sexta-feira, 3 de julho de 2015

A Guarda Municipal, as multas e as "vagas de Vereadores" - Uma reflexão para colocar cada um no seu lugar.


Mais uma polêmica ontem envolveu o Secretário Renato Vianna e o boom das multas em Cabo Frio. Entendo que, em todos os casos, seja preciso ressalvar o Guarda Municipal como servidor público que, via de regra, age em conformidade com a lei, apenas cumprindo ordens. Não se pode imputar a este trabalhador o erro de uma chefia despreparada e truculenta como a do Secretário que tem, à frente da pasta, o objetivo principal de eleger o filho prefeito numa cidade vizinha. Assim como o motorista cidadão de bem, o Guarda Municipal também merece respeito.

A disputa de um caso específico sobre carros ilegalmente parados em vagas "reservadas a Vereadores" em frente à Câmara trouxe ao foco do conflito o vereador Aquiles Barreto (SD), que, ao parar em frente ao prédio do Legislativo e ser repreendido por um Guarda, teria ressaltado ao mesmo que havia veículos estacionados em vagas exclusivas para ele enquanto Parlamentar, sinalizadas para tal.

Ora, é preciso lembrar, ao vereador e ao presidente da Casa, Marcello Corrêa (PP), que a resolução 302, de 28 de dezembro de 2008 do CONTRAN, não contempla os "carros de Vereadores" como situações de estacionamento exclusivo no Brasil (clique aqui e leia). Portanto, essa prerrogativa de poder nas beiras das calçadas, diante do prédio da Câmara Municipal, constitui uma reserva de vaga ilegal. Assim, aqueles que se calam diante das injustiças da cidade deveriam primeiro conhecer e obedecer a lei, antes de cobrar direitos para si mesmos - direitos estes que eles nem têm.

Ademais, neste caso específico da matéria em questão, o vereador Aquiles bradou aos quatro cantos como perseguido, ressaltando sua fala contra a "Fábrica de Multas". Caberia aproveitar para perguntar ao mesmo por que se calou esse tempo todo sobre tudo o que aconteceu e acontece neste município. O gato que comeu sua língua nos últimos 2 anos e 5 meses perdeu a fome? Ou foi se esconder lá pelas bandas do IFF/Centrinho?

É preciso separar o joio do trigo. Uma coisa é a atuação da Guarda Municipal; outra coisa é o posicionamento incoerente e aproveitador da gestão de Renato Vianna; outra coisa ainda é o "direito" do Vereador - que, como lemos na Resolução do Contran, nem existe. Nem tudo pode ser colocado no mesmo balaio de gato - ainda mais quando o bichano come a língua de alguém para falar de outros assuntos, como as empresas de varrição que prestam serviço para a Comsercaf.

Há Guardas Municipais desrespeitosos com o cidadão? Claro, assim como há maus profissionais em todos os cantos desta cidade. Mas os verdadeiros culpados dessa situação específica são, no mesmo grau de maldade, o Secretário Renato Vianna e os Vereadores da cidade de Cabo Frio - todos reivindicando direitos que não têm, enquanto se calam e se omitem sobre as injustiças contra o povo que deveriam proteger ou representar. Herói, em Cabo Frio, só o povo, o contribuinte, o trabalhador, o cidadão, o servidor municipal cumpridor de seu dever. O resto - Prefeito, Secretários, Vereadores - estão no nível de vilões para cima. Nós é que deveríamos multar todos eles, e não sermos multados, nem ouvir deles reclamações sobre direitos que não têm.

A subida de salto prepotente e arrogante de Renato Vianna, que manda multar à torto e à direita, só aconteceu porque foi permitida por muitos silêncios de muitos vereadores, nestes dois anos e meio, acerca dos mais variados assuntos, pois todo abuso de poder precisa de um omisso calado para se sustentar - o usurpador falante nasce graças ao conivente silencioso. Afinal, por trás de toda Fábrica de Multas - injusta e opressora - há uma Fábrica de Empreiteiras e Portarias - tão egoísta e cúmplice quanto.

Fica a dica.

6 comentários:

Anônimo disse...

Um conselho ao prefeito, esse secretário de ordem publica, sr Renato Vianna, vem cometendo erros, truculencias em cascata. Essa forma de trabalhar do secretário, não significa que o mesmo esteja desempenhando um choque de ordem na cidade, e tendo as suas atribuições para atender o cidadão, nada disso, pelo contrário, ele esta trazendo desordens, confusões, atritos, na cidade. Prefeito reveja isso rapidinho.
Quanto a matéria do blog, cabe esclarecer que nao existe e nunca existiu vaga exclusiva para vereadores, jamais existiu!

Anônimo disse...

Vagas exclusivas para vereadores , não existe, jamais existiu, portanto, publique matérias que sejam verdadeiras, nao inventa!

Anônimo disse...

Rafael, boa tarde.
Será que o nosso Coordenador e Vereadores conhecem o que se encontra contido no Art. 6º da citada Resolução que diz: "Fica VEDADO DESTINAR PARTE DA VIA PARA ESTACIONAMENTO PRIVATIVO DE QUALQUER VEÍCULO em situações de uso NÃO PREVISTAS NESTA RESOLUÇÃO". Casa de Legiladores e DESCONHECEDORES de Resolução/Lei. ESta de 2008. Como encontram-se atrasados. Como sou funcionário, não devo me identificar.

Rafael Peçanha disse...

Amigo (a) existe sim sinalização de vagas exclusivas para a Câmara em frente ao prédio, basta ir lá e conferir.

Anônimo disse...

Esse anônimo que disse não ter vagas para vereadores deve ser cego Rafael Peçanha ou nem na cidade deve morar... Ou deve ser o tal blogueiro governista Chicão disfarçado de anônimo..

Anônimo disse...

Já que estamos falando de vagas que são reservadas erroneamente porque não falamos também das vagas que são reservadas aos militares do Corpo de Bombeiros na Av. Nilo Peçanha? As vagas são reservadas para uso exclusivo dos militares com cavaletes e a presença de militares que imediatamente se apresentam e informam que aquelas vagas pertencem ao Corpo de Bombeiros mas só tem viaturas particulares pois as oficiais ficar no interior do quartel com as vagas internas perfeitamente sinalizadas às viaturas.