ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

PERGUNTAR NÃO OFENDE - E o roubo na cobertura?

Há alguns dias, o ex-presidente da ACIA e ex-candidato a deputado federal com votação de síndico, Walmir Porto (PR - Partido que persegue o servidor) afirmou em redes sociais o assalto à cobertura do pai de um secretário do governo municipal, no qual teriam sido levados 4 milhões de reais em espécie.



É claro que a situação ficou por isso mesmo. Moradores do entorno afirmam que, de fato, o assalto existiu, mas nada - nadinha mesmo - foi registrado na delegacia de Cabo Frio. Por quê?

Se o assalto existiu, de onde vinham os 4 milhões? Dos salários mensais do Secretário é que não viriam - ele teria de ter trabalhado 42 anos seguidos na função, sem gastar um só real, para acumular todo esse valor.

Há quem diga ainda que por aquela localidade rola um forte negócio de ouro - isso mesmo. Compra-se e vende-se ouro, de cordões e outros objetos, derretidos em pequenas barras para não dar na vista. É muita grana escoando pelo ralo sabe-se lá de onde.

Então, ao que parece, tudo isso vai ficar só no imaginário e na mitologia popular, já que não houve registro algum. Mas os vizinhos sabem. A cidade sabe. O povo sabe.


Um comentário:

Anônimo disse...

Ótima matéria. Esperei muito por isso! Continue assim e o povo cara de vc o vereador mais votado da cidade, sem medo, doa a quem doer