ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

sábado, 18 de julho de 2015

MAIS DO MESMO - A volta dos que não foram: o caso da Secretaria Municipal de Educação.

Depois do ex-Procurador Marcos Menezes ter saído do posto e voltado com uma assessoria, agora foi a vez da ex-Secretária Municipal de Educação de Cabo Frio, Elenice Martins, sair por uma porta e entrar pela outra - com direito a poderes de caneta:


Saltam aos olhos algumas coisas:

1) REPETIÇÃO - O governo Alair não consegue deixar de girar em torno dos mesmos nomes, que deixam um cargo para ocupar outro próximo, às vezes, no mesmo setor, como neste caso. Elenice deixou de ser Secretária de Educação para tornar-se Secretária Adjunta de Assuntos Pedagógicos.

2) DISTORÇÃO - Apesar de ser um setor de assuntos pedagógicos, o texto acima parece mais com uma Secretaria Adjunta de Assuntos Financeiros, pois confere à Secretária a responsabilidade por empenhos e pagamentos, inclusive, de obras.

3) CONFUSÃO - É preciso lembrar ao prefeito que, apesar do poderio dado a Secretários, Secretários Adjuntos e Subsecretários, no que tange aos gastos setoriais, é fato que o Chefe do Poder Executivo é o ordenador de despesas por excelência do município. Ou seja: delegar poderes a assessores não significa se livrar das garras da justiça no caso de algum ilícito.

Vai dar certo?

Nenhum comentário: