ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

sábado, 19 de setembro de 2015

As MIGALHAS de hoje...


#Atrasos
Além do PDE (verba mensal para pequenas despesas enviado pelo município às escolas) não ter chegado ainda, a contrapartida do PNAE (verba federal para complemento da merenda das escolas), também responsabilidade do município, não havia aparecido ainda até quinta-feira.

#Promessa
O Conselho de Alimentação Escolar esteve na mesma quinta-feira na Secretaria de Fazenda, e recebeu a promessa de que pelo menos o PDE chegaria às unidades sexta-feira. Chegou? Com as palavras, os diretores.

#Efeitos
Para se ter ideia do efeito desses atrasos, cabe lembrar que questões simples de uma escola, como Xerox, papel higiênico e canetas para quadro dependem do PDE. Já no caso do PNAE, cabe lembrar que boa parte das unidades escolares está cheia de alimentos da licitação municipal, mas não tem dinheiro para o tempero necessário para transformá-la em alimento comestível para os alunos.

#Procurando
Por falta de Procurador, ninguém na prefeitura vai preso: dois novos foram nomeados na quinta-feira.

#Pasmem
Na quinta-feira, rolava um papo forte no Ibascaf de que o Pasmh, isto é, o atendimento médico do Ibascaf aos servidores, seria suspenso. É isso mesmo?

#Ataque
O Ministério Público em Cabo Frio resolveu partir para o ataque: Já há investigação avançada em Inquérito Civil referente a possibilidades de fraudes em licitações e nepotismo. A Segunda Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva também já anunciou através da imprensa que irá ajuizar a prefeitura no que se refere ao rombo nas contas do Ibascaf e no atraso de pagamentos de servidores em auxílio-doença.

#Ataque II
Há também investigação na direção do processo de terceirização da saúde, que foi suspenso. O atraso na nomeação e alguns assédios a membros eleitos para o Conselho de Saúde também vai virar objeto de averiguação.

#MP
Nessa semana, fomos à Segunda Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva anexar nossa petição 2015.00971575, protocolada em 3 de setembro, ao IC 033/15, que já apura a responsabilidade da prefeitura em contratos suspeitos e nepotismos como um todo. Nossa petição refere-se especificamente a suspeitas de irregularidade na licitação do Lanche do Operário. 

#Detalhe
Nossa contribuição agora faz parte do mais importante inquérito sobre o tema em nossa cidade. Abaixo, apresentamos uma imagem da petição, preservando alguns dados para não prejudicar as investigações do MP:



#MP II
Na mesma visita, aproveitamos para incluir pedido referente aos problemas do mês de setembro com o pagamento do auxílio-doença, à NF 000369.2015.01.005/0-502, protocolada no Ministério Público do Trabalho e enviada ao Ministério Público Estadual, que tratava do mesmo problema no mês de agosto. 

#MPIII
Seguimos na luta e não podemos parar, porque as maldades deste governo também não param.As 

4 comentários:

Anônimo disse...

Professor, vamos refrescar nossa memória, logo no primeiro dia útil do ano de 2013, tinha fila na prefeitura dando mais de uma volta, eram exatamente pessoas que trabalharam e frequentavam os comícios do atual prefeito, foi mais de uma semana, claro que todo mundo estava buscando o que foi oferecido e prometido, pior era cara de pau, ninguém negava porque estavam ali, o resultado agora estamos vendo, não venham com essa conversa de crise, não existe tal coisa para um prefeitura rica, o que existe é pura falta de incompetência administrativa e maldade, basta da uma olhadinha no patrimônio do staff do prefeito, enriqueceram da noite pro dia, não vamos aqui enumerar, pois esta na cara, todos na cidade sabem quem são. Todos governos de Alair foram cercados de corruptos, ladrões e outros adjetivos impublicáveis. Este filme já assistimos no passado, com a palavra Doutor Ivo, pagou um preço alto devido ao rombo que Alair deixou, até hoje essa conta esta sendo paga.

Anônimo disse...

É isso ai...taca-lhe pau!

Anônimo disse...

A sra. Funcionaria da sms que vei aqui no seu blog defender esse governo só pode estar de brincadeira quando fala que a pmcf não deve nada aos prestadores de serviços da área da saúde... Mais uma vez repito: o ibascaf deve mais de três meses as clínicas credenciadas... Dignidade pura esse governo... O Fantástico podia nos fazer uma visita... Abraços

Juliana Sherman disse...

O Ibascaf é um órgão independente, que disponibiliza assistência médica aos servidores municipais ativos, aposentados e pensionistas . Eu respondo por parte dos serviços prestados pela Secretaria Municipal de Saúde à população, o que é muito diferente. Mais uma vez repito que, não perdemos nenhum credenciamento e nossos prestadores em situação regular estão com seus pagamentos em dia. Manter-se no anonimato e fazer denúncias infundadas é fácil. Estou aqui prestando esclarecimentos à população de forma clara, transparente e respeitosa.