sexta-feira, 1 de maio de 2015


Um comentário:

Helena disse...

As lutas dos trabalhadores por melhores salários e condições de trabalho sempre foram pouco reconhecidas. À Juventude brasileira ainda é negado o direito a educação.