dias 4 e 5 de novembro. No primeiro dia, os estudantes estarão junto ao Sepe às 9h, em frente à sede do Ministério Público. No mesmo dia, às 16h, está marcada reunião entre a direção dos colégios e a Secretaria de Educação. Os estudantes decidiram permanecer em vigília, em frente ao prédio da SEME, aguardando novidades.Os alunos também acompanharão o Sepe no dia 5, às 9h, com ato em frente à Câmara Municipal.

Além disso, reunião entre líderes estudantis e a Secretária de Educação foi agendada para esta quinta, como mais um passo nas negociações. No dia 6, haverá nova plenária no Teatro Municipal às 16h para decidir os próximos passos do movimento.

COMENTÁRIO: Pode até ser redundante, mas manifestaremos aqui, mais uma vez, nosso total apoio ao Sepe e aos estudantes nas lutas pela manutenção dos colégios municipais e pela efetivação dos direitos dos profissionais de educação, tais como aposentadoria, pagamentos salariais corretos e em dia para efetivos e contratados; mais respeito; mais dignidade. E fica a prova de que somente gestões democráticas e plurais, como a que temos visto no movimento, e não administrações autocráticas e autoritárias - como a da prefeitura de Cabo Frio e da Secretaria de Estado de Educação - poderão salvar, e não afundar nossa juventude e nosso país.

Nenhum comentário: