sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Intervenção da Secretaria de Educação no Colégio Marli Capp - Vai acabar em pizza?

Há alguns dias mencionamos em nosso Blog a interdição no Colégio Municipal Marli Capp. Tal interdição é fruto de uma série de denuncias anônimas feitas à SEME.

Aproveitamos para lembrar que, à época que a atual Secretária de Educação comandava o núcleo de Tamoios, tivemos um pitoresco caso de furto de água da unidade em questão para lavar ônibus de uma empresa cuja sede ficava ao lado da escola - e há quem diga que, por coincidência, essa empresa presta serviços, exatamente, para a Secretaria de Educação. Esse caso, esquecido, também poderia ser investigado nessa intervenção, certo?

Voltando ao presente, vamos então fazer algumas perguntas:

1) Existe alguma relação entre a Secretária e o diretor da escola acusado ou eles mal se conhecem?

2) Qual a relação entre duas agentes administrativas contratadas da escola, e a atual Secretária?

3) Qual a relação entre uma destas agentes e a antiga Secretária, Elenice Martins?

4) Para onde foi a verba do Programa Federal Mais Educação?

5) Para onde foi o dinheiro de cantina?

6) Como têm sido usados os aparelhos de ar condicionado do Colégio?

7) Existem membros da direção com enquadramento de Mestrado? Que legal. De onde vem o diploma?

É só para saber. Acreditamos que as intervenções esclarecerão toas essas dúvidas.

Nenhum comentário: