quinta-feira, 7 de maio de 2015

ABRINDO A CAIXA-PRETA DA PREFEITURA DE CABO FRIO: Em "crise", Saúde da prefeitura faz 20 aditivos contratuais para empresas que realizam exames médicos e paga mais de 200 mil pelo seu sistema de gestão "inteligente".

Muita gente demitida. Muitas filas. Poucos funcionários e médicos. Poucos remédios e materiais de atendimento. Exames requeridos e somente realizados muitos meses depois - quando realizados. Um caos total.

Mas não deveria ser assim. Afinal, são mais de 200 mil reais gastos no sistema de gestão da Saúde, que deveria ser "inteligente", mas não tem sido:


O problema dos exames também não deveria existir, afinal, são 20 aditivos contratuais para empresas que prestam serviço com exames. 19 deles não tiveram o valor publicado, enquanto um deles estampa a paga de mais 150 mil reais por mais 3 meses. Se a média for seguida (e podemos fazer projeções, pois o governo não informou o valor dos outros, permitindo que  façamos suposições), teremos um gasto aproximado de 3 milhões a mais (afinal, são aditivos de contratos,não contratos novos) pelos próximos 12 meses. Mas o povo ainda não vê seus exames:




Todas as publicações acima saíram na edição do último dia 19 de abril no Jornal Noticiário dos Lagos.

Isso é digno?          

Nenhum comentário: