quarta-feira, 17 de junho de 2015

De forma arbitrária, Governo Alair Corrêa exclui UNI-AMACAF do Conselho do Plano Diretor.

A UNI-AMACAF indicou o presidente da Associação de Moradores da Vila do Sol, Roberto Souza, para ocupar uma cadeira no Conselho Municipal do Plano Diretor. O Decreto Municipal 5.382, de 5 de junho de 2015, entretanto, EXCLUI, de forma arbitrária, a entidade do referido Conselho, sem qualquer explicação:


Caso semelhante aconteceu em março deste ano, quando a OAB foi excluída do Conselho Municipal de Transportes, com direito a aprovação da mudança em Lei Municipal, isto é, com anuência dos nobres vereadores (clique AQUI e relembre).

E desta vez? A ausência da UNI-AMACAF no Decreto acima também é oriunda de alteração prévia na Lei Municipal que institui o CONSEMPLA? Os vereadores foram favoráveis à exclusão da entidade representativa dos moradores no conselho que discutirá a organização da cidade onde eles vivem? Ou a prefeitura não respeitou nem o Poder Legislativo e já tirou a entidade de cena por conta própria?

Outra pergunta: será que a atitude se deu porque Roberto Souza é um conhecido crítico do governo municipal, lutando sempre com unhas e dentes em defesa da população da cidade?

Ressalte-se ainda que a OAB e a UNI-AMACAF são duas das mais sérias e íntegras instituições da cidade de Cabo Frio, com forte participação social e representatividade nos processos de fiscalização do poder público.

Os presidentes de Associações de Moradores estarão reunidos hoje pela manhã para avaliar o caso.

Lastimável. Nosso blog repudia mais essa atitude opressora do governo Alair Corrêa.


6 comentários:

Anônimo disse...

Professor, não da para levar nada a sério tudo que vem da prefeitura de Cabo Frio, estão brincando de governar, o baixo nível da turma do prefeito é de lascar, não podemos separar ninguém. Não há critério nenhum na escolha dos assessores do prefeito, todos meros fantoches, pois quem manda mesmo é o todo poderoso prefeito, manda muito mal por sinal. Agora o baixo nível dos Blogueiros portariados chegou ao ponto do ridículo, cartão vermelho para todos.

Anônimo disse...

Este é o governo da VINGANÇA!!!!!Muito triste!

orlando gomes disse...

Ainda bem que falta pouco para acabar com esse governo. Só espero que a população tenha discernimento para votar na pessoa certa.

Flávio Perrone disse...

Se existe algo de errado nessas nomeações, por quê não se entra com uma ação conjunta na justiça, pedindo o que é certo? Temos que parar de reclamar e não tomar atitudes....Estou cheio desse blá blá blá.

Anônimo disse...

Sr Flavio Perrone, bom dia.
As "nomeações" são de livres escolha do Executivo e amparada na CF/88. O que poderia acontecer, é se essas pessoas tivessem questões de "idoneidade moral" e "não ilibadas".Como para muitos, isto é conceitos filosóficos e não comportamentais.O Executivo, escolhe entre os seus pares, pessoas de sua confiança, daí em sua grande maioria, são subalternos e mais ainda subservientes.

Anônimo disse...

Professor, marcos menezes nao tinha sido exonerado? Nao tinha embarcado num transatlantico? Rsrsrs agora ta na tal de segov? Quanto mais leio essas coisas mais eu fico com vergonha alheia!