quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Drama da Escola Robinson Azevedo continua - Prefeitura promete, não faz nada, e obriga que aulas aconteçam.

As fotos desta matéria foram tirada ontem, quarta-feira.

Temos acompanhado há alguns dias o drama da Escola Municipal Robinson Azevedo, como é possível perceber neste Blog desde a sexta-feira passada. Na terça-feira, funcionários e pais de alunos paralisaram as atividades e impediram que as aulas ocorressem, após a prefeitura ter aplicado um veneno forte para humanos e fraco para pombos que infestam o local há dois anos. Resultado: crianças e adultos passando mal e os animais seguindo presentes, ameaçando a saúde dos presentes com suas perigosas fezes.



Após muita pressão do nosso Blog e de toda a imprensa na terça-feira, a prefeitura prometeu enviar uma empresa para fazer orçamento de instalação de redes de proteção no local, a fim de impedir a entrada dos pombos pelo vão do prédio. É simples e barato.


Mas a prefeitura não cumpriu a promessa; não mandou empresa alguma e ainda obrigou a escola a manter suas atividades "normalmente", como se nada estivesse acontecido. Ontem, professores e funcionários saíram da unidade passando mal.



Vamos aguardar o dia de hoje, ainda na esperança de que o governo enviará empresa ao local para resolver o problema, cumprindo sua promessa. Caso isso não aconteça, iremos oficiar amanhã o Conselho Municipal de Educação e o Conselho Estadual de Educação, solicitando uma intervenção na Secretaria Municipal de Educação que obrigue a resolução do problema. Todo apoio á comunidade escolar do Robinson Azevedo.

2 comentários:

Anônimo disse...

Rafael, amanhã (09/09/2015) haverá uma reunião da direção da escola Robson Carvalho de Azevedo com as secretarias de Educação,Meio Ambiente,Saúde, funcionários e os responsáveis dos alunos nos horários de 11 h (1º turno) e ás 16:00h (2º turno). Contamos com vc nesta reunião para nos orientar . Sabemos que se não fosse por vc meu filho e os demais alunos e funcionários estariam sem ninguém se mobilizando pelo problema. Ainda há pombos na escola e crianças q não estão indo para a escola. Mando meu filho com muito receio.

Rafael Peçanha disse...

Querido(a), estou ciente desta reunião, não comparecerei por entender que ela se restringe à comunidade escolar do Robinson, da qual, em tese, não faço parte. Mas podem ficar tranquilos, vocês não estarão sozinhos nem desamparados, teremos "presenças surpresas" nestas reuniões. Estou atento e acompanhando o caso, podem ficar despreocupados. Um abc, contem comigo.