ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

ESPECIAL ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018 | Sugira sua emenda nos comentários. Vote nas enquetes. Dê sua opinião. Ajude nosso mandato a ser verdadeiramente popular e participativo!

sexta-feira, 24 de julho de 2015

As MIGALHAS de hoje...


#Ignorando
Segundo o Jornal Folha dos Lagos, o prefeito Alair Corrêa não vai se importar com a recomendação do Ministério Público acerca das publicações de atos oficiais (clique aqui e saiba mais)

#Juarez
Acompanhei ontem, nos bastidores, a ida do deputado estadual Janio Mendes (PDT) ao programa Falando Francamente, de Juarez Volotão, ao vivo, na Jovem TV. Num papo descontraído, assistimos a um ótimo debate sobre a nossa cidade.



#Esquema
Numa certa cidade muito, muito longe daqui, uma escola que está funcionando desde o inicio do ano sem autorização para Educação Infantil. Nesta semana, recebeu inspetoras da Secretaria Municipal de Educação, que foram recolher os documentos.

#Esquema II
Claro que a documentação estava toda errada, mas as moças receberam um pedido especial do prefeito daquele longínquo reino: o de que o caso fosse visto “com carinho”.

#Final
E todos viveram felizes para sempre. Menos a lei. Fim.

#Falando
Falando em educação, por aqui, tem funcionário de secretaria municipal em Cabo Frio tendo de levar papel higiênico de casa para o setor porque a prefeitura não compra. Tonner de impressora, então, nem se fala. Isso é digno?


Um comentário:

Anônimo disse...

Papel higiênico, somente? Levamos tudo, pois não há infraestrutura para trabalhar dignamente. Ventiladores enguiçados, telefones cortados (e sem internet pelo mesmo motivo), cadeiras com revestimentos rasgados e inclusive as mesmas quebradas, mobiliários muito antigos (restos de outras secretarias)... Até copos descartáveis compramos.
E não adianta reclamarmos e pedirmos algo, pois a resposta é sempre a mesma: falta verba. Mas para a extinta (será, dessa vez?) Comsercaf, 33 milhões em 3 meses. Fora outros exemplos nos quais o governo municipal beneficia empresas diversas enquanto para copos descartáveis não há verba! Enfim, quase no fim - ainda bem!
Em anos de prefeitura a situação nunca esteve tão caótica e até mesmo surreal para o funcionalismo público municipal.